Eddie Murphy explica por que recusou Star Trek IV

Durante a produção do filme da série original Star Trek IV: The Voyage Home, para comemorar o 30º aniversário da franquia, os roteiristas do filme Steve Meerson e Peter Krikes queriam um convidado especial para contracenar com William Shatner e cia. O convidado era Eddie Murphy, mas, infelizmente, o ator recusou o papel, embora seja um trekker assumido.

Eddie estava trabalhando na Paramount, na época, e sem dúvida era a maior estrela do estúdio. Em 1984, dois anos antes de estrear Star Trek IV, Eddie estava no auge da fama com seu filme de sucesso Beverly Hills Cop (Um Tira da Pesada). Nesta época, surgiram rumores de que Eddie Murphy poderia estar num filme de Star Trek. Durante a produção do filme, o diretor Leonard Nimoy foi questionado numa entrevista para a revista StarLog sobre a presença ou não de Murphy, mas Nimoy procurou desmentir o convite ao ator:

Tem havido muitas conjecturas sobre Murphy desde Beverly Hills Cop. A imprensa está muito curiosa sobre o que ele fará a seguir. Eles sabem que ele tem um contrato de vários filmes com a Paramount. Eles sabem que ele é um grande fã de Star Trek. Sabem que Star Trek IV está em preparação na Paramount. Portanto, não é de surpreender que surgissem rumores. E quando comecei a falar sobre o filme ter um tom mais leve, algumas pessoas juntaram dois e dois.

Na verdade, Eddie Murphy encontrou-se com o produtor Harve Bennett e o diretor Leonard Nimoy no início do projeto. Rascunhos de um roteiro foram então escritos, apresentando um personagem escrito especificamente para Murphy. Como se considerava um Trekker, ele estava inicialmente interessado em aparecer no filme Star Trek.

Em comentários anteriores sobre o motivo pelo qual ele acabou se afastando, Murphy disse que foi por causa da oportunidade de fazer o filme The Golden Child (O Menino de Dourado), que ele pensou na época que seria melhor para sua carreira. No entanto, em uma aparição esta semana no Jimmy Kimmel Live, Murphy ofereceu uma explicação diferente. Quando questionado sobre seu contato com a produção de Star Trek IV, Murphy disse:

Sim, você sabe qual era, era aquele em que eles vão para San Francisco e pegam as baleias … Eu seria aquele que eles conheceriam quando chegassem a San Francisco, e eu pensei, “Não, Eu quero ir e embarcar e estar na nave”, então eu não fiz isso.

Kimmel apoiou essa ideia, dizendo “Você tem que estar na Enterprise para Star Trek”, ao que Murphy disse:

Sim, eles me fizeram falar jive (uma gíria do jazz) com Spock.

Os primeiros roteiros foram escritos com Murphy em mente para o papel de um personagem importante, um professor excêntrico que acreditava na existência de alienígenas, que acabou se tornando Gillian Taylor (interpretada por Catherine Hicks).

Star Trek IV teve um bom desempenho sem Murphy, ficando em 7º lugar nas bilheterias em 1986 ( e a melhor bilheteria de Star Trek, exceto os filmes de JJ Abrams), ganhando quase o dobro de The Golden Child. Mais tarde, Murphy disse sobre sua decisão (via The Fifty-Year Mission: The Complete, Uncensored, Unauthorized Oral History of Star Trek )

Eu acho que poderia ter sido melhor fazer Star Trek IV.

Murphy filmou recentemente seu quarto filme Beverly Hills Cop, que será lançado pela Netflix ainda este ano.

Fonte: TrekMovie

Acompanhe o Trek Brasilis nas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades de Star Trek:
YouTube | Telegram | Facebook | Instagram | Twitter