Dossiê do elenco e imagem da ponte em site oficial

christopher-pike-uniformeO site oficial de Star Trek apresenta um conjunto de atualizações muito legais. Há novas imagens e informações sobre os personagens (ainda não completo), um incrível passeio pela ponte da USS Enterprise e um olhar mais detalhado em todos os equipamentos, painéis e designs do interior da nave. Veja abaixo as imagens. O filme também já tem a sua classificação de censura nos EUA.

Censura para menores de 13 anos.

PG-13, esta foi a classificação dada pela MPAA a respeito da censura para o filme nos EUA, o que não é surpresa uma vez que é a mesma classificação que os filmes anteriores receberam, inclusive blockbusters como Iron Man, Spiderman, Piratas do Caribe, Transformers também tiveram esse rating. No Brasil, provávelmente, deverá manter a faixa dos 12 anos, como nos filmes anteriores.

O novo conteúdo do site oficial contém três atualizações:

* Seção de dossiês, como descrição e fotos dos personagens.

* Panoramas da ponte de comando (em situação normal e em alerta vermelho).

* Galeria dos “artistas de modelos da Enterprise”.

Na “Seção de Dossiês” há espaço para 17 personagens, com cinco já preenchidos. Cada dossiê detalha sobre o personagem ou nave, acompanhado de uma imagem. Os cinco mostrados até agora são: James. T. Kirk, Capitão Pike, o Dr. Leonard McCoy, Uhura e a USS Kelvin. Em cada dossiê a imagem também está disponível para download como papel de parede.

 james-t-kirk

James T. Kirk: Estudante da Academia da Frota. Primeiro da classe em análises táticas e estratégias. Assistente de Instrutor em Avançado Combate Corpo a Corpo. Tesoureiro do Clube de Xenolinguística da Academia da Frota. Origem: Iowa – Terra.

christopher-pike

Capitão Christopher Pike: Capitão da nave Enterprise. Subiu de patente em apenas quatro anos. O mais rápido da história da Frota. Atua como oficial executivo na Divisão de Recrutamento da Frota. Origem: Mojave – Terra.

tenente-uhura

Uhura: Estudante da Academia da Frota. Especializada em xenoliguística, monitorando através do setor de comunicações. Perita em 83% das línguas oficiais da Federação e dialetos regionais. Atual assistente da Academia para os cursos de Fonologia Avançada e Engenharia Acústica Avançada.Vice-Presidente do grupo coral da Academia. Origem: África.

leonard-mccoy

Dr. Leonard “Bones” (Magro) McCoy: Estudante da Academia da Frota. Oficial médico. Primeiro da classe em patologia anatômica e forense. Formado pela Universidade do Mississipe – Terra.

nave-uss-kelvin

USS Kelvin: Nave da Federação nº NCC-0514. Possui uma simples nacele. Usada primeiramente como nave de pesquisa e sondagem. Capitão: Richard Robau. Primeiro Oficial: George Kirk.

Panoramas da ponte.

A ponte da USS Enterprise possui dois panoramas com pormenores dos instrumentos e monitores , tanto no estado padrão como no alerta vermelho. No site oficial você tem uma visão em 360°.

ponte-frontal

Ponte frontal com visão na tela panorâmica de parte do disco.

ponte-consoles

Detalhe dos consoles de navegação, armas, escudos, sensores, comunicação etc.

ponte-em-red-alert

Detalhe da ponte frontal em alerta vermelho.

ponte-tela-em-red-alert

Informações contidas na tela panorâmica quando em alerta vermelho.

ponte-tela-em-warp-spped

Visão da tela panorâmica em velocidade de dobra.

ponte-cadeira-do-capitao

Visão da cadeira do capitão e de estações de trabalho ao fundo através dos painéis frontais. Como Sulu e Chekov veriam o capitão.

ponte-cadeira-do-capitao-red-alert

Visão da cadeira do capitão em alerta vermelho.

ponte-lado-direito

Ponte lado direito.

ponte-lado-direito-red-alert

Ponte lado direito em alerta vermelho.

ponte-lado-esquerdo

Ponte lado esquerdo.

pontre-lado-esquerdo-red-alert

Ponte lado esquerdo em alerta vermelho.

ponte-estacao-de-trabalho

Detalhes de uma estação de trabalho.

teto-da-ponte

Visão do teto da ponte de comando.

teto-da-ponte-em-alerta-vermelho

Como você veria o teto da ponte nas condições de alerta vermelho.

