Abrams: “Nós tivemos uma cena para o Shatner”

james-kirk-1.jpgMais uma vez o produtor e diretor J. J. Abrams teve de responder sobre um assunto que parece não ter fim, “A ausência de Shatner no novo filme”. Ao site ACM, Abrams revelou que chegaram a escrever uma cena para o velho capitão da Enterprise em forma de flashback. Veja porque essa cena não fez com que Shatner voltasse a franquia.

Segundo Abrams, Shatner também contribuiu para que sua participação no filme não acontecesse, “Realmente, escrevemos uma cena para o Shatner, na qual ele estava em um flashback ou algo do tipo. Mas a verdade é que não ficou do jeito certo. A questão maior é que ele dizia em voz alta que não queria fazer uma ponta. Nós tentamos desesperadamente colocá-lo no filme, mas Shatner fazia-se muito claro ao dizer que queria que o filme focasse sobre ele significativamente, o que, sinceramente, ele merece”, disse o diretor.

A obediência ao cânon e a coerência da narrativa também foram obstáculos a entrada do velho capitão Kirk, “A verdade é que a história que estamos escrevendo requer uma certa fidelidade ao cânon de Jornada e uma consistência da narrativa”, comentou Abrams que aproveitou para criticar os fãs de Shatner, “É engraçado, que muitas pessoas que estavam clamando por ele neste filme, são as mesmas que dizem que deve-se aderir ao cânon. Pois bem, seu personagem morreu no cinema. Talvez um grupo de cineastas mais inteligentes possa descobrir como resolver isso”, alfinetou. O escritor Roberto Orci esclareceu ao site Trek Movie que fizeram essa cena antes da greve, embora ele considere que tecnicamente não seja um flashback.

Fonte: Trek Movie

69 Comments on "Abrams: “Nós tivemos uma cena para o Shatner”"

  1. Resumindo: CANASTRÃO…..

  2. resumindo : uma pena

  3. Onde está aquela Buábulância que eu já pedi para vir buscar o Shatner? Ainda não chegou?

  4. "Frank" Hollander | 11 de setembro de 2008 at 11:52 am |

    Irônico. Shatner quis (mais uma vez) sequestrar o filme. Depois quando lhe bateram a porta na cara ficou choramingando.

  5. ”A verdade é que a história que estamos escrevendo requer uma certa fidelidade ao cânon de Jornada e uma consistência da narrativa”

    resumindo: menos mal!

  6. resumindo: não é reboot.

    Afinal, ele está seguindo o canon.

    A menos que isso seja tudo papo furado e o Abrams realmente não queria a participação do Bill no filme, o que eu acho mais provável.

  7. O nosso eterno “best capitão” merece uma hora do filme. Claro que não iria contentar com 1 minuto. Fez muito bem. Afinal é o personagem mais importante de STAR TREK, gostem ou não!!!!!!!!!

  8. Eu, no lugar do JJ, nem perdia mais meu tempo, porque ele já respondeu inúmeras vezes. Ponto final, acabou, o filme já está feito!!!

  9. Flávio Fernandes | 11 de setembro de 2008 at 1:23 pm |

    Zé Renato, é isto aí!!

    Concordo plenamente!!

    Quem fala que Shatner é canastrão não é Trekker. É paraquedista aqui!!

    Abaixo os paraquedistas!!!

  10. O tempo do Shatner já passou. Se ele nao quer fazer ponta, o que podemos fazer?
    A hora agora é do Chris Pine, vamos ver se ele aguenta o repuxo….
    O próprio Nimoy já nao pode fazer muito, pelo menos ele tem consciência disso.

  11. Sr Madruga, só uma observação: ele não parece estar SEGUINDO o cânon, e sim puxando dele o que interessa.

    “Uma certa fidelidade ao cânon” é diferente de “total fidelidade ao cânon”, assim continua sendo reboot, mesmo que não seja um reboot radical.

    A única maneira de não ser reboot é seguir o cânon de cabo a rabo. E isso com certeza ele não fez (sake God!).

  12. Sou novo por aqui, portanto vocês já devem estar careca de discutir isso, mas sempre achei as atuações do Shatner a alma do seriado e dos filmes, a paixão com que ele representava o Kirk era algo icônico.

    Abaixo os paraquedistas!!!(2)
    (obs: não sei o que quer dizer isso!rss)

  13. Leandro Martins | 11 de setembro de 2008 at 2:13 pm |

    Eu gostaria de lembrar a todos os usuários que a moderação desta casa não vê com bons olhos falácias “Nenhum Escocês de Verdade”, como esta conversa de querer se estabelecer critérios arbitrários para quem seja ou não seja “trekker”. Ninguém está lembrado de nossos problemas recentes?

