Ator comenta jornada de Bollywood ao século 32

Adil Hussain, ator indiano intérprete de Aditya Sahil, personagem filho de um antigo oficial de ligação da Federação e que mantém um escritório com os ideais federados no século 32 no recém lançado episódio “That Hope is You, Part 1”, deu uma entrevista ao site Rediff.com onde falou sobre a experiência de trabalhar em Star Trek: Discovery.

Adil destacou que ficou impressionado em atuar com Sonequa Martin-Green.

Já atuei em milhares de espetáculos em todo o mundo, já fiz pelo menos 73 filmes até agora, mas quando você vai trabalhar com outra pessoa do mesmo calibre, que também é uma pessoa muito simpática, é como dois atores de Kathakali (dança teatral indiana interpretado exclusivamente por homens) que estão se encontrando de diferentes áreas do estado de Kerala. Eles não se conhecem, mas sabem o que têm que fazer.

O ator também explicou como foi chamado para o papel.

Meu agente ligou e disse queriam que eu fizesse um teste para este papel e eu disse que se gostasse do papel, eu o faria. Achei meu papel muito intenso, emotivo e muito bem escrito. Gravei um vídeo de teste com meu celular e enviei para eles. Depois de uma semana, disseram que eu estava dentro.

Ele ressaltou a leveza de trabalhar em Star Trek.

A experiência de filmar Star Trek é única, porque você está trabalhando com os melhores dos melhores. A melhor parte é que te tratam como igual, ao contrário do que acontece na Índia. Qualquer que seja a educação que tenhamos, em cada lar, há um sistema feudal patriarcal na Índia. Até mesmo as mulheres praticam o patriarcado ou o feudalismo. A maneira como tratamos a pessoa que vem trabalhar… não a tratamos como iguais, não é mesmo?

Adil também contou foi apresentado ao elenco por Sonequa Martin-Green.

Apesar de ser a estrela de Star Trek, a primeira coisa que Sonequa Martin-Green fez foi me apresentar a toda a equipe. Eles formaram um círculo e fui apresentado: “Este é Adil Hussain, da Índia. Bem-vindo à família de Star Trek“. Então todos olharam para mim, acho que esperavam que eu dissesse algumas palavras. Então eu disse que nasci em uma pequena cidade no estado de Assã chamada Goalpara, onde os jornais costumavam chegar três dias depois. Hoje, estou atravessando as galáxias com vocês, portanto, obrigado por me incluir e à sua família”. Então Sonequa me deu um abraço apertado e disse: ‘Estou tão ansiosa para trabalhar com você, Adil’. A hierarquia que vemos na Índia, e não estou dizendo que sempre é assim, mas vejo com bastante frequência na Índia. Se você é uma estrela alguém que está desempenhando um pequeno papel em dois episódios é um zé-ninguém, infelizmente. Lá, você é tratado em pé de igualdade.

Adil já atuou dezenas de vezes em Bollywood, a maior indústria de cinema indiana.

Adil Hussai não é o primeiro indiano a atuar em Star Trek. Persis Khambatta, intérprete da tenente Ilia em Jornada nas Estrelas: O Filme, também é nativa do país.

As duas primeiras temporadas de Star Trek: Discovery estão disponíveis de forma completa na Netflix. O primeiro episódio da terceira temporada estreou dia 15 de outubro nos Estados Unidos e Canadá e no dia seguinte no Brasil e no resto do mundo. Toda sexta será lançado um episódio inédito no Brasil.

Be the first to comment on "Ator comenta jornada de Bollywood ao século 32"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*