Easter eggs/referências de “Et in Arcadia Ego, Part 2”

Sempre encontramos referências e informações escondidas das séries e filmes anteriores nos episódios de Star Trek: Picard. Veja os easter eggs e curiosidades do episódio “Et in Arcadia Ego, Part 2”. Você conseguiu identificar todas elas? Confira a nossa lista.

 “Et in Arcadia Ego, Part 2”

O nome deste episódio final de Star Trek: Picard é o título de duas pinturas famosas, explicadas nos Easter eggs de “Et in Arcadia Ego, Part 1”

Ganmadan

Na conversa em volta da fogueira, Narek conta a história de Ganmadan. Era o que os romulanos ancestrais chamavam de “Dia da Aniquilação”, um evento no qual toda a vida da galáxia seria destruída. Dizia-se que Ganmadan ocorre quando “todos os demônios algemados quebram suas correntes e atendem ao chamado do Destruidor. A Dra. Soji Asha assistiu a uma gravação de Ramdha, onde perguntavam sobre o Ganmadan, no programa de entrevistas Yrrh Mnrrh, no episódio “Absolute Candor” de Star Trek: Picard.

Outro fato a ser observado nesta cena é que Narek também diz que a história remonta antes de seus ancestrais chegarem a Vulcano. No episódio “Savage Curtain” da Série Clássica, é dito que os ancestrais romulanos se originaram no planeta Vulcano antes de se separarem e formarem seu próprio império.

Ragnarok e Juízo Final

Quando Narek vai contar a história do Ganmadan, em volta da fogueira, Rios a compara com o Ragnarok e com o Juízo Final.

Na mitologia nórdica, Ragnarök (em português: Destino dos Deuses) representa a escatologia nórdica, marcado por uma série de eventos que conduziriam ao fim do mundo, onde ocorre a última e decisiva batalha dos deuses contra os seus inimigos, prevendo que levaria à morte de grandes figuras (incluindo os deuses Odin, Thor, Tyr, Freyr, Heimdallr e Loki), desastres naturais e a submersão do mundo na água.

Juízo Final é o dia do julgamento final e eterno feito por Deus sobre todas as nações. A crença de um julgamento do homem, tendo Deus como juiz e levando em conta os atos praticados em vida por este, é comum em quase todas as religiões do Mundo. Na maior parte das crenças, acredita-se que tal julgamento será feito no final dos tempos, após o fim da raça humana, em um outro plano espiritual. Na religião cristã, este momento terá lugar depois da ressurreição dos mortos e da segunda vinda de Cristo.

Crypto-kung-fu

O comentário de Jurati, de como Maddox considerou que o “crypto-kung-fu” de Alton Soong era o melhor, é uma referência a um hacker dos anos 90, Kevin Mitnick, e a frase que ele popularizou por suas façanhas criminais, também ocasionalmente mencionada pelo trio “The Lone Gunmen” em “Arquivo-X”.

 “Make it so” e Manobra Picard

Quando Picard tenta pilotar a nave La Sirena e consegue, a Dra. Jurati fala a famosa frase de Picard, “Make it so”. Depois, ela diz para Picard, que se ele tiver um bom plano para derrotar os romulanos, será denominado a manobra Picard e logo em seguida lembra que ela já existe. Essa manobra foi vista no episódio “The Battle”, de Nova Geração, e está descrita nos Easter Eggs do episódio anterior. Em seguida, ela descobre como fazer centenas de projeções da La Sirena (e antes, da sua face), com a ferramenta mágica dos sintéticos, confundindo os romulanos.

Queen Annika

Durante a luta de Sete com Narissa no cubo borg, ela chama Sete de Rainha Annika. Rainha, porque no episódio anterior “Et in Arcadia Ego, Part 1” ela se torna rainha Borg por alguns minutos e Annika, seu nome humano quando tinha seis anos e foi assimilada pelos borgs, conforme contado no episódio de Voyager, “Dark Frontier”.

Zheng He

Zheng He é o nome da nave da classe Curiosity, comandada pelo capitão Riker. O nome é em homenagem a um marinheiro chinês, explorador, diplomata, almirante de frota e eunuco da corte durante a dinastia Ming, na China. Zheng comandou expedições a procura de tesouros, no sudeste, sul e oeste da Ásia e leste da África de 1405 a 1433. Segundo a lenda, seus navios maiores transportavam centenas de marinheiros em quatro conveses e tinham quase o dobro do tamanho de qualquer navio de madeira já construído. Isto está de acordo com a nave do Riker, a mais resistente, rápida e poderosa da Frota Estelar.

Segundo informações de Michael Chabon, showrunner de Star Trek: Picard, as cenas do Capitão Riker foram filmadas em Toronto, com adaptação do cenário da ponte da Discovery, onde Jonathan Frakes estava dirigindo episódios da terceira temporada deste seriado.

