Matalas reflete sobre o que a série Star Trek: Legacy poderia trazer

Numa das cenas finais de Picard vemos a nave USS Titan ser rebatizada para USS Enterprise-G, agora sob o comando de Sete de Nove, com Raffi Musiker e Jack Crusher ao seu lado. Essa cena final traz uma configuração em aberto para um novo spin-off.

Matalas, que foi showrunner de Picard na temporada três, agitou os fãs, no final do ano passado, ao propor uma continuação de Picard com os personagens de A Nova Geração e novos personagens, que ele intitulou de Star Trek: Legacy.

A ideia de Matalas recebeu apoio dos fãs através de uma campanha popular chamada Letters 4 Legacy para renovar o esforço de obter luz verde do estúdio para Star Trek: Legacy. Embora o spinoff proposto não tenha recebido luz verde, capturou a imaginação dos fãs do que poderia ser mostrado na hipotética série.

Durante o Trek Talks, que é uma maratona de painéis de Star Trek transmitidos ao vivo em 13 de janeiro no YouTube, tivemos o painel sobre a 3ª temporada de Picard com o showrunner Terry Matalas, o diretor Jonathan Frakes (Riker) e os atores Gates McFadden (Beverly), Jeri Ryan (Sete de Nove), Ashlei Sharpe-Chestnut (Sidney La Forge), Michael Dorn (Worf), Jonathan Del Arco (Borg Hugh), Brent Spiner (data) e Todd Stashwick (capitão Shaw).

Ao falar sobre detalhes técnicos quanto a iluminação mais escura na série, Matalas disse que faria algumas coisas de maneira diferente “se algum dia fizéssemos mais”. Jonathan Del Arco imediatamente abordou a menção de “mais”, mas Matalas rapidamente esclareceu, dizendo:

Eu não estou aludindo a nada… eu queria, eu queria, não existe…[spin-off no desenvolvimento].

Del Arco observou que tem havido muita discussão sobre um spin-off de Picard, acrescentando:

Ainda estou esperançoso de que em algum momento veremos mais – seja um filme ou série ou algo assim – com esse elenco.

Questionado sobre os tipos de histórias que Star Trek poderia contar no futuro, Terry Matalas desconversou e passou a bola para Jonathan Frakes, mas o diretor observou que teve um problema com o estúdio por ter vazado informações antes. Matalas se apressou em dizer que não há vazamentos sobre isso:

Não, realmente não há [nada para vazar]. Você sabe que é interessante porque o final da série, aquela última cena – embora seja uma preparação para um spin-off – não foi projetada para ser uma preparação para um spin-off… O final certo para A Nova Geração é passar a tocha para a próxima A Nova Geração. E sem fazer isso, não pareceria certo. Então, isso foi assistir – literalmente – seus filhos partirem na Enterprise e pagarem o maravilhoso arco de Sete de Nove, do capitão Borg da nau capitânia. Isso parecia um final adequado.

Matalas começou a falar sobre as possibilidades que este suposto spin-off poderia oferecer:

Acho que o interessante de uma série que está no ar há tantas décadas é a evolução das coisas. Michael [Dorn] e eu estávamos conversando, “e se fizéssemos mais?” Você pensa, como é o Império Klingon [no início do século 25]? A última vez que eles foram uma espécie de alegoria para os russos, e agora? O que eles estariam fazendo e o que isso significa para Worf e o que isso significa para Alexander? Então, o que há de tão bom nesse formato muito, muito longo – o fato de Leonard Nimoy interpretar Spock por quantos anos? Quero dizer, isso é incrível. Eu não acho que você realmente precise dizer adeus a qualquer um desses personagens ou histórias. Acho que é isso que há de tão especial no que estamos fazendo.

Todd Stashwick concordou neste ponto para fazer lobby para trazer seu capitão Shaw de volta, dizendo:

Acho interessante que você tenha mencionado Spock porque ele morreu e voltou à vida, acrescentando que é “uma espécie de recurso de narração estabelecido”.

Matalas riu e brincou que, já que “fez isso com Data”, era “hora de seguir em frente”.

Veja o bate papo na íntegra abaixo:

As três temporadas de Star Trek:Picard estão disponíveis no Paramount+ e no Amazon Prime Video.

Fonte: Trek Movie

Acompanhe o Trek Brasilis nas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades de Star Trek:
YouTube | Telegram | Facebook | Instagram | Twitter