Para Spiner, Nemesis não foi dos piores

brent-spiner.jpgA convenção do Grand Slam XVI, realizada neste final de semana, teve a presença de vários convidados ilustres. Entre eles, o ator Brent Spiner (Data), que aproveitou para promover seu CD Dreamland, uma mistura de músicas cantadas por ele e diálogos. Spiner falou a respeito de seu trabalho em A Nova Geração, além de defender o último filme da série, Nemesis. Ele também deu sua opinião sobre o novo filme de Jornada nas Estrelas.

Para uma grande platéia presente, Brent Spiner contou histórias divertidas sobre fatos de A Nova Geração, revelou como adquiriu alguns suveniers dos cenários da série (o visor de “All Good Things…” e o uniforme de Data em Jornada nas Estrelas: Primeiro Contato, por exemplo) e respondeu algumas perguntas.

Quando perguntado se a interpretação de Data marcou seu trabalho profissional a ponto de ser conhecido apenas como “aquele que fez o andróide”, Brent respondeu que isso não foi problema para sua carreira, pelo contrário, ele também é conhecido por papéis de cientista, começando com o de Independence Day. “As pessoas têm me perguntado se eu fiquei marcado por interpretar Data. Creio que não. Que outros personagens como esse eu fiz? Mas fui escalado sucessivamente para papéis semelhantes ao de Independence Day. Estou fazendo um filme agora chamado de Superhero: The Movie, onde o diretor me chamou para fazer um papel de cientista. Eu já fiz a voz de um personagem de cartoon que era um cientista. E não sei nada sobre ciência”, brincou o ator.

A respeito dos quatro filmes produzidos pela série A Nova Geração, o ator fez uma avaliação pessoal quanto aos seus desempenhos, “Eu acho que Nemesis não foi um mal negócio. Ele não foi maravilhoso, vamos concordar com isso. Mas acho que foi melhor que Jornada nas Estrelas: Insurreição. Em minha opinião, esse ficou entre Generations e Nemesis. Claramente Primeiro Contato foi o melhor filme já produzido pela série”, disse o ator.

Ao comentar sobre Nemesis, em especial, Spiner fez questão de defender o último trabalho da série, “Nemesis tem bons e maus momentos. O momento em que todos parecem adorar é quando Data explode. Para mim foi óbvio. Era a última vez que iríamos fazer um filme juntos, então tínhamos de fazer algo grande no fim. Então, para Data terminar sua jornada sacrificando a si mesmo, não pareceu a coisa certa a fazer?”, disse Spiner explicando que se a bilheteria tivesse sido melhor, Data teria retornado num possível novo filme.

“Alguma coisa aconteceu com esse filme”, comentou o ator procurando uma justificativa, “Nós tentamos analisar o que deu de errado e se foi o filme todo que foi ruim. E achamos que o filme não estreou bem. Nós tivemos uma bilheteria inicial pior do que qualquer outro filme que já tínhamos feito e, então acreditávamos que a franquia tinha acabado”.

Já com a produção de J. J. Abrams, Spiner acredita no sucesso dessa nova empreitada, “Mas existe um novo filme vindo aí e eu mal posso esperar para vê-lo. Mas eu estou feliz que aconteça e espero que seja um grande sucesso. Estou certo que todos (os fãs) comparecerão”, finalizou.

Fonte: Trek Movie

31 Comments on "Para Spiner, Nemesis não foi dos piores"

  1. Eu prefiro a opinião do LeVar Burton e da Marina Sirtis.
    Vejam esse vídeo:
    http://br.youtube.com/watch?v=3R8WGTSW_OU

    Aos 2:25, o entrevistador pergunta por que Nêmesis foi mal e o Levar responde: “Because it sucked” (“porque era uma droga”).
    A Marina completa: “Não tanto quanto Insurection”
    Ela diz que dormiu durante o filme na premiére.
    Os dois culpam o diretor, que nunca teria assistido um episódio da nova geração, pelos problemas do filme.
    E a Marina fala mal do novo filme também…

  2. "Frank" Hollander | 15 de abril de 2008 at 4:27 pm |

    Se Spiner, Patrick Stuwart, etc. que trabalharam em todos os filmes não sabem o que aconteceu é porque eles não tem mais condições em desenvolver nada relacionado a Jornada (quem sabe apenas narrar jogos). Afinal, qualquer um que está aqui fora e tem um pouco mais de intimidade com a franquia pode citar – de cor – no mínimo 10 problemas com Nemesis.

    Já Stuart Baird e John Logan, Brennon e Braga deveriam ter um mandato de segurança que os impeça de estar a menos de 500 metros de qualquer estúdio que esteja produzindo um filme ou série de jornada.