  14. Eu acho que para uma pessoa que conquistou e chegou a ser hoje o que é (no caso Shatner) poderia dar um gostinho de fazer ponta neste filme. Eu adoraria… Mas, o cara quer o metade do filme para ele, fazer o que? Que pena!

  15. Sempre achei o Shatner meio metidinho…mas vai fazer o que…né? Ele é o Jim Kirk! mas de qualquer maneira tem que segurar um pouco a onda!! ter uma grande participação no filme…tenha dó!!

  16. Flávio Fernandes | 11 de setembro de 2008 at 5:01 pm |

    Prezado César:

    Chamo de paraquedistas aqueles que caem aqui e não entendendem nada de Jornada. Caem por cair.

    Alguém que chama o Shatner de canastrão não pode ser Trekker. O cara é Kirk, é Kirk é 100% Jornada.

    Por isto torço tanto pelo Pine. Se ele perpetuar aqui, diante mão, tem um super fã em mim.

    Um abraço.

  17. Leandro Martins | 11 de setembro de 2008 at 5:05 pm |

    O Shatner é canastrão. Gosto do trabalho dele, mas eu sempre considerei isto, pois é o que ele é.

    Talvez, por esta lógica, então eu “não entendo nada” de Jornada nas Estrelas e “não sou trekker”.

    Por isto que eu vou repetir: chega de “Nenhum Escocês de Verdade” por esta casa.

  18. Valeu pela informação Flávio Fernandes!

  19. Pra mim o bom e velho Shatner foi sim Canastrão em algumas atuações suas que vi, e se saiu bem em outras. Isso tudo me referindo a Shatner fora de Star Trek.

    Agora no que concerne a interpretar o Capitão Kirk, na minha opinião ele é irretocável. Ninguém no mundo teria feito melhor. Nada impede um jovem ator interpretar para uma nova geração de fãs o mesmo personagem, e espero que sempre o façam bem, mas ninguém vai tirar o mérito, charme, carisma, grandesa e tudo mais de Shatner em Kirk.

    Agora o ator em si sempre foi controvertido e teve desavenças até dentro do elenco de TOS. Ele meio que chega a ser até canastrão na vida dele mesmo, pelo que me parece. Mas é claro, nada que o afaste de ser um grande homem, um grande artista (isso ele é sem dúvida, com grande carisma inclusive, apesar de seu jeitão falador, continua trabalhando até hoje e se mantendo bem nos holofotes).

    Também acho uma pena ele não aparecer no filme. Uma ponta com Kirk velho bem pensada e bacana, seria ótimo.

    Shatner tem todo o direito de se sentir merecedor de ainda participar com destaque de um filme de Jornada, apesar de por causa da idade naturalmente está distante de ser um herói de ação como antes, e os fãs também tem todo o direito de querer isso, ter ele em destaque num filme, mas todos tem que lembrar, principalmente o Shatner, que ele consentiu com uma morte horrível e sem propósito de seu personagem e nosso herói no sétimo filme, Generations.

    Só por esse complicador, difícil de ser eliminado da cronologia de Star Trek, por uma série de fatores, que envolvem até a idade mais avançada do ator, Shatner era pra baixar a bola e saber que mesmo merecendo mais, pelo que aceitou fazer em Generations, uma ponta tava de bom tamanho pra ele. Claro que Shatner pelo que conhecemos dele dificilmente engoleria seu orgulho, mesmo tendo motivo para tanto, e isso de fato foi o que ocorreu e ele está fora do novo filme.
    Shatner se manteve integro ao que é, e mais uma vez saímos perdendo por causa disso.

    Uma pena.

    Agora sobre a questão aí de ficar se discutindo gostos e se fulano é trekker por isso e não é por aquilo … tenhamos paciência, né amigos. Somos fãs de Star Trek, não tem espaço, nem nós devemos nos prestar a essas coisas. Até porque uma das muitas mensagens da série é contestar a intolerância. Jornada tem muito respeito a inteligência humana e tenho certeza que todos aqui respeitam o mesmo.

  20. "Frank" Hollander | 11 de setembro de 2008 at 6:38 pm |

    ^17: Shatner É canastra sim. E sua canastrice é o que fez o papel de Kirk ser o que é. Digo até que ele é inegualável neste quesito. Pine tem um pepino nas mãos (ao meu ver).

    Porém daí partir do pressuposto que Kirk é 100% Jornada? Já dizia Homer: Peraí… Peraí…
    Kirk contribuiu muito para a série, mas a série não seria nada sem Nimoy e sem Forrest. A TRINCA é que foi a grande fórmula que CONTRIBUIU para Jornada se transformar no que é. O resto veio com as demais séries e pasme por mais que eu odeie, as séries Voyager e Enterprise também fizeram sua parte, tanto para o bem quanto para o mal.

