Discovery ajuda All Access a ter 4 milhões de assinantes

A emissora CBS confirmou que seu All Access atingiu a meta de 4 milhões de assinantes no início deste ano, e que isso se deve em boa parte a volta da série Star Trek Discovery.

Em seu anúncio e teleconferência de acompanhamento com a imprensa de investimentos semana passada, a CBS se referiu ao crescimento dos seus dois serviços de assinatura de streaming: Showtime e CBS All Access.

Os anúncios da CBS revelaram que eles atingiram a meta de 8 milhões de assinantes combinados por seus dois serviços de streaming por assinatura. Originalmente, a empresa havia estabelecido essa meta para 2020. Isso significa que a CBS All Access atingiu sua meta de 4 milhões de assinantes, algo que o ex-CEO Les Moonves falou em 2017  prevendo que a série Star Trek Discovery seria o  carro chefe para alcançar esse objetivo. A CBS disse que o total não inclui assinantes internacionais ou telespectadores assistindo aos canais de streaming suportados por anúncios da CBS.

A CBS agora estabeleceu uma nova meta de 25 milhões de assinantes (combinados) até 2022. E o CEO interino da CBS, Joe Ianniello destacou a contribuição de Star Trek para o slate 2019 CBS All Access:

O All Access começou em 2019 em grande estilo com a estréia da segunda temporada de Star Trek Discovery. No mês que vem, The Good Fight retorna e, no dia 1º de abril, a vencedora do Oscar, Jordan Peele, nos levará a outra dimensão com a tão esperada premiere de The Twilight Zone. Ainda este ano, adicionaremos um verdadeiro drama criminal chamado Interrogation e uma comédia de humor negro chamada Why Women Kill, de Marc Cherry, o criador de Desperate Housewives, estrelado por Lucy Liu. E terminaremos em 2019 fechando o círculo com o lançamento de uma nova série de Star Trek estrelada por Sir Patrick Stewart como o lendário capitão Jean Luc Picard .

Um tópico que surgiu durante a parte de perguntas e respostas foi se a CBS poderia considerar colocar parte do conteúdo original do CBS All Access na rede de transmissão da CBS. Ianniello revelou que tem havido algumas discussões sobre isso, no que diz respeito a como eles normalmente licenciam seus shows para posterior distribuição.

Isso significa que depois de algumas temporadas, é possível que a primeira temporada do  Discovery possa ser transmitida pela CBS na sua rede. Embora, a classificação de Discovery não cabe no horário nobre regular da emissora, pode caber no horário de verão, quando a rede costuma executar mais opções de gênero.

Netflix

Em relação ao assunto de receita de licenciamento, o chefe da CBS novamente trouxe Star Trek em relação a como eles estão se aproximando de acordos internacionais, dizendo:

Somos beneficiados pelo lucrativo negócio de licenciar nosso conteúdo para terceiros. Vender Star Trek Disocvery a Netflix internacionalmente enquanto a transmite exclusivamente aqui nos EUA no All Access é emblemático desta estratégia e oferece oportunidades interessantes para nós daqui para frente.

Todos ainda esperam um definição de como a CBS distribuirá a série Picard fora dos EUA. Esperamos que a Netflix venha a ser parceira novamente.

Fonte: TrekMovie

Be the first to comment on "Discovery ajuda All Access a ter 4 milhões de assinantes"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*