  3. logan é bom roterista (vide gladiador e o aviador) – o que melou o roteiro de nemesis foi o envolvimento de brent spiner e rick berman no desenvolvimento da historia, duas pessoas que nao sao e nunca foram roteristas

  4. O Spiner e o Stwart participaram do processo de produção , do roteiro e etc… Então é obvio que eles não vão dizer que foi uma droga. Provavelmente porque não o imaginaram como a dorga que se tornou.

    Vale lembrar também que a pós-produção cortou 40 minutos do filme.

    No mais, concordo com eles quando comparam com insurreição. Realmente, Insurreição foi de longe o pior filme da franquia.

  5. Da Nova Geração no cinema só se salva Primeiro Contato. Generations afundou com aquela morte ridícula do Kirk, e os 2 últimos filmes são o que todos sabem…

  6. bom a minha ordem geral dos filmes de jornada:

    STAR TREK II
    STAR TREK VI
    STAR TREK IV
    STAR TREK III
    STAR TREK V
    STAR TREK I
    STAR TREK VIII
    STAR TREK VII
    STAR TREK IX
    STAR TREK INSUPORTAVEL DIGO Insurreição…………É PIOR QUE VÁRIOS CAPITULOS DA SERIE VOYAGER.

  7. "Frank" Hollander | 15 de abril de 2008 at 9:08 pm |

    Particularmente eu coloco INSURREIÇÃO acima de NEMESIS. Alguns atributos foram ousados como mostrar que os Almirantes da Federação não são sempre honestos. Já NEMESIS contribuiu para prejudicar com a já frágil canocidade, agravado ainda pelo fato de que Stuwart e Piner participaram do roteiro podendo corrigir os desvios.

  8. Para mim nada bate Star Trek V, gente… o que foi aquilo?… Além de tecnicamente fraco a história/argumento, que tinha tudo para ser ótima, foi jogada na latrina pelo roteiro bobo e pela direção insegura.

  9. Para mim, sem dúvida, “A Ira de Khan” dá de lavada em todos! Até a música de suspense da série TOS estava presente em alguns momentos, o confronto estratégico entre as duas naves, o suspense, a ficção científica presente! Quanto a Nêmesis, não consegui suportar aquilo e não via a hora que acabasse logo, assim como Insurrection, seção a qual dormi e… nem me lembro mais da história! Sabe aquele filme que você se arrepende de ter pago pra assistir, tipo os filmes de Steven Seagal, os quais me orgulho de nunca ter assistido sequer um? Esculhambo mesmo, porque merda é merda, esteja disfarçada do que for! Podem me criticar à vontade, porque eu não vou pedir desculpas!!!

  10. Leandro Martins | 15 de abril de 2008 at 10:07 pm |

    Para aproveitar uma deixa irônica, vou citar o próprio personagem do Spiner no supracitado filme: I aspire, sir, to be better than I am. B-4 does not.

    Eu acho que isto sumariza muito bem uma comparação do quinto com o décimo filme. O quinto filme, apesar de todos os problemas que tem, ao menos tenta ser cinema. Nemesis, sequer isto.

  11. para quem, como eu, gosta de star trek v the final frontier de william shatner

    http://www.trekbrasilis.org/classico/tos/especiais/leao9.htm

  12. Filmes que só de lembrar já dá raiva: Genarations, Insurection e Nemesis

    O irmão do Data é o B4. Será que é parente do B9, o robô de Perdidos no Espaço? Santa originalidade!

  13. Severino - quebra-galho | 16 de abril de 2008 at 12:31 am |

    A minha ordem dos melhores para os piores filmes
    STAR TREK II
    STAR TREK VI
    STAR TREK IV
    STAR TREK VIII
    STAR TREK III
    STAR TREK I
    STAR TREK IX
    STAR TREK X
    STAR TREK VII
    STAR TREK V

  14. Nemesis é uma droga. Até achei q ia ser bom e empolgante qndo vi o trailer.
    Se não me engano, teve uma chamada de matéria aqui no TB que dizia que o trailer era espetacular.

    Pena que o filme não correspondeu.

  15. Pois é gente… para mim o pior mesmo foi o V. nem tenho ele na minha coleção, por que é abaixo de sofrível. Mas novamente dizendo, os filmes de cinema foram para mim, episódios da série com uns efeitos mais caprichados. Apenas isso. Mas como fã, assisti todos… hehehehe

  16. Realmente nisso eu também concordo com o Spiner: por mais que “Nenfezis” tenha tentado, o pior filme da Nova Geração é, de longe, o “Insurração”!!

  17. Alan Pires Ferreira | 17 de abril de 2008 at 12:05 am |

    Até hoje tenho pesadelos com Jornada V. Nada jamais poderá se comparar “àquele filme cujo nome não deve ser pronunciado”. Perto daquilo, Nêmesis é uma obra-prima.