Existe ainda a seção “Enterprise Project”, que se refere a impressões de artistas sobre os modelos da nova USS Enterprise. Estes modelos foram aparecendo em vários eventos ao redor do mundo. Atualmente, existem 11 do total de 25 modelos em exposição. O restante será atualizado mais tarde. Clique na imagem para ver os modelos.modelos

Referências de Jornada inseridas no filme.

Outras imagens já mostradas tiveram agora sua versão ampliada. Destaque para a cena de Kirk no planeta gelado em alta resolução.

kirk-ice-planet

Interessante é que nessa versão ampliada pudemos ver as inscrições na sacola que Kirk carrega. Temos algo como EVAC KIT-ARCTIC (Kit – Ártico de evacuação) e logo abaixo as iniciais NCC-1701-D. Provavelmente é o registro da nave auxiliar, mas não deixa de ser uma lembrança da série A Nova Geração. Essa é uma das muitas referências da franquia que surgirão de forma discreta. Portanto, fique de olho.

kirk-ice-planet-closeup  

Fonte: TrekMovie

44 Comments on "Dossiê do elenco e imagem da ponte em site oficial"

  1. Caaacilllda, isso é uma ponte de uma nave estelar!!! mama mia!

    A estação da uhura nunca esteve tão deslumbrante e esses uniformes sóbrios então?

    As luminárias estão bem discretas. Show!!!

  2. Nossa, a ponte ficou linda!

  3. Concordo está muito bonita

  4. Pequena correção no dossiê de Christopher Pike:

    O nome do local de origem é MOJAVE.

    Mojave é uma região censo-designada localizada no Estado americano de Califórnia, no Condado de Kern.

    Segundo o censo americano de 2000, a sua população era de 3.836 habitantes.

    De acordo com o United States Census Bureau tem uma área de 151,4 km², dos quais 151,4 km² cobertos por terra e 0,0 km² cobertos por água.

    Mojave localiza-se a aproximadamente 842m acima do nível do mar.

    QUINLAN VOS também é cultura! 😀

  5. Rafael RafaData | 4 de abril de 2009 at 5:38 pm |

    Valeu aí Trekbrasilis por mandar tudo organizadozinho e traduzido. Já tinha visto as imagens, mas a postagem aqui foi tão bem feita que renovou meu sentimento pela novidade abordada.

    Valeu mesmo!

    A vontade de ver o filme só aumenta.

    Quando sairá Star Trek: Countdown #4?
    Estou ancioso por novidades desse título.

    E espero que toda uma nova geração de fãs vá curtir o filme. Sou trekker desde os 10 anos e acho que a franquia nunca foi tão recomendada para crianças como agora.

  6. ^5: Contdown 4: Muito em breve… Aguarde.

    Viram que a placa dedicatória está lá, ao lado da porta? Ela agora parece ter um delta que sobressai a moldura.

  7. Rodrigo Bruno | 4 de abril de 2009 at 7:35 pm |

    LINDONA A ENTERPRISE ! A PONTE< TUDO DEMAIS !!!

    Valeu pessoal do Trekbrasilis, vcs são demais ! esta casa tá escrevendo a história de Jornada , de nós Trekkers Brasileiros pro Mundo !!!

    Ralph, Leandro, e a galera toda parabéns !!!

    Abs.

  8. As iniciais Ncc 1701-D na sacola de Kirk me deixou intrigado… Será que é mesmo de uma nave auxiliar???

  9. Imagino que nesse filme veremos uma nave de uma só nacelle EM CIMA, o oposto da USS KELVIN NCC-0514 que tem uma só nacelle EMBAIXO.

    Assim, em tese, o nome da dita cuja poderia ser algo como: USS MELVIN NCC-1405 ???

