Entrevista com Marina Sirtis

marina sirtisA atriz Marina Sirtis, que interpretou a conselheira Diana Troi, da série A Nova Geração, concedeu uma entrevista exclusiva ao site TrekWeb, onde comentou sobre o seu trabalho na série e os filmes que fez pela franquia, além de opinar a respeito de Star Trek, a nova produção de J.J. Abrams.

A atriz estará este mês, juntamente com LeVar Burton (La Forge) e Michael Dorn (Worf), no Kennedy Space Center, para o The 2009 Astronaut Autograph & Memorabilia Show, onde dará autógrafos e ajudará na venda de produtos e souveniers relacionados ao programa espacial americano. O evento visa arrecadar fundos para o Astronaut Scholarship Foundation.

A entrevista foi conduzida pelo editor do site Gustavo Leão.

Como você se sente ao estar envolvida em um evento como o Astronaut Autograph Show? 

Sirtis: “Eu dou um monte de autógrafos, mas devo admitir que este é especial porque nós não costumamos ter a oportunidade de conhecer os astronautas reais, as pessoas que estamos seguindo os passos em Jornada. Tenho medo das alturas, nunca quis ir para o espaço, mas eu tenho a maior admiração pelas pessoas corajosas que o fazem”. 

Vamos falar sobre os filmes de Jornada. Houve A Nova Geração, e então veio Primeiro Contato, Insurreição, em seguida, Nemesis. Como você se sente sobre eles? 

Sirtis: “O meu filme favorito de todos foi Primeiro Contato. Eu achei que era um ótimo roteiro, e gostei de ser dirigida por Jonathan (Frakes). Os outros filmes eu gostei em graus variados, mas era sempre uma alegria trabalhar com o meu elenco encantador. Depois que a série terminou, penso que ficamos todos ansiosos por trabalhar juntos novamente”. 

Qual é a sua opinião sobre Star Trek, de J.J. Abrams? 

Sirtis: “Acho que J.J. e os atores fizeram um trabalho incrível. Fui à estréia com Jonathan e era tão excitante sentir o zunzunzum de um outro filme de Jornada. Em momentos como esse, não se pode deixar de sentir orgulho, de ser envolvido em uma franquia que tem tanto sucesso e durou mais de 40 anos”. 

Você gravou o comentário com Jonathan Frakes para o novo lançamento de Insurreição em DVD e Blu-Ray, além de algumas entrevistas, bem como outros novos, incluindo um recurso especial intitulado reunião com os Rikers, novamente com o Sr. Frakes. Você gostou?  

Sirtis: “Eu nunca tinha feito um comentário antes e fiquei surpresa com o quanto foi divertido. Jonathan e eu demos uma buzinada. Basicamente comentamos sobre tudo, incluindo os penteados. Espero que os fãs gostem tanto quanto nós”. 

Finalmente, o que pode nos dizer sobre seus projetos futuros, como o filme de ficção científica Doomsday (para TV) e seu papel como uma protistuta grega em The Cleveland Show (desenho animado). 

Sirtis: “Fiquei emocionada ao ser convidada para Doomsday, quando o personagem que interpretei, Paxton, foi escrito para um homem. Eu tinha trabalhado com o diretor, Nick Lyon, em Grendel e era sua idéia de lançar-me. O filme é sobre aceleradores de partículas e, enquanto estávamos filmando eles ativaram um real, na Suíça. Discussão sobre a vida imitando a arte”.

Outra atriz com trabalho fora de Jornada é Jolene Blalock, a vulcana T’Pol de Enterprise. Ela estará na segunda temporada da série de fantasia intitulada Legend of the Seeker. Blalock está gravando na Nova Zelândia, nde está sendo produzida a série. Ainda não foi revelado o personagem, mas acredita-se que seja a Sister of the Dark. Criado por Sam Raimi e Rob Tapert, Legend of the Seeker é baseado na série de romances A Espada da Verdade, de Terry Goodkind.

7 Comments on "Entrevista com Marina Sirtis"

  1. A Sirtis fez um personagem que evoluiu com o passar dos episódios. Sua participação em First Contact foi demais, qdo o Cochrane a embebedou.
    Ela o Frakes foram assistir o filme na estréia, bem diferente de outros que alegam que nem assistiram ainda. Esses reconhecem o que ST fizeram por eles.

  2. Pessoal desculpe o total off-topic , mas me digam uma coisa

    Alguem percebeu que o tema principal do ultimo filme foi copiado da trilha sonora do filme DUNE?

    Pra ser mais preciso da musica “War Begins” do geniio Bryan Tyler.

    Alguem sabe de algo? O Bryan participou na trilha de ST???

    Grato!

  3. Pelo menos ela foi ver o filme, e é legal ver que existe vida artistica depois de ST.

  4. post 2.

    War Begins fez parte do segundo trailer do filme, onde Nero diz “the wait is over” e não do filme em si.

  5. Essas matérias me dão uma P***A saudade da Nova Geração!

    Me lembro da alegria que senti quando foi anunciada nas revistas (não existia imagem nem nada) a “ressurreição” da série original para a tv.

    Poderiam voltar, mas com o carisma debochado do Riker no comando.

    Aí não precisaria nem ser na Enterprise.

  6. flavio nazareth | 6 de novembro de 2009 at 4:01 pm |

    e uma pena que como ultimo trabalho nossa linda telepata aeitou fazer parte daquele ultimo capitulo (um verdadeiro pesadelo para todos os trekers) da a boa serie enterprise quase manchou seu curriculo fora isto a atris esta de parabens

  7. mabel lucia santos luz | 25 de janeiro de 2011 at 2:33 pm |

    eu gosto muito da atriz marina sirtis des de adolecente a nova geraçao marco a minha vida

Leave a comment

Your email address will not be published.


*