LeVar Burton diz que fãs querem A Nova Geração

levar-burton-2.jpgO ator e diretor LeVar Burton (George LaForge) conversou com a revista “StarTrek Magazine”, onde comentou a respeito de seu tempo na franquia e opinou sobre o trabalho de J. J. Abrams. Embora série original seja a base para o novo filme, Burton ainda acredita numa nova produção de A Nova Geração no cinema. Brent Spiner também voltou a falar sobre Nêmesis.

Burton sempre foi crítico quanto ao último filme, Nêmesis, e especialmente em relação ao diretor Stuart Baird. Mas parece que agora ele amenizando sua opinião. “Eu não vejo esse filme faz tempo. Eu deveria dar uma olhada nele outra vez e ver o que acho. Tendo a descartar isso, mas há pessoas que dizem terem gostado dele”, disse Burton.

O ator teceu elogios ao novo diretor J. J. Abrams dizendo que “ele é um cara talentoso” e parece ter alguma esperança de que o novo filme volte a trazer o interesse do público pela A Nova Geração. “No fim das contas, estou quase certo de que muito dos fãs gostariam de ver o elenco de A Nova Geração dando mais uma volta pela galáxia, e suponho que a performance desse próximo filme terá muito a haver com isso. Veremos se haverá um apetite para Jornada outra vez. Então estou realmente empolgado com isso. Ainda não tenho nada definido sobre com me sinto em relação a esse filme. Minha vida prossegue e Jornada foi uma importante parte dela. Se nós vamos fazer outro filme ou não, está fora do meu controle, e a coisa mais importante para mim é que eu continuo com a amizade e memórias dos sete anos que eu gastei na série. E isso é o melhor do que seu preço em latinum”, disse o ator.

data.jpgOutro do elenco principal de A Nova Geração que voltou a falar sobre a franquia foi Brent Spiner (Data). Segundo Spiner, todos ficaram emocionados quando a série terminou em 1994, “Michael Dorn (Worf) estava emocionado ao fim da sétima temporada. Ele chorou copiosamente. Mas o fim do fim mesmo foi Nêmesis. Foi um final muito emotivo”, lembrou Spiner ao site Total SiFi.

O ator lamentou não ter conseguido levar nenhum uniforme da série como recordação, mas não saiu de mãos vazias, “Me disseram que eu não poderia levar nada. Então eu desapareci com o meu visor no cenário da série e fiz o mesmo com o uniforme de Nêmesis. Isso foi tudo o que levei, o que eu pude”, confessou o ator.

O fato curioso disso é que Spiner vendeu mais tarde o visor num leilão particular. Enquanto que outro alegado visor de Spiner foi leiloado no famoso leilão de peças de Jornada pela Christie em 2006 e dito ser o verdadeiro. Quem comprou, pagou gato por lebre.

O ator disse ainda que é fã de James Marsters (o Spike de Buffy) e que gostaria de tê-lo visto em Jornada, “Eu gosto do Spike. Eu queria ele para interpretar o Shinzon em Nêmesis“.

Quanto ao fracasso de sua série Threshold comentou, “Threshold teria sido uma grande série. Todos eram fenomenais. Mas Lee Moonves, o todo poderoso da CBS, na verdade não gosta de ficção científica. Acho que ele não sabia nada do que era scifi. Quando ele viu o trailer da série disse, Eu odeio isso“.

Fonte: TrekToday e TrekWeb

20 Comments on "LeVar Burton diz que fãs querem A Nova Geração"

  1. Eu queria ver mais um filme com a turma da nova geração…. mais umas temporadas de Enterprise… mais TUDO!!!

  2. Se o novo filme de jornada nas estrelas fizer o sucesso que todos nos estamos esperando .. teremos filhotes..
    mas acho um pouco estranho um novo filme com o elenco de TNG, pois todos eles ja estao um tanto “velhos”. no canal sci-fi, o jonathan frakes, apresenta um programa onde ele aparece muito diferente dos filmes e das series.. o Brent Spiner ta gordo e velho .. eu acho que um novo filme com o elenc de TNg nao vira.. até pq o Elenco atual do novo filme de St ja assinou contrato por 9 anos…

  3. Se Spiner acha que Threshold foi uma série e tinha um bom conceito, ele está doido. Quando vi um episódio desconfiei que sairia da primeira temporada só por um milagre.