    Nó! Viajei em Dobra 10… 🙂

  10. Post 4.
    Obrigado Rodrigo. Foi erro de digitação.

  11. Rafael RafaData | 4 de abril de 2009 at 8:04 pm |

    Saiu mais um comercial do filme no Trekmovie.

    Bem legal. Som pauleira, hehe. Coisas inéditas.

    E sim, Abrams conseguiu. Ele fez sua versão da espada de luz.

    Não é de luz, claro, mas tem um efeito que vai enganar muita gente, hehehe.

  12. Gente, para descontrair também, assistam a charge da entrevista do novo Spock neste link, que acabou de ser lançada:

    http://charges.uol.com.br/2009/04/04/tobby-entrevista-senhor-spock/

    Abraços.

  13. A ponte de comando em toda sua potencialidade de visão…
    Simplesmente, Linda.

    Devo confessar… A cada momento e a cada nova revelação, muita coisa deixa de ser vista por mim de forma negativa.
    Esse filme vai realmente impressionar (ao meu ver).

    Agora… Será que essa inscrição NCC 1701-D é apenas uma homenagem a série NG?

  14. Reconfiguração desta nova ponte aprovada, pois a ponte da Enterprise NX-01 parecia, pouco do que assisti daquela série natimorta, ser mais moderna da que fora vista no ambiente retratado na série original – adorei este atualização mais que necessária. Warp 10 – please!

  15. Aquela é a Uhura no seu posto, achei que era uma vendedora de celulares da “CRARO”.

    Mas falando sério, a ponte tem sim seus defeitos, mas é bonita. Poderiam tirar todos aqueles trecos das mesas, corrimões e spots de luz, fica parecendo a loja da Aple e da Claro, muita coisa, muita iluminação, achei até cansativo. Acho que ficou com a imagem carregada, as vezes mais é menos.
    O Kirk desse filme pelo seu dossiê é sim uma pilha de livros, um lutador de vale tudo e um comandante de combate. Sei lá, também muito exagerado, tudo isso só em três anos de academia da frota, talvez as caracteristicas militares deveriam aparecer no segundo filme, assim ele fica parecendo um MgGayver (é assim que escreve eu espero) e um Jack Bauer misturados. É até melhor que o dossiê do Pike, um capitão esperiente. Espero que o seu involvimento com o clube de xenolinguística não seja um pretexto para paquerar a Uhura, seria demais um cara fazer tudo isso por uma garota e depois em mais de vinte anos trabalhando juntos ficarem só no profissionalismo, isso se faz com garotas que se quer casar, coisa que o Jim foje mais que de negócios com Breens.
    O da Uhura parece mais condinsente . Pena que a Paramount “jogou mer.. no ventilador” na hora de falar a sua nacionalidade, Africa, que coisa de “American Idiot” é essa, só os que nasceram no EUA tem a cidade, região e o estado mencionado. É como dizer: Esse é americano, e o outro não é americano.
    O do McCoy ficou devendo. E agora ele também é médico legista, legal, além de pragear SW e BSG agora entrou na roda CSI. Mais apelação do sr. $J$J$.
    Sobre a Kelvin ela é ridícula em muita coisa. A frota jamais confiaria uma tripulação a um único motor, isso é regra desde a guerra do Vietnã (nenhuma aeronave da marinha americana pode ter apenas um motor, pois a nave deve levar e traser seus tripulantes das missões mesmo sobre grande avária) e se tornou regra dos criadores originais de ST-TOS e segido até agora com essa nave. No maximo ela poderia ser uma pequena fragata de curtíssima distância em rotas largamente movimentadas e monitoradas e só seria necessária para transportes de cargas e passageiros. Se fosse op século 24 ela seria aposentada por teletransportes de MÉDIO alcance. Mas já foi dito oficialmente que ela é imensa, só menor que a Edselprise e ela faria pesquisas e sondagem. RIDÍCULA.
    A história da Enterprise-D é piada de humorista fraco, se é assim que querem chamar a atenção dos fãs tradicionais não vai funcionar. É melhor investir em um bom roteiro que a gente cede.
    Das pequenas Edselprises gostei do desenho da n°23 preta com estrelas e CyberGirl em branco, LEGAL. Já a n°6 e 5 são muito SW. Nada LEGAL. A n°21 da criatura parece ser uma larva da DoomDay Machine. Também muito LEGAL.

