“Queremos fazer a coisa parecer real”, diz Abrams

j-j-abrams-9.jpgO produtor e diretor J. J. Abams conversou com o apresentador Chris Moyles da rádio 1 BBC, onde revelou algumas coisas novas sobre o filme de Jornada nas Estrelas e sua intenção de mostrar um lado mais realístico da ficção. Ele assegurou que o filme não será uma sequência da paródia Galaxy Quest.

Na entrevista, Abrams discutiu sobre canonicidade e revelou que certas coisas, vistas pelos fãs, estarão no filme, outras não aparecerão e outras serão inteiramente novas. No entanto, nada será mostrado que altere profundamente o cânon.  “Não existem cintos de segurança na ponte da Enterprise“, exemplificou Abrams justificando. “Temos de honrar o cânon. Há certas coisas que você quer que sejam consistentes”, comentou o diretor que revelou outros dados curiosos inseridos no filme.

Como exemplo de novidade não vista ainda pelos fãs, Abrams mencionou a introdução de um banheiro na Enterprise. De acordo com o diretor aparecerá um, mais precisamente em uma nave auxiliar e este banheiro fará parte de uma cena. “Existe um toilet em uma das shuttles, que o designer colocou no cenário”, disse Abrams revelando parte da cena. “Isso estava no script porque um dos personagens, na verdade, tem medo de voar”, comentou, acrescentando. “Ele sai, mas você não vê o banheiro”, disse o diretor observando que o ponto da cena é mostrar a dúvida quanto ao personagem ser capaz de continuar naquele trabalho.

Embora existam elementos fictícios conhecidos do mundo de Jornada e presentes no filme, a intenção é de tornar a coisa mais realista possível. “É muito engraçado, porque quando você entra naquilo que é conhecido na franquia, observa que eles tiveram desenhos que foram considerados, mas muito daquilo é apenas hipótese, como cosmético”, explicou Abrams. “A série em si cometeu erros. A idéia é de que existe um cânon de Jornada, e o que é Jornada genuína e o que você não pode mudar. A própria série mudou sua história e revisou muitas coisas. Então, claramente, a abordagem que queremos fazer é dessa coisa parecer real. E assim, a meta de fazer este filme, apesar de ter sido chamado de Jornada nas Estrelas, apesar das orelhas pontudas, da história, de todos os fãs estabelecidos, com centenas de horas e quase uma dúzia de filmes, todo o tipo de coisas, é que nós realmente sentimos que isto é uma coisa nova e legítima”.

Para o diretor, fazer um filme legítimo também significa evitar cair no ridículo. “Fazer Jornada parecer real é provavelmente o maior desafio, pois está expontaneamente tão próximo de ser extravagante”, disse o diretor citando como exemplo a paródia Galaxy Quest.

Durante a entrevista, Abrams ainda citou rapidamente outros pequenos detalhes sobre o filme, como, “Estar a duas semanas de concluir a edição”, que “haverá a morte de um camisa vermelha”, que “Kirk (interpretado por Pine) usará uma camisa dourada em algum ponto do filme” e que “Shatner não está nele.”

Fonte: TrekToday e TrekMovie

21 Comments on "“Queremos fazer a coisa parecer real”, diz Abrams"

  1. Está certo.

    Muitas coisas novas aparecerão neste novo Star Trek (que nome gostoso de digitar hein! Star Trek!)

    Se J.J. buscou o realismo, aceito de bom grado.

    Na maioria das expessões artísticas, por mais estilizadas que venham ser, o realismo é uma peça fundamental.

    É o fator que faz o cérebro aceitar o que está captando como “isto” ou “aquilo”.

    Star Trek não poderia ser diferente: Naves, trajes, personagens, alienígenas, equipamentos, tudo precisa ser muito, mas muito convincente.

    E para alcançar esse nível, só o realismo.

    Tudo porque o realismo (mesmo que ficcional ou fantástico) nos faz encontrar a Identificação.

    E aumenta o grau da nossa alma poder dizer:

    É plausível, é viavel, é possível!

  2. “haverá a morte de um camisa vermelha”

    hahaha… pobres red shirts, nem com reboot eles se salvam

    Aliás, a um comentário sobre isso em Lost logo na sua primeira temporada, se não me engano do Charlie.