    TOS teve 78 episódios e Jornada possui quase 800 episódios em todas as séries, nesta fórmula, Kirk estaria em apenas 10% da obra de Jornada (citando aqui apenas em números absolutos sem discutir importância do personagem).

    Adendo: Trekker = Fã moderado que gosta de Jornada e embasa de forma coerente seu ponto de vista. Entende que a obra não é perfeita e possui seus altos e baixos, faz críticas construtivas a estes pontos.

    Trekkie (a.k.a.) Trektardo = Fã-nático por Jornada que afirma e jura de pé junto que Jornada é tudo de bom, nada dela é ruim, a mensagem que Jornada passa são os efeitos irados, cinéticos e infernais. Daqui deriva-se as sub-divisões: TOSTardo, TNGTardo, NinerTardo, etc. Normalmente fica cegado visualizando apenas “o lado bom da série”, ignorando os pontos negativos. Por vezes não gosta de ver seus argumentos rebatidos e/ou criticados por outros.

  21. UFA!!! :o)

  22. PESSOAL O CULPADO É O PROPRIO BILL, ACEITANDO MORRER EM GENERATIONS…….VIDA LONGA…..

  23. Eu sou Trekie 🙂

    “Sr Madruga, só uma observação: ele não parece estar SEGUINDO o cânon, e sim puxando dele o que interessa.”

    Exatamente.

    O Abrams não queria o Bill para um grande papel no filme, apenas uma ponta para atrair mais expectadores para o seu filme.

    Já o Bil, queria um grande papel no filme, pra ficar ainda mais em evidência, ganhar uma grana enfim.

    Ou seja, um queria usar o outro. E no fim ninguém teve o que queria. E ai ficou isso:

    O Bill reclamando e o JJ explicando, explicando, explicando…

    E eu acho que ele está enganado se acredita que isso vai acabar. A verdade é que, o tempo está correndo rápido para o Bill, ele já está beirando os 80.

    E ai, sempre terão aqueles que dirão “Po, bem que o JJ poderia ter dado uma oportunidade para o Bill”

  24. Luís Henrique Campos Braune | 11 de setembro de 2008 at 9:28 pm |

    Fecho com o post 20…

  25. Já houveram muitos canastroes queridos no cinema, poderia citar como exemplo o Victor mature, mas sem dúvida o mais querido é o Bill. E eu estou entre os fans do Cap Kirk, personagem que ele desenvolveu.

  26. Ola,

    Vamos la: claro que o Shatner é canastrao! Esta alias é uma das grandes qualidades dele e do Kirk. Ele é mega canastrao e é um personagem otimo. E nao consigo colocar outro ator ali para vive-lo.

    Tambem acho que nao existe Jornada TOS sem kirk. Mas tambem coloco isso com o Spock e o nosso querido Doutor Bones.

    Colocar numero de episodios e dai tirar que TOS só vale 10% da franquia nao concordo. Nao haveria a franquia sem esses 79 episodios seminais. E ali esta a base de tudo o que veio depois.

    Mas acho melhor o Shatner ficar de fora mesmo. O personagem morreu. Finito. The end. Acabou. Deixem assim.

  27. ^27: Manolo, como eu coloquei, falei em termos de números absolutos e não da importância. É óbvio que sem TOS não existiria o resto da franquia, assim como sem o piloto “The Cage”, provavelmente TOS não seria a fórmula que é.

    Apesar de não conhecer a história, Shatner deveria ter topado fazer uma ponta neste filme em troca de uma participação especial maior em um segundo filme. Se realmente Spock de Nimoy volta no tempo e interage com a tripulação, seria factível incluir uma cena para Spock (velho) falar ou colocar uma lembrança via elo-mental vulcano no próprio Kirk ao ponto dele (mesmo sem saber os motivos aparentes) evitar a qualquer custo participar da comissão no lançamento da Enterprise B. Ainda como bônus aos fãs, este elo poderia ser a razão de Kirk sempre dizer conhecer que morreria sozinho.

  28. Se o Bill é um canastrão, então é o canastrão mais adorado do mundo Star Trek…o verdadeiro capitão kirk não deve se rebaixar a uma mera participação…merece um box com 7 DVD´s só pra ele…abç

  29. É isso aí, vida longa e próspera para o grande Shatner. Que me perdoem os críticos, mas vocês são muito ranhetas! Deixa o velhinho ser exigente, ele pode! Afinal, ele é “o cara”.

