Série irá buscar público rico para UPN

Quando se fala em audiência, quantidade não é tudo –mais vale a qualidade. É com esse detalhe que a UPN está contando para fazer de Enterprise, a nova série de Jornada, um sucesso.

A perspectiva, segundo uma matéria publicada recentemente pelo site Inside.com, é atrair um público financeiramente mais qualificado, em vez de atrair uma grande massa.

Daí é que percebemos que, para os objetivos da UPN, Voyager, apesar de não ter sido nos últimos anos o programa de maior audiência da rede, foi um tremendo sucesso. A série tinha o público mais rico de toda a rede, com boa parte de sua audiência com renda anual superior a US$ 75 mil.

Em contrapartida, o programa de maior audiência, o show de luta-livre “WWF Smackdown!”, tinha em seu público uma imensa maioria de pessoas menos abastadas. Daí a crise do programa, mesmo com audiência ainda melhor que a de Voyager.

Atualmente, a UPN é a mais fraca rede dos EUA, disputando a lanterna com a WB. Isso vale tanto nos quesitos público quanto no status financeiro de seus telespectadores.

A perspectiva, no entanto, é boa para a nova temporada. “Buffy”, “Roswell” e, claro, Enterprise, prometem dar fôlego renovado à rede de televisão da Paramount.

E a imprensa pode também dar o seu empurrãozinho, divulgando o lançamento da nova série de Jornada. A primeira revista a ter uma capa cujo tema é a nova empreitada de Rick Berman e Brannon Braga foi a britânica “Starburst”, que na semana que vem circula com uma foto de Scott Bakula como destaque central.

A imagem não vem da nova série, mas do trabalho anterior de Bakula na TV, a série “Net Force”. Um agradecimento especial a Gustavo Leão, do TrekWeb, que mandou a imagem da capa para o Trek Brasilis.

Be the first to comment on "Série irá buscar público rico para UPN"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*