Michelle Hurd comenta a evolução de Raffi em Picard

Durante o Star Trek Day, o site TrekMovie teve uma rápida conversa com a atriz da série Star Trek: Picard, Michelle Hurd. Hurd ofereceu algumas dicas sobre o que há de novo para sua personagem Raffi Musiker nesta terceira temporada.

Um pouco mais de ação para Raffi

Em Las Vegas, Gates McFadden (Dra. Crusher) elogiou a coreografia dos dublês de Hurd. Perguntada se terá mais ação nesta temporada, ela respondeu:

É interessante porque quando ela disse isso, eu literalmente fiquei tipo, “Gulp!” (engoliu seco) porque não sei se podemos falar sobre isso. Mas vou dizer, o que Gates estava se referindo é um evento verdadeiro que aconteceu, enquanto estávamos filmando. Acho que é tudo o que posso dizer.

Apesar dos dublês, a atriz gosta de fazer suas próprias cenas de acrobacias.

Não apenas em Star Trek, mas em geral, eu gosto de fazer minhas próprias cenas de ação. Sou faixa preta em artes marciais e adoro coisas de dublê. E você sabe, em um certo ponto você não poderá mais fazer isso, então, eu faço o máximo que posso. Desse modo, eu praticamente faço todas as minhas acrobacias.

Reinvenção ou uma evolução da personagem?

O co-showrunner Terry Matalas revelou, em entrevista recente, que ele mudou Raffi em uma nova direção. Hurd disse se isso significava uma reinvenção ou uma evolução da personagem.

Evolução. Absolutamente, não uma reinvenção porque ela ainda é Raffi. Mas o que Raffi pode explorar e onde ela está na terceira temporada é realmente emocionante. E era tudo sobre Terry. Nós conversamos sobre isso na segunda temporada. Ele me apresentou essa ideia fantástica e, literalmente, assim que saiu da boca dele, eu fiquei tipo, “Eu estou cem por cento!” Eu acho que os fãs vão ficar muito empolgados com isso. Ela ainda é Raffi, mas tem algumas aventuras incríveis para explorar.

Uma temporada como uma carta de amor para os fãs

Oh, não, ainda é absolutamente Picard. Quero dizer, devo dizer que o que descobri durante as três temporadas é que nossas três temporadas são quase independentes. E elas são muito ditadas por nossos showrunners. A primeira temporada foi Michael Chabon, que é um romancista. Então, foi quase como ler um livro muito rico. A segunda temporada é de Akiva Goldsman, que você sabe que ganhou um Oscar por Uma Mente Brilhante, então, é todo o tipo de coisa cerebral e viagem no tempo. A terceira temporada é de Terry Matalas, que é um OG Trekkie. Quero dizer, ele era um PA no set para o primeiro dia de Jeri Ryan como Sete de Nove em Voyager. E agora ele é o showrunner da última temporada de Star Trek: Picard. Então, é literalmente uma carta de amor para nossos fãs e nossa família. Acho que todo mundo vai ficar muito feliz com isso.

O elenco de A Nova Geração se reunirá para discutir a terceira temporada de Picard, durante a convenção New York Comic Con no dia 08 de outubro. E o TB passará para você todas as informações deste evento.

A terceira temporada, que encerra a série Star Trek: Picard, chegará no dia 16 de fevereiro de 2023 e terá dez episódios, mas você pode assistir às duas temporadas anteriores pelo Amazon Prime Vídeo.

Acompanhe o Trek Brasilis nas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades de Star Trek:
YouTube: https://www.youtube.com/trekbrasilis
Telegram: https://www.t.me/trekbrasilis
Facebook: https://www.facebook.com/trekbrasilis
Instagram: https://www.instagram.com/trekbrasilis
Twitter: https://www.twitter.com/trekbrasilis