  30. Caros Trekers,

    James Tiberius Kirk, foi o herói da minha infância e me tornou fã dessa série, Jim Kirk, só foi Jim Kirk, pela personalidade estrionica de Bill Shatner isso é fato, leio sempre os posts aqui e tenho vontade de opinar.

    Quando me tornei mais maduro percebi que o maior personagem de Star Trek de todos os tempos sempre foi Spock, mas nenhum deles seria o mesmo sem o outro, Jim, Bones e Spock, são uma triade quase que uma personalidade única de 3 faces, eles se completam.

    Podemos ficar felizes pq os 3 estarão de volta, os personagens tão queridos estão no filme.

    Acontece que a participação do Sr. Nimoy na franquia é muuuito maior em termos de contribuição do que a de Shatner, vejam a diferença nos resultados da Direção entre Star Trek III e IV e a versão do Bill do V, é a diferença de Nimoy e Shatner.

    Como ator Shatner é muito mais limitado completamente teatral e justamente por isso fez um Kirk tão marcante, a importancia disso é imensurável.

    Acho que JJ tem sido muito respeitoso com o canon e o que era possível fazer era uma cena mais para homenagear Shatner do que qualquer outra coisa.

    Mas o ego, já bem conhecido dele não permitiu, tentou forçar a barra como já havia feito em várias outras ocasiões, só que dessa vez não deu, aliás não daria mesmo a forma física do old Kirk torna isso impossível, ele envelheceu e engordou demais de Generacions para cá.

    Já Nimoy, está quase igual e seu personagem tem “vida longa e próspera”, pode estar em qualquer ponto da história do Sec. XXIV.

    Mas eles estarão lá, Jim, Spock e McCoy.
    Renovados, tomara dê tudo certo e tenhamos a partir daí, mais filmes para gostarmos ou não.

    Mas com Star Trek, forever.

    Abs,

    Riker

  31. Nem Nimoy aceitou participar de ST VII depois de ler o roteiro e Shatner aceitou SIM, por causa do dinheiro envolvido. E a morte dele só não foi pior, porque B&B conseguiram criar uma morte mais ridícula ainda, a morte Tucker de ENT.

    E depois de ter morrido daquela forma ridicula, como um moribundo, escorregando e caindo da ponte; poderia ter aceitado fazer uma pontinha no filme do JJ.

    Afinal ver o Kirk original mais uma vez, por mais que seja uma ponta, sempre é demais. E por mais que seja uma ponta, já está 100 vezes melhor que vê-lo caindo da ponte daquela forma.

  32. Nem me lembra da morte do Tucker, foi ridícula, assim como o episódio inteiro.
    Quiseram fazer um boom, com o Ryker gordo feito uma pipa, quase estourando naquele uniforme, e com a morte do Tucker, porém fizeram mesmo um enterro propício ao clima da época.

  33. Star Trek sem uma participaçãozinha de Shatner é como ver o mesmo Star trek sem a dama dele: a Enterprise.

    Imaginem toda a série sem Shatner? Seria o TOS?
    Shatner é canastrão?

    Se fosse para colocar outro ator na época de TOS, escolheriam quem?
    Adam West?
    Guy Williams?
    Kojak?

    Shatner não tem como aparecer em Jornada interpretando Cap. Kirk, mas acharia muito interessante se participasse de um filme futuro como uma espécie de tutor ou alguém que tenha sido amigo do pai de Kirk (já que Kirk tem é um padastro… quem sabe.)

    Mas Shatner deu ao Cap. Kirk aquele arzinho amigável, austero, debochado, humano, romântico, forte, e até brincalhão:

    Cap. Kirk: -Prenda o klingon!
    Klingon: -Você disse que ia me matar!
    Cap. Kirk: -Eu menti !
    [STAR TREK III]

  34. Concordo com o Severino, mesmo se fosse só uma ponta com o velho Kirk no novo filme já seria demais mesmo.

    Por mais que o novo filme consiga vir a ser excepcional, incrível e muito bom com o que já tem, se ele tivesse Shatner, mesmo que só por 5 minutos, o filme aí sim estaria completo.

  35. O Shatner em outro papel é inaceitável. Tai o STXI para provar. Com certeza ele nao quis fazer, pq o foco seria em Nimoy, e isso mexer com ele.

