Ortegas terá arco próprio em Strange New Worlds

A tenente Erica Ortegas, interpretada por Melissa Navia, é uma das personagens totalmente originais da série Star Trek: Strange New Worlds. Ela é a navegadora da Enterprise sob o comando do capitão Pike.

 Em entrevista a Variety, a atriz contou a respeito de seu trabalho na franquia, comentando que no processo de audição, ela foi informada um pouco sobre a personagem.

Então, quando a audição foi feita para Ortegas, ela foi uma das poucas personagens cujo nome e tudo sobre ela foram listados no detalhamento. Alguns personagens legados tinham nomes falsos. Então, eu pude ver que ela era uma piloto, uma veterana de combate, ela era latina, e eles tinham algo como “Ela poderia fazer uma piada tão facilmente quanto poderia lidar com um phaser”.

Navia construiu meticulosamente uma compreensão completa de como usar os controles para satisfazer sua necessidade de sentir que está realmente guiando a Enterprise através do espaço. Com sua sagacidade, nervos de aço e um sarcasmo nos momentos difíceis, Ortegas tornou-se um destaque na série.

Embora Erica Ortegas seja um membro do elenco regular, não tivemos um episódio focado na personagem, nesta primeira temporada. Mas isso pode mudar na segunda temporada.. Navia revelou que haverá algo mais para sua personagem na nova sequência:

As maiores histórias da 1ª temporada não são sobre mim. Minha coisa é, tipo, eu estou pilotando uma nave. Eu não tenho tempo para ter todas essas conversas emocionais… Você definitivamente verá alguns grandes arcos [na segunda temporada]. A recompensa estará lá. Acho que estamos construindo algo realmente bonito e realmente atraente. É uma alegria fazer o papel.

Ela foi um pouco mais específica ao falar com a  Slashfilm:

Ortegas tem um episódio na segunda temporada. Nós amamos Ortegas. Uma das grandes coisas sobre Ortegas é que ela se encaixa tão bem em cada história, porque ela está sempre meio que no centro disso. Você sabe o que eu quero dizer? Eu gosto de pensar nela como a pessoa que comenta cada história. Ortegas consegue fazer um monte de coisas na 2ª temporada que ela não conseguiu fazer na 1ª temporada, então vou deixar por isso mesmo.

O sarcasmo de Ortegas tem uma razão de ser 

Navia conversou também com o THR e falou quanto ao uso das piadas para quebrar a tensão em um momento estressante.

Eu sabia desde o início que havia um aspecto cômico em Ortegas e o que ela traz para a equipe, mas o que eu realmente queria evitar era o óbvio do alívio cômico. Eu sempre volto para a escrita. Eu sei que sou tendenciosa, mas a escrita é tão bem feita, e torna fácil trazê-la à vida. Eu pude ver nos roteiros que a razão pela qual ela é capaz de quebrar a tensão e ter esses momentos – especialmente com o Capitão Pike – é porque ela é muito habilidosa e confiante no que faz. E eu amo isso.

Ela é um soldado e piloto, e muito do que eu ouvi de soldados e pilotos reais é que ela é o membro da tripulação mais autêntico, pois seu humor negro é exatamente o que acontece em situações de vida ou morte. Eu vejo trolls no Twitter dizerem: “Ela não é profissional o suficiente, ou ela não é isso o suficiente”, o que no meu íntimo, sinto essa misoginia. Então, quando ouço de soldados e pilotos reais que ela está fazendo o que eles estão fazendo lá fora, isso para mim é o maior elogio.

A aparência andrógina de Ortegas

Navia está plenamente ciente de que a aparência andrógina de Ortegas, sem mencionar sua química com colegas de tripulação masculinos e femininos, sugeriu a muitos fãs LGBTQ+ que Ortegas é queer. Mas a atriz se sente confortável em deixar a identidade de Ortegas mais ambígua. Para ela, esse é o ponto.

Eu tenho interpretado Ortegas para ser muito, tipo, ela é super leal a sua equipe e ela também tem uma queda por provavelmente todos eles. Não quero parecer uma coisa irreverente, mas ela não precisa colocar rótulo nisso. Gosto que estejamos abordando isso de uma maneira que ninguém pestaneja. Tipo, eles não deveriam, certo? Todo mundo deveria ser um pouco estranho. Todo mundo é um pouco estranho, eu acho, sabe?

E dessa forma, eu também. Esta tem sido toda a minha vida e estou muito feliz com isso, mas sei que emito essa maravilhosa energia queer. É apenas uma parte de quem eu sou. Acho que veremos – quer dizer, não posso dizer nada – mas acho que veremos isso para Ortegas, se ela se relaciona com alguém, se ela gosta de alguém, não importa quem eles são, de onde eles vêm. Se houver uma conexão, ela vai fazer isso.

Perguntada se poderia haver uma conexão entre Ortegas e a enfermeira Chapel como em “Spock Amok”, disse:

Quando li o roteiro, você sabe, eu vi isso. Elas são amigas há muito tempo, mas definitivamente há algo em que o romance pode ser um aspecto. Tem havido algo? Vamos ver.

A primeira temporada de Strange New Worlds está disponível no Paramount+

Fonte: TrekMovie.

Acompanhe o Trek Brasilis nas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades de Star Trek:
YouTube: https://www.youtube.com/trekbrasilis
Telegram: https://www.t.me/trekbrasilis
Facebook: https://www.facebook.com/trekbrasilis
Instagram: https://www.instagram.com/trekbrasilis
Twitter: https://www.twitter.com/trekbrasilis