  16. Ralph Pinheiro | 5 de abril de 2009 at 1:27 am |

    Kirk ter essas qualidades em pouco tempo quer dizer que ele é excepcional, é o cara. Não é qualquer cadete.

    Conheci uma pessoa na UFRJ que fez engenharia eletrônica e solicitou que o autorizassem fazer mestrado antes do prazo mínimo para se graduar. E foi concedido, por que? Porque ele é excepcional, está acima dos outros.

    Então, estamos falando de uma nave, que por coincidência ou sorte da Frota reuniu os melhores.

    A Academia forma os melhores, mas existem aqueles que são melhores que os melhores. Porisso Pike botava fé em Kirk, porque Pike tinha o faro de recrutador da Frota. Talvez porisso ele tenha nomeado Kirk como primeiro oficial, ao invés de dar a outro mais graduado. Pode ter sido uma forçada de barra, mas foi a escolha dele.

    O mesmo acontece com Uhura, McCoy, provavelmente com Scott, Chekov e Sulu, que é considerado o melhor navegador da Frota.

    Quanto a Kelvin, isso é scifi, nem sabemos se esse tipo de motor funciona. Vamos pensar que sim e pronto, sem mirabolantes teorias.

    Quanto a Enterprise, achei realmente com muitos spots. Aquilo até ofusca quem está a sua frente e até abaixo da cadeira do capitão é brilhante demais, mas é bonita não tenha dúvida. Creio que seja apenas para efeito na telona, criar uma sensação de potência, força, algo que impressione.

  17. Nhé….num gostei, muito SW prumeu gostcho!!

    Kd o papelão?
    Kd os mapas fixos na parede e as lâmpadas piscando?
    Kd aqueles desenhos fingindo ser interfaces gráfica modernas?
    Kd os monitores do Aplle II?

    Modo xiita desativado

  18. Rodrigo Bruno | 5 de abril de 2009 at 2:44 am |

    ricardão !!! velho companheiro, ai vai minha versão;

    modo xiita on:

    Cadê as jujubas como botões nos paineis de controle ?

    modo xiita off:

    ficaram nos anos sessenta !

    E ricardão tô estranhado a “turma paranóia star wars” não ter se pronunciado….

    ^17 – Padô, honrado colega, sabe tu és um tremendo péssimista, e dos chatos (sem ofensa !), vendedora da CRARO, LOJA DA APPLE ??? colega te admiro, és xiita admite isso, tens “GUTS” coragem mesmo !!! devo admirar tudo isso diante de um fandom ultra-otimista !!! cabra-macho defende o que acredita !

    Abs.

    PS: Padô, mais uma vez sem ofensa, brincadeira de bons colegas, acho q vc entende ! tens liberdade pra brincar comigo da mesma forma.

  19. ^16 ^18

    Do Padô, prefiro ficar com a frase:
    “A ponte tem sim seus defeitos, mas é bonita”.

    Até o Padô está se rendendo, aos poucos, mas está.

    Eu estaria ferrado diante de uma vendedora da CRARO como aquela. Eu iria gastar uma grana preta no celular mais caro, e sorrindo…

    Abraços.

  20. Essa ponte parece um camarim, um salão de beleza ou uma boite. Coisa horrorosa!

  21. Imagina trabalhar em uma ponte iluminada assim cheia de pisca-pisca. Altos ataques epiléticos huahauhau

  22. Por gentileza, se eu vir a palavra ANCIOSO escrita aqui novamente vou começar a chamar Sr. Spock de orelhão…

    ANSIOSO, cheio de ANSEIO, nada a ver com ANCIÃO, ANCINHO ou similares.

    O que restou da Língua Portuguesa agradece.

  23. De realista não tem NADA.
    Tá mais pra um filme do Austin Powers.
    E esse teto? Rúcula!

  24. A única nave realista que conhecemos é uma especie de avião turbinado.

    Parabéns pelo comentário sobre o Kirk, Ralph Pinheiro.

    Citar SW como algo ruim e sendo exclusivamente infantil é perda de tempo, os fatos provam o contrário.