  36. “Talvez um grupo de cineastas mais inteligentes possa descobrir como resolver isso”

    Ou esse cara é um idiota ou se faz de idiota… A resposta pra essa tua questão besta é simples, claro! se não me fizerem o favor de matar o velho Spock também, se ele voltar no tempo e encontrar ele mesmo jovem, basta ele dar uma mensagem para si mesmo novo dizendo para ele ir ao planeta Veridian III e teletransportar o capitão antes dele se esborrachar nas rochas (Claro esta mensagem não deveria aparecer). Então, bastaria inserir uma espécie de epílogo onde o Velho Nimoy retorna para seu tempo e reencontra o Kirk vivo… Simples, o problema é a maldita retaliação por parte até mesmo dos ditos treks com o ator por causa daquele vacilo nojento que ele deu, foi ruim pra ele, e daí…? eu fique “P” da vida por causa disso, e daí…? eu tinha vontade de pular no pescoço dele, e daí? Ele errou e pronto, tem mais é que tentar corrigir o erro e tocar o comboio pra frente ao invés de ficar simplesmente observando a Me#[email protected] feita sem fazer nada… Eu quero é levante o braço aquele que nunca errou… Eu quero que levante o braço aquele que nunca se arrependeu e tentou corrigir os próprios erros… Somos humanos ou não…?

  37. Por isso eu acho, ele deveria participar mesmo que fosse uma ponta….

  38. Erros todos cometem, mas para ele minimizar o erro cometido; poderia aparecer 5 minutos na telona. Já ia ser umas das cenas mais aguardadas do filme.

  39. Gente, quem não conseguir aceitar essa nova versão, pode abandonar o barco e ir pra casa assistir os filmes antigos…
    (falo isso sem maldade por que eu mesmo ando pensando em fazer isso, dependendo do andar da carruagem)
    Tudo acaba mais cedo ou mais tarde…

  40. Aqui está a cena que nunca aconteceu:

    Shatner encontra Pine na ponte da Enterprise

    http://br.youtube.com/watch?v=ni5LLQZqoYQ

  41. Aceito e defendo o Canon, porem depois que Spock renasceu, data também, e existia uma imagem ou reflexo ou algo parecido da Guinan lá no nexus, qualquer coisa seria possivel para trazer o velho e bom Bil novamente como Kirk sem ferir tanto assim
    o canon

  42. JOSE UMBERTO JESUINO | 12 de setembro de 2008 at 4:54 pm |

    CONCORDO QUE A MORTE DE KIRK EM GENERATIONS FOI UM ERRO GROSSEIRO, MAS QUE VER NOVAMENTE O “CAPITÃO” NAQUELA CADEIRA FARIA TODA A DIFERENÇA.

  43. Luís Henrique Campos Braune | 12 de setembro de 2008 at 6:44 pm |

    Existem várias coisas:

    Bill não quer ponta (eu tb não quereria);
    Bill não quer pouca grana (não sei opinar);
    Paramount não concorda com Bill;

    Porém, a resposta oficial é que ele não está no filme pelo fato do seu personagem ter morrido, como se isso fosse um empecilho em filme de ficção cinetífica!!

    Efim: o que está em jogo é grana e ego.

    Mas eu adoro o Bill!! Queria poder dar-lhe um abraço (assim como em Nimoy), antes que morresem…

  44. Quando eu escrevi no post (que foi retirado) ” O capitão Kirk morreu ?”. Não foi uma pergunta deboche, foi na verdade uma catucada nos Trekies que esqueceram que este personagem nunca morreu, ele esta ai em varios filmes na memória de muitos como o maior capitão da série. Ele sempre estará vivo..bem vivo, certamente outros escritores e diretores vão dar o merecido respeito ao personagem enquanto estivermos aqui para comentar seus trabalhos. Quanto ao ator, bem isso é outra história…..

  45. Leandro Martins | 12 de setembro de 2008 at 7:09 pm |

    Se você fez alguma postagem anterior a esta, ela não foi “retirada”, JGAO, pois esta é a primeira de você que eu encontrei na fila de aprovação; pode ser que a original tenha caído na ferramenta antispam de bloqueio automático, e automaticamente removida por engano.

  46. Esse negócio do Kirk ter morrido em Generations e por isso não aparecer, é mesmo um papo furado.

    Se o JJ tivesse assistido ao Generations, o que eu duvido muito, saberia que no filme TODO mundo morreu. Na verdade tudo que aconteceu depois desse filme, que envolveu as tripulação da Enterprise D. Já foi um “universo alternativo”. Se tivesse astido o filme, saberia que o Nexus também é uma espécie de “portal do tempo”. Ao que parece o Spock vai voltar ao passado com uma espécie de “tempo-nave”, igual aquelas do século 30. Enfim.

    O JJ pode ter todos os motivos do mundo pra não querer dar uma papel grande pro Shartner, mas querer dar “lição de continuidade” para os trekers, é muita pretensão.

