Prosseguindo com as edições em quadrinhos de Star Trek pela IDW Publishing, agora temos o arco em três partes “Murder at Babel” (Assassinato em Babel), começando pela edição de número sete. À medida que a Federação e os Romulanos tentam uma aproximação após o ataque dos Borg, a precária paz é ameaçada pelo assassinato de um diplomata-chave e um cadete da Frota Estelar é o principal suspeito. Veja um resumo desta primeira parte.

História foi escrita por Mike Johnson e Ryan Parrott, com arte de Megan Levens.

A Frota Estelar e o Império Romulano concordaram em uma rara reunião na chamada Conferência de Babel para discutir e juntar forças numa preparação a um eventual retorno Borg.

A USS Endeavour interrompe sua rota original de exploração para pegar delegados diplomáticos e levá-los ao planeta designado para a conferência.

Durante este tempo, a Endeavour recebe um grupo de cadetes a bordo, para ajudar na qualidade de assessores diplomáticos para a conferência. O grupo é constituído de personagens de outra coleção em quadrinhos Academia da Frota Estelar, incluindo a nova recruta de Star Trek Sem Fronteiras, Jaylah.

Grace Chen, Lucia Gonzalez, Vel K’Bentayr, T’laan, Shev e Jaylah são apresentados a Kirk, pelo instrutor Scott.

Kirk elogia o trabalho do grupo no resgate da antiga nave NX-05 Slayton perdida a mais de cem anos (contada na coleção Academia da Frota Estelar).

A Endeavour faz uma parada em Andor, terra natal dos Andorianos, para levar seu embaixador e pai de Shev.

Numa conversa particular com seu filho, o embaixador claramente desaprova o papel de Shev na Frota Estelar, alegando que ele esqueceu de suas obrigações como Andoriano e o pressiona a deixar a Academia.

Já em Babel, Kirk e McCoy encontram a delegação Vulcana e velhos amigos. Uhura fala do ano sabático que está passando em Nova Vulcano e Spock diz estar recuperado da assimilação Borg. Mas o Vulcano se preocupa com as sequelas que ainda possam existir no capitão Terrel.

Durante a abertura da conferência, Terrel descreve sua traumática experiência com os Borg. A tecnologia superior a de qualquer civilização do quadrante, e o objetivo da coletividade: “Eles não irão parar até que assimilem tudo”, disse o capitão.

Perguntado se haveria alguma possibilidade de acordo de paz, Terrel adverte: “Para os Borg, a individualidade é uma imperfeição. Eles não se importam com tratados e nem fronteiras. Nós somos uma equação não resolvida e se não agirmos juntos, eles terminarão a equação”, finalizou.

Kirk e Terrel conversam após a primeira reunião, e o capitão da Concord sente preocupação com a falta de união presente na Federação.

Na sala de recepção dos embaixadores, o cadete Shev demonstra sua contrariedade pela presença romulana, o que deixa o embaixador Romulano Joltair incomodado. Kirk intervem e ordena que Shev seja confinado aos seus aposentos.

A subcomandante Valas, ex-primeiro oficial da Endeavour, faz seu retorno como membro da delegação romulana. A última vez que Kirk a viu, ela foi levada sob custódia. O encontro de Valas e Kirk agora é um pouco diferente.

Valas se mostra resignada a ser Romulana e a viver pelo Império, razão pela qual pedirá sua dispensa da Frota, o que deixa Kirk surpreso.

As tensões na conferência de paz aumentam, quando o embaixador romulano morre durante seu discurso.

Evidências apontam para assassinato. Um exame preliminar no tricorder deu a McCoy o diagnóstico de envenenamento. A equipe médica romulana afirma ser uma toxina nativa de Andor.

A delegação romulana ameaça deixar Babel. Kirk, Sarek e Spock trabalham juntos para que a conferência não se torne um fracasso.

A partir daí, começa uma cadeia de eventos que levam a Shev ser acusado do assassinato. Shev é detido até que a investigação termine.

Sulu informa a Kirk que uma nave não identificada deixou o planeta. Kirk leva a Endeavour numa perseguição a nave desconhecida.

A nave é abandonada num cinturão de asteroides. Sensores indicam que cápsulas de fuga foram acionadas.

Enquanto isso, em Babel, os romulanos exigem que o cadete seja entregue para julgamento em Romulus.

O pai de Shev se mostra mais preocupado com as repercussões em sua família e na Federação.

Neste momento, Jaylah entra em ação. Ela neutraliza a segurança e liberta Shev.

Aguarde a segunda parte do arco Assassinato em Babel.