Worf em Star Trek: Picard? A chapa esquenta…

Ainda não é uma confirmação, mas há razão para acreditar que Michael Dorn voltará a viver Worf em Star Trek: Picard. A pista veio de uma publicação aparentemente ingênua do diretor de fotografia Philip Lanyon, combinada a forte trabalho de investigação dos fãs (com eles você sempre pode contar!).

A postagem no Instagram mostra um presente que Lanyon ganhou após a conclusão das filmagens da primeira temporada — uma claquete com autógrafos de vários dos astros da série, desde os veteranos Patrick Stewart e Brent Spiner até os recém-chegados Santiago Cabrera e Alison Pill.

Ocorre que, bem no meio da claquete, temos um espalhafatoso autógrafo de Michael Dorn!

Um dos que identificaram a história foi o usuário do Twitter @AleSTrek, que identificou diversas das assinaturas.

A comparação não deixa dúvidas de que o garrancho pertence ao klingon mais amado da galáxia. E, embora não seja dito com todas as letras, é improvável que ele fosse assinar esta claquete se não tivesse também um papel à frente das câmeras. Podia ser só uma visita ao set? Podia. Podia ser só um autógrafo sem correlação com a série? Podia. Mas não é muito provável a essa altura.

ATUALIZAÇÃO, 13/9: Em resposta à revista NewsWeek, a CBS negou que Dorn faça parte da série. Mas quem já ouviu gente jurar de pé junto que John Harrison não era Khan antes da estreia de Além da Escuridão conhece esse truque. A dúvida permanece.

E, claro, uma aparição de Dorn levantaria automaticamente a “questão klingon”. A maquiagem de Worf seria repaginada para o modelito Discovery? Ou seguiriam com o design clássico de Michael Westmore? A aposta deste escriba é que vão mexer uma coisinha ou outra, mas deixarão Worf totalmente reconhecível como o mesmo personagem de A Nova Geração. Não custa lembrar que a exposição com os itens de Jean-Luc Picard na San Diego Comic-Con tinha um bat’leth, e ele seguia rigorosamente o visual estabelecido em A Nova Geração, em contraste com os modelos de Discovery. E o trailer de Picard indica uma consistência visual forte com o que vimos na era Berman do século 24. Mas provavelmente só saberemos quando pintar na tela, no ano que vem. Faça suas apostas.

A FILHA DE RIKER E TROI?
E já que estamos nessa de especular com base em fiapos de informação, uma pesquisa no IMDb (Internet Movie Database) também sugere alguns novos personagens da série e seus respectivos atores. Para o episódio 2, temos Graham Shiels listado como “Tal Shiar” (possivelmente um agente romulano da famosa organização de inteligência daquela potência galáctica) e, para o episódio 5, podemos esperar aparições de Barbara Eve Harris, como a capitão Emily Bosch, e Jon Ian Dredge, como um capitão da Frota Estelar (não creditado em tela). Ou seja, aparentemente a série cruzará caminhos com a Frota Estelar no espaço, ainda que Picard comece a série “aposentado”.

A informação mais intrigante, contudo, vem com o episódio 6, onde a atriz Lulu Wilson é creditada como Kestra. Ocorre que Kestra é o nome da irmã morta de Deanna Troi, conforme o episódio “Dark Page”, da sétima temporada de A Nova Geração. Nascida em 2005, Wilson poderia perfeitamente se encaixar como a filha de Riker e Troi. Dê uma olhada.

Picard estreia no primeiro trimestre de 2020, com exibição nos EUA pelo CBS All-Access e aqui no Brasil pela Amazon Prime Video.

Be the first to comment on "Worf em Star Trek: Picard? A chapa esquenta…"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*