  47. O Spock, depois dos eventos de a Nova Geração, volta no tempo para deter uma investida dos romulanos contra a linha temporal, e antes dá um rápido pulinho para pegar um aposentado James T. Kirk (curtindo aquelas aventuras de pára-quedas), apontando-o como necessário novamente, e depois devolvendo-o ao mesmo tempo e local (ao término do filme, algo que não precisaria nem ser mostrado, só sugerido). Com bons diálogos, ficaria bastante crível, sem precisar tocar no assunto do NEXUS. Aliás, os romulanos poderiam tentar caçar primeiro a versão Shatner de Kirk, na tentativa de obter mais informações sobre o seu passado (mas o Spock chegaria antes, frustando assim o intento deles e diminuindo o tempo do filme na abordagem desse fato). Os temas relativos à aposentadoria, sentimento de inutilidade e laços de lealdade poderiam ser abordados aqui sob nova roupagem.

    Há formas sim, fáceis e simples de se resolver o problema da participação do Shatner, sem criar muita confusão na cabeça do público leigo e estender demais o filme. E o filme certamente seria muito melhor com ele, fortalecendo a identificação com os elementos conhecidos da antiga Jornada.

  48. Kirk: Spock!

    Spock: Capitão.

    Kirk: Pensei que você estivesse em Vulcano! O que faz aqui?

    Spock: E estou, Capitão. Melhor dizendo, a versão desta linha temporal que o senhor tanto conhece.

    Kirk: Ôô, lá vamos nós de novo. Uma mãozinha aqui para embrulhar este pára-quedas seria de grande ajuda.

    Spock: Capitão, o senhor se faz necessário urgentemente em outro tempo e lugar.

    Kirk: Tempo… Não tenho muito tempo pela frente, Spock… E faz um bom tempo que perdi o meu lugar de capitão… Não me imagino sequer visitando a minha antiga nave, sem que eu possa sentar naquela cadeira…

    Spock: O lugar de honra de um herói é na História, que o tempo sempre consagra… Eu vim para fazê-lo recordar disso.

    Kirk: O que está havendo, Spock? Você está mais velho e diferente. Por que retornou a esta linha temporal?

    Spock: Porque sou seu amigo. Por favor…

  49. ahh, colando de novo porque o símbolo que eu usei foi suprimido na colagem…

    Kirk: Spock!

    Spock: Capitão.

    Kirk: Pensei que você estivesse em Vulcano! O que faz aqui?

    Spock: E estou, Capitão. Melhor dizendo, a versão desta linha temporal que o senhor tanto conhece.

    Kirk: Ôô, lá vamos nós de novo. Uma mãozinha aqui para embrulhar este pára-quedas seria de grande ajuda.

    Spock: Capitão, o senhor se faz necessário urgentemente em outro tempo e lugar.

    Kirk: Tempo… Não tenho muito tempo pela frente, Spock… E faz um bom tempo que perdi o meu lugar de capitão… Não me imagino sequer visitando a minha antiga nave, sem que eu possa sentar naquela cadeira… (olhos marejados)

    Spock: O lugar de honra de um herói é na História, que o tempo sempre consagra… Eu vim para fazê-lo recordar disso.

    Kirk: O que está havendo, Spock? Você está mais velho e diferente. Por que retornou a esta linha temporal?

    Spock: Porque sou seu amigo. Por favor… (erguendo um braço e pedindo para que se aproxime)

    (Os dois se desmaterializam… Em seguida uma pequena nave romulana sai de dobra bem acima do local… Uma mão romulana aparece segurando o tecido do pára-quedas caído no chão, rasgando-o com raiva)

  50. hehe, o Mário está se oferecendo para formar o tal “grupo de cineastas mais inteligentes”…

  51. Respeito a posição dos colegas aqui, e achei interessante a história criada pelo Mário. Mas sou totalmente contrário ao retorno do capitão Kirk, pois mais que eu adore o Shatner. O Nexus já foi complicado, tentar explicar a existência do Kirk no novo filme… vai cair em uma technobable infernal, que só nós fãs entendemos. Não é isso que eu quero para STXI. Quero Jornada para uma nova geração de fãs. Mas JORNADA e não uma imitação barata de qualquer FC. Então, só peço que mantenham a essência de ST, que faz eu gostar tanto dessa série.

    Tá na cara que Shatner não aceitou uma ponta, queria ser o astro do filme, e ficou um pouco “mordido” por os holofortes serem todos em Nimoy. Tudo bem. Quem sabe na próximo?

  52. “e ficou um pouco “mordido” por os holofortes serem todos em Nimoy.”

    Não vejo como um filme de ação, que quer se tornar um épico, pode ser focado em um ator de mais de 70 anos.

