Abrams quer sequel como aventura significativa

jj abramsOs roteiristas Roberto Orci e Alex Kurtzman disseram recentemente que colocarão mais profundidade nos personagens para próximo roteiro de Star Trek. Em entrevista ao MTV, o produtor J.J. Abrams falou a respeito do desejo de ver uma aventura significativa e sobre os rumores de uma nova série. Ele também comentou quanto a escolha de Chris Hemsworth para trabalhar num filme da Marvel.

Na entrevista, J.J. Abrams observou que o primeiro filme foi sobre “reunir a família”, e agir como uma ponte “entre o que veio antes e o de agora”. Já quanto ao sequel, declarou: 

O segundo filme tem a obrigação de ir mais fundo e manter a diversão e a aventura, no sentido do otimismo e na escala que Roddenberry criou. Mas eu acho que tem que evoluir e não se tornar uma polêmica exagerada, exatamente uma alegoria. Tem de ser algo que não seja apenas sobre o encontro dos personagens e suas primeiras aventuras, precisa ser mais significativo para eles.

Uma coisa que a equipe provavelmente não irá fazer, de acordo com Abrams, é chamar o sequel de “Star Trek 2”.

Eu acho que nós não podemos realmente fazer isso, certo?” Abrams riu. “Eu não sei do que você irá chamá-lo. É uma boa pergunta. Eu não tenho certeza.

 A idéia dos produtores é colocar simplesmente um subtítulo, sem numeração, como em Batman: O Cavaleiro das Trevas, por exemplo.

Alguns rumores circulam pela mídia falando sobre os planos de se ter novamente uma série de Jornada na TV. Quanto a isso Abrams comentou. 

Tem-se falado sobre isso, mas nenhum desses planos são meus”, revelou ao MTV Movies Blog. “Obviamente eu estou aberto a qualquer coisa. A chave para fazer uma outra série de TV é qual a abordagem que deveria ser digna do público. Se houver uma boa idéia será fantástico. 

 Na opinião de Abrams, um seriado poderia ser criado a partir de um filme.

Obviamente que o que você faz em um filme, você não poderia fazer a cada semana em uma série. A vantagem de uma série – quando você olha para algo tão bom quanto Battlestar Galactica – é que você vê que, apesar de seus grandes efeitos visuais, existe um nível de personagens e dramas interpessoais que nunca teriam acontecido se tivesse sido um filme. Uma série de filmes e uma série de TV definitivamente podem co-existir.

Mas há ainda um fator importante que precederia à qualquer plano, “A questão é, quem dirigirá essa série. Qual a visão disso? Como isso funcionaria?”, indaga Abrams.  O reporter sugere que o estúdio provavelmente aborde Abrams antes de qualquer coisa, “Eu não sei. Seria bom, certamente”, desconversou. E quando perguntado a respeito de se candidatar, “Isso é algo que de forma alguma está em discussão”, afirmou.

Em relação a escolha do anteriormente desconhecido ator australiano Chris Hemsworth (oficial George Kirk) para integrar o elenco do filme Thor, Abrams disse que já imaginava que Star Trek lhe abriria novas portas.

Ele estava em um momento em que tentava descobrir qual a próxima coisa a fazer e ele permaneceu forte em termos dos seus compromissos para vários projetos. Eu sabia que lhe seria dado um grande número de oportunidades, mais cedo ou mais tarde, e eu estava esperando que seria após Star Trek.

 Fonte: TrekWeb e TrekToday

11 Comments on "Abrams quer sequel como aventura significativa"

  1. Série de TV??

    Seria ótimo!!!

  2. Eu sinto falta das séries, até mesmo dos episódios chatos chatos. Até aqueles exemplos chatos da Voyager, como que eles viram lagartos.

  3. Vai ver inventam um com a KELVIN… o.O

  4. Uma nova série cobriria este “descontinuum” de 3 anos para o próximo filme, mas gostaria que fosse algo mais localizado para o futuro.
    Poderia ser até um seriado baseado nas viagens temporais do Daniels de ENT. Mil anos no futuro, mas interagindo com toda a história da Federação, incluindo a SEÇÃO 31, como ela age em toda a política da através dos tempos. É só uma idéia, mas poderia ser algo tão enigmático quanto Fringe e Lost, que são as especialidades dos nossos roteiristas atuais.

  5. Sabem, eu realmente acho que o $J$J$ não queira uma segunda ST, sabem uma visão televisiva diferente da dele no cinema. Mas não que isso seja algo a ver com seu ego (como eu sempre quero crer que é), e sim com um foco mais comercial. Afinal ST cai depois de uma overdose de séries, portanto reservar uma únca linha de produção possa parecer mais seguro. Lógico que todos nós sabemos que essa estagnação veio pela má qualidade estabelecida pela Paramount e pela dupla B&B. E isso deve dar-le um certo temor, podem ver em suas palavras: “quem dirigirá esta série”, mostrando que ele sabe de onde veio a época negativa de ST. E também fica meio escondido em suas palavras que ele concordaria com isso se fosse uma série independente dos seus filmes, o uma série sobre a Kelvin, do universo cannonico ou uma história da academia da frota.

    É algo a se pensar para eles, e para dar muito assunto para nós.

  6. Eduardo Nascimento | 26 de outubro de 2009 at 6:03 pm |

    Não vai acontecer nenhuma série de TV. Simples assim.

  7. Ainda estou pensando na aparição de V’GER em Star Trek – Nero # 3…

    Mas que os Klingons fizeram falta no filme fizeram, e como…

  8. Gostaria de uma nova série produzida por uma equipe nova, nada de B&B que já deram o que tinham para dar há muito tempo e nem Abrahms e Cia, que na minha opinião deveria cuidar apenas dos filmes para cinema já que fez um ótimo trabalho com Star Trek.
    Manny Coto seria uma boa opção para comandar esse projeto televisivo.

  9. Uma reedição dos 5 anos de TOS seria bom, pra canonizar de vez essa mudança que o filme criou.
    Mas duvido mjuito que apostem nisso, pelo menos por enquanto. Até pq acredito que os atores não topariam.

  10. 5 anos de viagem da Enterprise, qro dizer.
    Até pq TOS só durou 3.

  11. “Os roteiristas Roberto Orci e Alex Kurtzman disseram recentemente que colocarão mais profundidade nos personagens para próximo roteiro de Star Trek”

    Espero que também coloquem mais profundidade na história.

    Abraços.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*