  3. Flávio Fernandes | 25 de setembro de 2008 at 5:06 pm |

    O que é um Jornada sem uma “mortezinha” de um “camisa-vermelha”??

    JJ, ponto positivo, meu garoto.

  4. Quem é o personagem que tem medo de voar? McCoy?

  5. Não sei se é possível, (mas acredito que o JJ deve ter pensado), fazer algo na linha de Battlestar Galactica, aquilo é realismo na ficção cientifica, pelo menos é claro nas relações humanas dentro de uma nave… Jornada é diferente mas seria, pelo menos pra mim, interessante.

  6. Mas banheiro já foi mostrado? Não necessariamente uma privada, em STar Trek – Enterprise! 😛

  7. Alguns banheiros já foram mostrados, de leve. Pia, chuveiro e em VOY tem até um vaso sanitário, se não me engano. No banheiro de B’Elanna.

    Sobre o personagem que tem medo de voar, não sei quem é. Pelo que lembro, McCoy tinha medo de teletransporte.

  8. Aproveitando, li no site Trekweb que Roberto Orci disse que vai rolar o trailer do novo filme antes do natal!

  9. exato McCoy não tinha medo de voar tanto de usava as naves auxiliares pois odiava os teletransportes.boa pergunta quem tem medo de voar….estranho….deem sua opinião(ja q essa é uma novidade rsrsrsrs de poucas q temos)Eu acho q é Scoty oq vcs acham???

  10. Que teremos um trailer até o fim do ano isso não tenham dúvida.

    O interesssante na programação de filmes para 2009, dos grandes filmes somente X-Men Origins: Wolverine e Terminator Salvation estão entre Jornada XI, o resto é de comédias banais. Não considero Angels & Demons um filme que ameace.

    Agora, se os dois filmes forem uma decepção ou abaixo das expectativas e Jornada pelo menos for bom, engole os dois, se um deles for acima a média, engole Jornada. Principalmente Wolverine.

  11. Mas duvido que aconteça outro arrebatador de bilheteria tão cedo como Batman 2. Acredito que os próximos James Bond, Wolverine, Jornada, Ternimator 4 e Transformers estarão na média. Espero que me engane com o 3º.

  12. Luís Henrique Campos Braune | 26 de setembro de 2008 at 7:48 am |

    Scoty com medo de voar? É ruim, hein!! Esse aí é capaz de voar até sem nave… no peito e na raça!

  13. Wachtmen não se sabe ao certo a data de estréia, mas tem tudo pra ser uns dos grandes filmes do ano que vem.

  14. Dos personagens principais talvez nenhum deles possa sentir medo de voar. Quem sabe um figurante.

    Mas fica a pergunta: por que enjoar no espaço se na Enterprise ou em qualquer outra nave há gravidade normal?
    A não ser que o shuttle venha a balançar por algum motivo. Estar entrando numa zona de turbulência ou algo assim.

  15. Scott com medo de voar é no mínimo piada de mal gosto, mas tem o pessoal administrativo e médico que poderia ser. O McCoy não gosta do transporte mas tb seria estranho se não gostasse de voar. Mas as notícias me deixam otimista.
    Quanto ao trailler já deveria estar liberado em outubro.
    Espero que não haja de Galática, ST é ST e deve ser sempre mais cerebral.

  16. será que Shuttles balançando é um artifício para tornar Jornada mais real?

  17. ^4 e 9: Deve ser o bisavô de Barcley.

    ^11: Fico na dúvida apenas com Wolverine. Acho que será “o filme” do verão.

  18. Glauco Porciuncula | 26 de setembro de 2008 at 10:15 am |

    Em Voyager aparece a B’lana tomando banho no chuveiro sonico:

    http://www.youtube.com/watch?v=WhBmywc-62Q

  19. Boa essa, Hollander

  20. post 17. Exato. Como eu já disse, se Wolverine arrebentar engole Jornada, a não ser que ela arrebente também.

  21. Eu tinha medo do Wolverine até ficar sabendo de algumas notícias…

    Não é querer agorar o filme não, pq sou fã de X-men tb.. mas fiquei sabendo que está dando o maior quebra pau na FOX. Parece que o dono já meteu o bedelho passando por cima da decisão do diretor, e vocês sabem que isso nunca é bom.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*