    Pra mim o Nimoy terá a mesma importância que o Moran Freeman teve em Batman. Um ator de peso, uma atuação excelente e um personagem carismática. Mas muito longe de ser o “foco” do filme.

  53. Luís Henrique Campos Braune | 13 de setembro de 2008 at 10:28 am |

    Quá quá quá quá!!!!

    Essa foi hilária:

    “Cap. Kirk: -Prenda o klingon!
    Klingon: -Você disse que ia me matar!
    Cap. Kirk: -Eu menti !
    [STAR TREK III]”

    Eu me lembro disso…

    Esse é o nosso capitão!!…

  54. Trazer o Kirk de volta pelo Nexus, seria possível, só que o Nexus é muito complicado mesmo e não daria certo no novo filme, principalmente os novos fãns entenderem essa coisa toda, que nem eu entendi direito até hoje.

    Gostaria que o Kirk velho aparecesse no filme, e qual Fã não iria querer? Mas acho que o Shatner dizer que não faz ponta, é besteira, Jornada o projetou, e apesar de ser um ator consagrado e premiado, acho que se não fosse a franquia essa turma toda de TOS incluíndo ele, poderiam passear na rua tranquilamente que não seriam reconhecidos. Portanto esta postura do Senhor Shatner, é meio que cuspir no prato que comeu durante muitos anos, é uma pena, pelo menos Jornada merecia que ele se desvencilhasse de se ego, só desta vez.

    E se tiver mesmo um segundo filme, espero que ele revise os seus conceitos, para que pelo menos viabilize sua participação.

  55. Maria da Conceição G. Simões | 13 de setembro de 2008 at 5:18 pm |

    Acho que as pessoas confundem Shatner com Kirk. O ator William Shatner é um canastrão, o Capitão da Frota Estelar James Tiberius Kirk é a essência de Star Trek. Acho que sem o egocentrismo de Shatner não teríamos uma personagem tão forte como Kirk. E o grande erro foi de Shatner, deixando que matassem Kirk por nada.
    Gostaria também de lembrar a todos: Infinitas Diferenças em Infinitas Combinações. IDIC…. entenderam?
    Não vamos esquecer o objetivo da filosofia de Rodenberry: tolerância para com todas as raças.Vida Longa e Próspera para todos os TREKKERS, paraquedistas ou não…

  56. Hollander, essa diferença entre Trekker e Trekkie não é “canônica”…

    (e eu sou tréquer)

  57. Post 53: Próximo filme

    Eu acredito que nos próximos filmes os atores antigos não mais aparecem. Neste o Nimoy é o ponto de ligação, como geralmente ocorre nas produções recentes de ST.
    Todos estão muito velhos e com o passar do tempo, a coisa só vai piorar.
    Como disse o Luis Henrique: Queria dar um abraço neles antes deles morrerem.
    Está mais ou menos por aí….

    Quanto a utilizarem o Guy Williams no lugar do Shatner, esse era mais canastrão e não tinha o peso dessa voluntariedade do Shatner…

  58. mauricio mendes dutra | 14 de setembro de 2008 at 1:21 pm |

    William (Kirk) Shatner é sem dúvida a essência de star trek. Lamentável não ve-lo no filme

  59. O capitão Kirk poderia retornar do reino dos mortos de inumeras maneiras, até mesmo do jeito do ótimo livro “O Retorno do Capitão Kirk”, onde o própio Spock vai até o planeta Veridian III, onde está enterrado o corpo de Kirk e com as nanosondas Borgs consegue dar vida ao bom e velho capitão.
    Isso é ficção científica e com um pouquinho de imaginação resolve-se tudo. Veja o própio Nimoy com seu Spock que pediu pra morrer em STII, se arrependeu e conseguiu um filme só pra ele reviver em STIII, alias um “renascimento” bem ruinzinho, diga-se de passagem. Algumas células de um corpo já morto, renascem e se multiplicam rapidinho junto com o planeta Genesis, formando uma casca do Spock, sem memória, sem experiência, sem vida e milagrosamente voltando a ser tudo o que sempre foi, após o elo mental com o bom doutor. Difícil de engolir, mas como somos fãs, acabamos aceitando e até elogiando o filme, mas se fosse qualquer outra série, franquia ou mesmo um episódio de Voyager, teria um monte de gente metendo o pau.
    Acho que o velho capitão Kirk poderia voltar sim e com o bom e gordo Bill, que deveria aceitar ganhar um pouco menos pra agradar toda a comunidade de trekkers.

  60. PARAMOUNT!

    EI PARAMOUNT!

    É COM VOCÊ MESMO, PARAMOUNT!

