Pegg explica ausência de Carol Marcus no filme

carol marcusNo final de 2013, no filme Além da Escuridão – Star Trek, parecia que a tripulação da Enterprise teria um novo membro para novas aventuras na missão de cinco anos através do espaço profundo, a oficial de ciência Carol Marcus, interpretada por Alice Eve.  Mas a personagem esteve ausente do filme Sem Fronteiras. Em entrevista ao Star Trek podcast Simon Pegg dá uma explicação para o fato. Ele também fala sobre sotaque, Magro e Kirk.

Em Sem Fronteiras, a personagem não é sequer mencionada, fazendo parecer que a equipe criativa tinha esquecido completamente. Mas este não foi o caso, o co-escritor Simon Pegg forneceu uma explicação para a ausência de Carol no terceiro filme.

De acordo com Pegg, aparentemente, ele e Doug Jung não encontraram uma maneira de tê-la em um papel significativo na história e decidiram que seria melhor deixá-la completamente de lado do que correr o risco de “desmerecer” o personagem, já que matá-la era uma opção terrível.

“Nós pensamos que não ter a Carol Marcus sendo usada para uma capacidade razoável, melhor não incluí-la, tê-la viva, no cânon, e estar pronta para voltar a qualquer momento.”

Pegg passou a dizer que eles tentaram dar uma razão para Carol não estar lá, mas não fizeram no corte final.

“Eu acho que pensamos em escrever algumas linhas para explicar a sua ausência em um dos esboços iniciais, dizendo que ela começou a trabalhar no projeto Genesis e fizemos esse estudo muito no início, mas não fizemos no corte final.”

Simon Pegg comentou ainda sobre o seu sotaque escocês. Alguns fãs se queixaram do sotaque escocês de Pegg, mas há uma razão pelo seu Scotty soar de Glasgow.

“Eu tenho uma esposa escocesa e todos os meus sogros são escocês e eles policiam meu Scotty. Há uma razão para o meu Scotty soar um pouco Glasgoniano e isso é porque eles são todos ‘Wegies (cuecões).

Eu gosto de pensar que a minha própria nacionalidade escocesa – que vem da minha própria família escocesa – me dá alguma credibilidade nesse departamento”

Pegg também falou sobre uma cena de McCoy que não passou no corte final.

“Houve um tópico inteiro no filme que não passou pelo corte final sobre Magro pegar uma arma e tendo uma crise do que significava disparar uma arma. Ele é um salva-vidas e não um soldado. Houve algumas coisas realmente agradáveis que não passaram no corte – o que muitas vezes acontece – e [Karl Urban] foi incrível, com todas essas coisas. Ele é um cara muito engraçado e legal estar por perto”

E aqueles uniformes jaquetas com as listras amarelas? Acontece que o pai de James T. Kirk é a razão para a sua presença.

“As cápsulas de fuga são chamados pods Kelvin. Em nossa linha do tempo, eles foram instalados por causa do que aconteceu com o pai de Kirk. Eles foram instalados após a Kelvin ser destruída para que a tripulação sênior pudesse usar como um meio de fuga. Quando você vai para dentro do pod, eles têm um pequeno kit de sobrevivência que contém um fato de sobrevivência muito elegante, que fica bem em Chris Pine.”

Fonte: i09 e TrekToday

7 Comments on "Pegg explica ausência de Carol Marcus no filme"

  1. É.Tem que ter coerência senão…

  2. Foi bom não matar a doutora Marcus.
    Em ” contém um fato de sobrevivência muito elegante”…. Não sei se.todos sabem mas “fato” em português de Portugal significa uniforme…

  3. Fizeram certo em não matá-la. Fica no nosso imaginário o que ocorreu (quando ela desembarcou e para que?!). Seria um trauma muito grande caso optassem pelo contrário e pela importância da personagem no cânon tradicional. Melhor assim. Talvez volte para substituir o espaço deixado por Chekov, caso não inventem de colocar a menina prodígio, Jaylah, no lugar.

  4. Com certeza Jaylah voltará e pra ponte da 1701…..

  5. Não concordo com esse negócio de “matar” o Chekov. O personagem antecede o ator.

  6. O mesmo ocorre com Chekov, ele desembarga da nave e entra no nosso imaginário sobre o seu paradeiro. Uma promoção para o cargo de Engenheiro-chefe da “Relaint” seria um ótimo destino…

  7. Somos dois. Chekov não pode ser considerado descartável. Ele sempre compõe de forma inigualável as tramas com os outros personagens.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*