Junho vermelho é o mês de conscientização para a doação de sangue

O Trek Brasilis também entrou na campanha “Junho Vermelho”, o mês de conscientização para a doação de sangue. No próximo dia 14 de junho é o dia mundial do doador de sangue e, por isso, o mês de junho foi destacado para conscientizar e incentivar a população sobre a importância de ser um doador.

O jornalista e apresentador do TB News, Alexandre Madruga, é doador desde 2010, quando fez uma reportagem no Hemorio, um banco de sangue no Rio de Janeiro e contou da importância e de como se faz para doar. Confira matéria, feita há 12 anos, a seguir:

Para doar, não dói e você pode salvar até três vidas. Mas para poder fazer sua doação, algumas regras são importantes: ter entre 16 e 69 anos e não ter doado nos últimos 60 dias. Pesar mais de 50kg, não estar de jejum, não ter se alimentado de alimentos gordurosos antes de doar e ter tido uma boa noite de sono. E ter tomado qualquer vacina há pelo menos 1 semana. Homens podem doar até 4x no ano, num intervalo mínimo de 2 meses. Mulheres até 3x no ano, com intervalo de pelo menos 3 meses. Isso acontece porque nas mulheres a reposição de ferro é mais demorada por causa dos ciclos menstruais.

Quando procurar um hemocentro, você vai passar uma triagem e entrevista. É fundamental a honestidade na resposta do questionário, para não ter seu sangue descartado. Quando for aprovado na triagem, você vai ganhar um reforço na alimentação, para ajudar o seu corpo a se recuperar da doação. A doação dura poucos minutos e são coletados 450 mililitros de sangue. O sangue doado é separado em três bolsas: hemácias, plaquetas e plasma. Depois, o sangue passa por exames laboratoriais, para determinar o tipo sanguíneo e detecção de doenças transmissíveis. Depois, o sangue fica disponibilizado para doação, usado principalmente em grandes emergências.

Após doar, evite esforços, não consumir bebidas alcoolicas, beba bastante líquido, não fume e tire o dia de folga, pois isso é garantido por lei para qualquer doador.

Alexandre Madruga fez a parte dele, até porque o sangue do jornalista é O negativo e pode ser doado para qualquer outro tipo sanguíneo, mas qualquer sangue doado é importante. Então, não perca tempo e salve vidas.

O time do Trek Brasilis apoia essa ideia.

Acompanhe o Trek Brasilis nas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades de Star Trek:
YouTube: https://www.youtube.com/trekbrasilis
Telegram: https://www.t.me/trekbrasilis
Facebook: https://www.facebook.com/trekbrasilis
Instagram: https://www.instagram.com/trekbrasilis
Twitter: https://www.twitter.com/trekbrasilis