    EU RECOMENDO QUE TODOS VOCÊS AÍ SOLTEM UMA CONFISSÃO PÚBLICA AFIRMANDO O ERRO COMETIDO EM GENERATIONS.

    RECONHECENDOP QUE O FILME NÃO FAZ PARTE DO CANON CONCEBIDO POR GENE RODEMBERRY.

    PRONTO!
    O CAPITÃO KIRK NÃO DESAPARECEU EM NENHUM NEXUS.

    A FROTA ESTELAR NEGA QUE TAIS FATOS TENHAM OCORRIDO EM AMARGOSA.

    CASO ENCERRADO.

  61. Como o Genewraqtions não é oficialmente o ST VII, então o novo filme seria o ST X.
    Mas nã dá, não. existem outras referências, como em Voyager.

  62. Eu não consigo conceber nenhum enredo para o Kirk voltar, sem cair na óbvia “fanboyzice (TM)”.

  63. Para mim Star Trek será sempre TOS e certamente com Kirk o novo filme seria garantidamente melhor. Poxa, não me importo com o canon mas sim com a diversão e a adrenalina de ver novamente o Big Herói Kirk.

  64. Se querer atores da antiga Jornada no filme é pura perda de tempo de fãs extremistas, então fico a me perguntar: Pra quê aparecer o próprio Spock de Nimoy? Desnecessário e excessivo, não acham? Sua não-participação evitaria toda essa idéia abusiva de viagens temporais. Deveriam se centrar apenas nos novos atores.

    O mínimo indispensável nesse filme, todavia, se a intenção era a de fazer uma justa passagem de bastão, seria a presença dos remanescentes daquele trio famoso. Eu não falo em favor do Shatner por ser fã do Shatner… Falo em seu favor por ser um ingrediente muito lógico a compor o novo filme (oportunidade outra não haverá), reforçando, repito, a identificação com o público mais antigo.

    O próprio Spock vai forçar tremendamente a barra e voltar no tempo… Lembrando que, pela longevidade que tem (seria o Spock visto em TNG), jamais ele poderia voltar acompanhado de um Kirk contemporâneo seu… Então, de todo jeito, para se ter um Kirk Shatner (a intenção inicial dos roteiristas), o Spock precisaria dar uma paradinha antes no passado para pegá-lo. E por quê essa parada não pode ser antes dos eventos vistos em Generations?

    Solução extremamente lógica e simples. Mas respeito as opiniões em contrário.

  65. cesar antonio r martins | 18 de setembro de 2008 at 2:11 am |

    Trekker, trekkie etc…
    Vou ter um treco…
    hehehehe

  66. cesar antonio r martins | 18 de setembro de 2008 at 2:15 am |

    Agora, levando a sério.

    ST-TOS tinha um tripé psicanalítico (id, ego, superego)(Kirk, McCoy, Spock) sem o qual, integralmente, o sentido TOS seria perdido.

    A-koo-che-moya, Gene…

  67. Eu estou duvidando que essa nova encarnação de TOS (deveríamos chamá-la de TNS?) vá conseguir enfatizar esse lado psicológico. Quase não se ouve falar da atuação do novo Macoy, e os textos estão mais pulverizados entre os personagens que antes eram secundários. Não que seja algo negativo isso, mas é uma pena que Jornada vá perder essa característica que o Cesar cita.

  68. .
    Opinião é que nem bunda, cada um tem a sua…!

    Pior que isso… As vezes se vai dar uma opinão e só se faz m….!!!!! ;oD

    Acham que Shatner é “canastrão”…?? Vejamos OUTROS filmes do EXCELENTE Nimoy, cuja fama e “respeito” se fez apenas em caima do personagem “tábua” (duro e liso) de Spock – e sem “ofença” entendida, ok?? É apenas a DURA realidade…!!!

    Shatner deu cores e sabores a seu Kirk…! Deu-lhe vida. Sua vida. Sua cor. Shatner fez de Kirk um talvez alterego de si mesmo, um “eu” melhorado, infinitamente mais esperto, mais inteligente, mais audaz…

    Shatner é tão “canastrão” como qualquer um a meu ver (e este é meu “pum” de opinão, vindo da minha origem de fã, talvez “nático”, como disse outro mais pra cima…!

    Há muito o que ser visto, revisto e repensado sobre as “embasadas” (módulo de ironia=on) opiniões de muitos fãs e “fãs detratores” aqui e em qualquer ambiente do “fandom”…

    Mas, estes são meus 10 centavos de pensamento para vocês…!! E certamente isso também pouco interessa e não vai mudar o “pum”, digo, a opinião, de ninguém… :oP

    VL&P.
    .

Leave a comment

Your email address will not be published.


*