  25. Odiei a ponte. Muita coisa ao mesmo tempo, dá tontura. Não parece ser um posto de trabalho funcional, parece que colocaram coisas só para tornar a ponte complexa. Talvez se retirassem aquelas luzes de penteadeira (amarelas) e aqueles leitores de código de barras, ficaria muito melhor. Bola fora para o design.

  26. Ralph Pinheiro citou:
    “Quanto a Kelvin, isso é scifi, nem sabemos se esse tipo de motor funciona. Vamos pensar que sim e pronto, sem mirabolantes teorias.”

    Faço minhas as palavras do Ralph, sobre este pequeníssimo detalhe que muito tem incomodado a tantos…

    Sobre a “iluminação” da ponte. Está muito iluminada, é fato, mas está menos iluminada do que eu imaginei que seria inicialmente, diante daquelas primeiras fotos que saíram ( aquelas azuladas ).

    Abraços.

  27. Estava com a impressão que a ponte parecia muito pequena pra tanta coisa, mas é por causa das fotos que aparentemente comprimiram as imagens.

    Mas ainda acho que tá muito colorida.

  28. Post 16:

    Ralph Pinheiro afirma:

    “Então, estamos falando de uma nave, que por coincidência ou sorte da Frota reuniu os melhores.”

    Ao meu ver, o grande “fetiche” de STAR TREK sempre foi a ENTERPRISE, seja ela qual modelo for, bonita ou feia, grande ou pequena, dos século 22, 23 ou 24 (uiuiui).

    Post 20 e 21:

    w.crasher afirma:

    Essa ponte parece um camarim, um salão de beleza ou uma boite. Coisa horrorosa!

    Imagina trabalhar em uma ponte iluminada assim cheia de pisca-pisca. Altos ataques epiléticos huahauhau

    SIM. Também concordo com essas afirmações.

    Bastaria chamar os projetistas das aparelhagens usadas pela NASA e estaria de bom tamanho, ainda que usassem bastante telas com o recurso “multi-touchscreen” como no iPhone e no Windows 7.

    Ah! A EDSELprise poderia ter a fuselagem com algumas partes mais escuras, como já fizeram com algumas outras Enterprises, tipo na 1701-B e 1701-C.

  29. Estou sentindo falta da antena parabólica!
    Aquilo não era disco defletor porra nenhuma!!!

  30. Os erros de português nos comentários acima são gritantes!
    Façam reciclagem imediatamente!

  31. Kirk, tesoureiro do Clube de Xenolinguística.

    Me engana que eu gosto.

    O cara tava a fim mesmo era da Uhura.

    😉

  32. MERITOCRASSIA, é isto que falta no roteiro sobre a ascensão do cadete KIRK. Hoje os ”jovens”, não sabem e não querem saber o que é isto. Ninguem quer lutar por algo, crescer dentro de uma hierarquia, seja de uma empresa ou no caso uma carreira militar. Os jovens querem tudo pronto para si. Se estudaram em bons colegios, fizeram os MBAs da vida, então tem que ter o melhor cargo, o melhor posto, o melhor salário; Não se fala mais em crescimento por mérito, em galgar posições conquistando-as a cada passo. É bom , é rebelde, então ocupa o posto mais alto já logo de uma vez.
    Os roteirista fizeram isto por que pensam assim, eles mesmo não tem um passado mais extenso em termos de roteiros ou atuação na industria do cinema.

  33. Estou gostando de tudo.
    Eu não faria melhor.

    A ponte está de acordo com o espírito da série:
    Moderna, ampla, iluminada e OTIMISTA.

    Chega de coisas dark, de plastforming de caixas de fitas cassete e outras coisas catadas do lixo.

    Quero ver STAR TREK, não “ALIEN-o O Oitavo passageiro”.

  34. Parece uma boate. Mto inverossímel.

  35. Interessante o Pike: antes o Kirk foi a pessoa mais nova a se tornar um capitão da frota. Agora o Pike ascendeu ao cargo rapidamente.

    Talvez o Kirk ainda mantenha o record, mas a escolha de Pike como um mentor foi interessante.