  18. Concordo com vc, Alan. O inicio da história é até interessante, perto de ST V

  19. Luís Henrique Campos Braune | 17 de abril de 2008 at 8:53 am |

    Eca! Devo ser um ET, pois gosto de todos! Uns são melhores do que outros, claro, mas gosto de todos…

  20. Severino - quebra-galho | 17 de abril de 2008 at 10:36 am |

    ST V – só não foi pior pelos comentários de Kirk, Spock e Mcoy, passado do Mcoy e do Checov como capitão, pois ver Sybok, mulher gato de 3 tet.., pedras rolando e luzes na fronteira final, aquela bota do Spock…… Desculpe, mas tem inúmeros episódios da série que dariam melhor filme. Se refizessem Balance of Terror no lugar do Filme a Fronteira Final, seria muito melhor.

  21. Resumindo, os 3 piores filmes são o Star Trek V, Inssureição e Nemesis. Não necessariamente nessa ordem. Acho que ai todos concordam. Não é?

  22. Luis Henrique, fica frio que somos dois ets então.
    Gosto de ST com entretenimento, e não como estilo de vida, etc.
    Para passar o tempo todos são bons, claro que a ira de khan, st IV, terra desconhecida e primeiro contato são os melhores na minha opinião, os outros servem pra passar o tempo.

  23. Leandro Martins | 17 de abril de 2008 at 5:26 pm |

    Eu fico pensando que mesmo o melhor do que TNG colocou em campo, First Contact, poderia ser tranquilamente rebatizado de As Terríveis Aventuras de Data e Rainha Borg — com o Picard de Puro Osso.

  24. Eu achei interessante, em Star Trek V, ver o Macoy praticando eutanásia no pai, e descobrindo uma cura para a doença tempos depois. Isso explica um pouco a personalidade explosiva (escondendo uma certa dor) que ele mantinha ao longo do seriado.

    E também ver o Spock discretamente impactado pela rejeição do pai, na cena do seu nascimento “tão humano”, para depois se recompor e responder o Sybok à altura… Pra mim foi um momento que valeu a pena, inclusive pela interpretação maravilhosa do Nimoy.

    Afora isso, o cenário ameno junto à fogueira, o bate-papo descontraído dos três… Eu não lembro de outro filme de Jornada que tenha se aprofundado tanto na psiquê dos personagens.

    Eu concordo com os defeitos gerais apontados, mas acho que o filme teve alguns méritos que não podemos descartar. Certamente ganha do descerebrado “Nemesis”, que chegou ainda a distorcer as características de alguns personagens.

  25. Francisco Oliveira | 17 de abril de 2008 at 10:15 pm |

    Concordo com Mário sobre ST V …A dor que cada um carrega dentro de si , imagine se tivéssemos esta percepção do nosso semelhante ?
    Gostei muito desta linha psicológica , mesmo não sendo um grande filme .
    Mas como já disseram , eu ví todos , gosto de todos !

    Abraço , Francisco

  26. Leandro Martins | 17 de abril de 2008 at 11:56 pm |

    O tratado definitivo sobre o que, afinal de contas, foi Nemesis, pode ser encontrado nesta hilária recontagem do filme. Encerra o assunto na questão de como o filme foi tão ruim que trinca concreto e azeda leite.

  27. Gente peraí ! É verdade que o vilão de Insurreição foi ridículo, mas ao menos alguns diálogos se salvaram. Já em Nemesis, o vilão bateu o record da infantilidade. Dirigido por um cara que admite nunca ter visto Star Trek. Algumas pessoas que assistiram o filme (Nemesis) que não conheciam ST me acharam um maluco quase retardado rs rs.
    O que eu acho que já está batido é esse negocio de viagem no tempo. Isso já cansou. Estou aguardando o novo filme com apreensão.

  28. Leandro Martins | 18 de abril de 2008 at 9:25 pm |

    O problema do Shirzon é que ele era basicamente um Dick Vigarista emo, e pessimamente escrito e bolado, raso como um pires enquanto personagem.

  29. VALEU LEANDRO !! ô vilãozinho safado ! rs

  30. Olha, fiquei abismado com os “ataques ferozes” à Nemesis…

    Podem dizer o que quiserem, mas eu gostei do filme, foi um final bem digno para uma série maravilhosa. Reconheço que o vilão não era dos melhores, e que alguns personagens apareceram bem menos do que deveriam, mas de resto, não consigo achar mais defeito nenhum.

    Podem até me trucidar aqui, mas realmente achei um bom filme… Acho que no final, o que importa é o desenvolvimento dos personagens, que foi bom nesse filme.

    Bom, aí está minha opinião, da qual acho que tenho direito, certo?

  31. Eu também não achei Nemesis ruim não. Certamente não foi um dos melhores mas tem algumas cenas muito boas. O combate da Enterprise e as naves romulanas contra a nave do Shinzon achei espetacular.

    Com certeza o V é o pior filme de todos!

Leave a comment

Your email address will not be published.


*