  4. Realmente temos que dar um boot e reiniciar o cerebro do Spiner, acho que ficou muito tempo como Data. Quanto a Nova Geração? é claro que quero……………..quero que fique longe das telas. Chega de histórias estúpidas e mortes grotescas, quem vão matar agora? Picard ou Riker?

  5. Ralph Pinheiro | 28 de junho de 2008 at 3:33 pm |

    Será que Lee Moonves passou a odiar scifi depois ou antes de ver Threshold?

  6. Devo discordar de Brent, acho que Lee Moonves sabia bem o que é scifi, por isso odiou quando viu o trailer do seriado.

  7. Eu estou com o Burton, acho que se o modelo “prequel” pegar em ST.

    Por que não um prequel de TNG? Aliás poderia ser um prequel de todas as séries do século 24( sim, um crossover rsrsrs)

    Quanto aos velhos atores, realmente não teria muito haver eles de volta a ponte da Enterprise. Como se o tempo não tivesse passado. Eles poderiam voltar em um telefilme mas agora em postos diferentes na frota.

  8. Visor do Data?? Alguém me explica isso? Não lembro de nenhum visor dele, e sim do LaForge.

  9. Sobre LeVar, Geordi e a TNG novamente no cinema (parafraseando meu velho amigo McCoy):

    – THEY’RE DEAD JIM.

  10. LeVar devia se concentrar mais no programinha infantil (Raibow Singing) e esquecer de vez Jornada. O mesmo se aplica a Spinner que destruiu seu personagem não só matando na história, como matando-o na continuidade.

  11. Nemesis enterrou de vez TNG. E ponto.

  12. Hey Saldan, eu tenho até os nomes dos assassinos.

    Foi o estrelismo do Stewart e Spiner, aliado à incompetência da equipe criativa que enterrou TNG. Convenhamos, após um ótimo filme como Primeiro Contato (que tem suas falhas, mas adoro) realizar um Insurreição (Imperfeição?).

    Lembro de uma entrevista com Berman, que após Piller (que era um escritor razoável) ter entregue o roteiro à Stewart (e um roteiro sombrio, diga-se de passagem), o Patrick teria dito: “isso não é entretenimento, é sombrio de mais. Vamos reescrever”.

    O resto é história.

  13. Caro Tomalak, sem dúvida este assassinato tem vários autores, como em “Assassinato no Expresso Oriente”, de Agatha Christie… Essa triste história poderia se chamar “Assassinato na Enterprise-E” rsrsrs.

  14. No final das contas, vários asssassinos e vários assassinados. Entre mortos e feridos – personagens e público – nem todos se salvaram…

    Um abraço
    Tommy
    http://acasatorta.wordpress.com

  15. Filme na era de TNG poderia ser um do Cap. Riker na Titan, ou seguindo com a Enterprise e o Picard. Falta um filme com Q…

  16. Uma saída seria filmes para o DVD. Eu tenho certeza que seria um sucesso estrondoso, talvez a maior venda de DVD já vista. O Babylon 5 sempre se deu bem nisso… Até Galactica fez, com “Razor” Mas a Paramount não quer dar o braço a torcer…

  17. Poderia ser feito um filme de computação gráfica, tipo Toy Story, mas com padrões de filmagem e estórias tradicionais, onde a séria clássica poderia ser revivida quase da sua forma original. É uma idéia….

  18. “TROY”STORY? To fora…

  19. Galera eu assisto Jornada desde de que tinha 5 anos quando passava na TV Bandeirantes as 5 da tarde todo os dias, venho aos poucos completando minha coleção e concordo com muitas coisas que vocês disseram, é verdade que o melhor da Nova Geração é O Pirimeiro Contato, e que os outros são até inferiores se comparados com alguns episódios da série de tv, mas uma coisa ai em cima me chamou atenção, realmente o estrelismo de Stewart e Spiner queimaram o filme Nemesis. Agora que a marca está na mão de alguém que parece respeitar a franquia acho que podemos de novo ter Jornada de volta, chega de pão durisse, sempre fiquei triste com o tratamento da Paramount PIctures com Jornada, com aqueles “budget” de 50 milhões tratando Jornada como lixo, graças a nós fãs Jornada sobreviveu por 40 anos, mesmo quando alguns episódios eram uma droga, agora com nova visão espero que voltemos a ter estórias de qualidade…Live long and prosper.

  20. Aí está alguém que concorda comigo.

    É inegável o fato de que a Paramount sempre tratou Jornada como série/filme B…

Leave a comment

Your email address will not be published.


*