    Kirk não chegou lá sozinho como romanticamente foi no passado, agora a figura de um “mestre” igualmente bom deu mais realismo a história. Gostei.

  36. Daví Nacario | 6 de abril de 2009 at 9:59 am |

    Esta Roupa do Pike detonou! E a Insígnia dourada, linda!!! Este ator caiu que nem uma luva. Já gostava dele desde o “I Robot…’…..

  37. …eu quero pro inverno é um casaco igual aquele do Kirk, supimpa!

  38. Marcelo Falcão | 6 de abril de 2009 at 8:59 pm |

    Ponto positivo, gostei da tela, ponto negativo só gostei da tela. Não quero ser xiita. Mas eu acho que a ponte fugiu muito ao conceito original. Não que eu quisesse ainda aquelas fitas antigas, ou projeções de pouca qualidade. Ao contrario a modernização foi boa, mais a distribuição da ponte fez perder aquele negócio de família. Tipo, a cadeira do capitão no centro da ponte e na frente o console de navegação e ao redor dele todas aquelas estações de trabalho, tudo funcionando, parecia os cavaleiros da Távola Redonda e o cap. Kirk o rei Arthur. Para mim a Enterprise 1701 é isso, um projeto de ponte que eu gostei muito foi o da ponte dos filmes, e a do episodio piloto “The Cage”. São mais funcionais e mais perto do que já foi escrito. No site http://www.ex-astris-scientia.org/gallery/bridges2.htm tem vários projetos de pontes. No caso da ponte de TOS para mim era só tornar a ponte mais clara, uma vez que parece-me muito escura e modernizar os consoles, painéis e telas e estava ótima. É o que penso, desculpe quem não concordar.
    OBS. A música tema do site é ótima, adorei.

  39. Luzes piscando e muito vermelho são os problemas…

  40. Rodrigo Quinlan Vos, não suporto mais vermelho! etá desgraça.

  41. Se a ponte é escura, não tem o espírito otimista da série. Se é clara, parece boate. Ô povo difícil de agradar….

    É óbvio que está tudo “aceso” para efeitos de foto. Durante o filme não deve ficar assim. Eu gostei.

  42. Gostaria mais do que comentar, receber esclarecimento quanto a USS Kelvin, já que até onde me é dado saber, esta classe de nave da federação se enquadra como destroyer, sendo logicamemente contemporânea a classe constituion-enterprise, que é nave cruzadora.Verifiquem esta informação e disponibilizem para todos, obrigado

  43. Julio Cesar, até agora sabemos que a Kelvin é um destroyer também. Só que pelo que percebemos até agora ele seria algo como um predecessor da Constitution do TOS original. Mas com a sua destruição a Frota super potencialisou a futura classe Constitution e ela se tornará a Edselprise.
    Ao que tudo indica também ela tera phaser e torpedos fotônicos de costume, e tudo o que é de praxe após ENT e pré-TOS.
    Os problemas começaram quando $J$J$ e sua turma a chamaram de grandiosa e completamente diferente de outras naves federadas. Dando a impressão de que ela seria muito legal. Mas foi o contrário, foi até decepcionante.
    O grande furo do projeto é claro foi o motor. Ele é a única coisa que saia do comum, o resto teve impacto visual e emocional zero. E o motor causou muita discução, pois por motivos de segurança muitas instituições atuais proibem a aquisições de veículos navais ou aérios com um único motor, estes navios e aeronaves devem continuar o percurso ou voltar pelo menos com metade do poder de transito. A PRÓPRIA PRODUÇÃO NÃO SE ENTENDE, pois admitiu que ela tinha só um motor na primeira apresentação lá no ano passado. A três meses ela apresentou uma configuração ao meu ver forçada no lançamento do site oficial do filme no portal da Microsoft, onde dentro daquela nancele ÚNICA HAVIAM DOIS MOTORES, um em forma de D e outro de D invetido. Agora o mesmo site fala de muitas coisas da nave mas excluiu todas as referências sobre as formas de locomoção dela. Ou seja, a Kelvin para mim vai ser ao meu ver a única da classe.

  44. Post 31:

    Nesta nova linha temporal existe dinheiro no sec 23??

Leave a comment

Your email address will not be published.


*