Tratado de Algeron

Riker lembra a General Oh que o planeta é um protetorado da Federação Unida de Planetas, de acordo com o Tratado de Algeron. Este tratado é mais comumente usado para explicar por que a Federação não usa dispositivos de camuflagem, mas sua primeira menção veio no episódio de A Nova Geração “The Defector”, em torno das regras relativas à Zona Neutra Romulana, agora dissolvida.

Este foi um tratado de paz assinado entre a Federação Unida de Planetas e o Império Romulano em 2311, após os eventos do incidente Tomed. Este tratado foi assinado aproximadamente 160 anos após a conclusão da Guerra Terra-Romulana, como visto nos episódios de A Nova Geração “The Pegasus” e de Entrerprise “These Are the Voyages…”.

Unificação

A comodoro Oh foi interpretada por Tamlyn Tomita e se tornou um personagem híbrido na série. Michael Chabon disse, em seu Instagram, que o nome Oh faz alusão à palavra vulcana “ohkuh”, ou “oito”. Uma referência ao Conclave dos Oito mencionado pela primeira vez em “Stardust City Rag” e revelado em “Broken Pieces”

Sobre a linhagem meio-vulcano e meio-romulana de Oh, Chabon disse que seus pais (uma mãe romulana e um pai vulcano) eram membros do movimento que apoiava a reunificação romulano-vulcano. Essa tentativa de “re-unificação” foi vista nos episódios de A Nova Geração, “Unification I e II”.

Blue Skies

Blue Skies, música de Irving Berlin, foi cantada por Data no casamento de Deanna Troi e William Riker em Star Trek: Nemesis. No primeiro episódio de Star Trek: Picard “Remembrance”, durante o sonho de Picard no bar Ten Forward, a versão de Bing Crosby pode ser ouvida nos alto-falantes. Neste episódio, durante a simulação quântica complexa que mostra a consciência de Data, esta música é ouvida na voz de Isa Briones (Dahj/Soji/Sutra). Isa Briones atuou em musicais no teatro, especialmente em Hamilton, peça de muito sucesso nos Estados Unidos. 

Shakespeare

A frase que Picard fala, na forma de eulogia, quando está desativando as memórias de Data, “We are such stuff as dreams are made on, and our little life is rounded with a sleep” (“Somos dessa matéria de que os sonhos são feitos, e a nossa vida breve é circundada pelo sono.”) é uma das mais famosas citações de Shakespeare, da peça “The Tempest”, ato 4, cena 1, linhas 156-157, dita pelo mágico Próspero. No episódio de A Nova Geração “Emergence”, Data fez o personagem Prospero no holodeck da USS Enterprise-D.

Kal-toh

Seven e Raffi estão jogando o jogo vulcano kal-toh, durante seu momento compartilhado a bordo do La Sirena. Este jogo foi mostrado em vários episódios da série Voyager. No episódio “The Omega Directive”, durante um jogo entre Tuvok e Harry Kim, Sete fez uma jogada para Kim e venceu Tuvok em uma só jogada, alegando usar harmônicas espaciais elementares para fazer isso.

Uniformes 

O uniforme que o Capitão Riker usa é o uniforme atual da Frota Estelar, também usado pelo recepcionista, pela Comodoro Oh e pela Tenente Rizzo (Narissa disfarçada de humana) no segundo episódio de Picard, “Maps and Legends” e pela amiga de Raffi, Emmy, no sexto episódio “The Impossible Box”. O uniforme que Data usa durante a simulação quântica complexa é o mesmo do filme Star Trek: Nemesis, onde sua primeira morte ocorreu. Na sua segunda morte, no presente episódio, ele usa um robe de veludo, semelhante ao que ele usou no episódio “All Good Things” da A Nova Geração. 

Caindo no poço

A maneira como Sete de Nove (Jeri Ryan) derrota a romulana Narissa (Peyton List), chutando-a para um profundo abismo, lembra a maneira como Kirk despachou o Klingon Kruge (Christopher Lloyd) em Star Trek III: The Search for Spock e como Riker derruba o vice-rei dos remanos em Star Trek: Nemesis.

Músicas e sons 

Quando Picard assume o comando da La Sirena, ouve-se a música de A Nova Geração e quando a Frota Estelar aparece, a música é a da Série Clássica. Quando a porta abre, para Picard voltar à vida, após sua conversa com Data, o som é o mesmo da abertura de porta da Enterprise-D.

Engage!

Foi a última palavra que Picard falou no primero episódio da Nova Geração “Encounter at Far Point”, e repetida em inúmeros episódios desta série. Foi também a última fala de Picard em Star Trek: Picard.

 

E aí, achou mais alguma referência? Deixe nos comentários as que você encontrou!

Todos os episódios do primeiro ano de Star Trek: Picard estão disponíveis no Amazon Prime Video.

Be the first to comment on "Easter eggs/referências de “Et in Arcadia Ego, Part 2”"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*