Star Trek: Picard redefine relação Jean-Luc/Crusher

A terceira e última temporada da série Star Trek: Picard está chegando em 16 de fevereiro (no Brasil dia 17), e mesmo com o retorno de todas as co-estrelas de A Nova Geração, Sir Patrick Stewart (Picard) insiste que a terceira temporada não é apenas um veículo para memórias dos antigos personagens.

A revista Den of Geek conversou com Stewart para obter seus pensamentos e sentimentos sobre o legado de Jean-Luc, seus colegas de A Nova Geração e o que é radicalmente diferente das temporadas anteriores.

Jean-Luc Picard mais confiante do que nas temporadas anteriores

Acho que a principal razão para isso é que seus relacionamentos – relacionamentos importantes – foram transformados. Sempre achei que uma das coisas que Picard mais apreciava no trabalho que tinha na Enterprise era o número de vezes que o inesperado acontecia. E acho que isso o excitou muito, muito. Na primeira temporada de Picard, ele percebeu bem cedo que ainda estava acessível para aqueles que precisavam sua ajuda ou algum tipo de proteção, que foi o que o motivou principalmente durante os sete anos de A Nova Geração.

Tensão entre Jean-Luc e Beverly Crusher (Gates McFadden) 

Bem, havia muita tensão pessoal que sempre esteve lá. Jean-Luc sempre a admirou, e ela a ele, em igual medida. Mas sempre houve problemas no passado em que Picard pensou que talvez ela não estivesse se comportando de maneira adequada. E, claro, houve os ingredientes de um romance, que não parecia que ia dar certo. Mas, nesta temporada, descobrimos que coisas que mudaram a vida de Beverly Crusher e Jean-Luc Picard realmente aconteceram. Sua fúria sobre a maneira como Beverly viveu com esse evento inesperado levou a algumas das cenas mais interessantes que interpretei. As cenas que tenho com Gates na terceira temporada estão entre as minhas favoritas porque estavam emocionalmente nus, ambos… e vulneráveis. Acho que nunca vimos os dois ao mesmo tempo naquela fase.

Não é uma reunião de família

Você tem toda a razão! [Risos]. Não é. Não é uma sequência de reunião, e isso é uma coisa que eu queria deixar claro. Eu não queria que a série fosse apenas sentimental: “Oh, todos nós nos amamos, e aqui estamos nós de novo, jogando pôquer e levantando nossos copos e assim por diante.” Quero dizer, eu amo cada um dos meus camaradas daquela série. Eu não consigo ter o suficiente deles ou ver o suficiente deles. Mas o que os roteiristas e produtores fizeram com Picard foi criar esse indivíduo diferente vivendo em um mundo diferente daquele com o qual estávamos tão familiarizados em A Nova Geração.

O que espera da nova temporada

Só espero que, quando a terceira temporada for ao ar, tenha algum impacto no mundo político ao nosso redor. Estou falando do Reino Unido e dos Estados Unidos, principalmente. Acho que o mundo político precisa muito de Jean-Luc Picard agora.

A terceira e última temporada estreia na quinta-feira, 16 de fevereiro de 2023 exclusivamente no  Paramount+ nos Estados Unidos. No Brasil estreia dia 17 pelo Amazon Prime Video. As duas temporadas anteriores já estão disponíveis para transmissão.

Fonte: TrekMovie

Acompanhe o Trek Brasilis nas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades de Star Trek:
YouTube | Telegram | Facebook | Instagram | Twitter