Primeiras impressões: “No Small Parts”

Em Primeiras impressões, coluna do Trek Brasilis, os colaboradores do site dão seus pitacos SEM SPOILERS sobre um episódio recém-lançado de Jornada nas Estrelas.

Episódio: “No Small Parts” (Star Trek: Lower Decks, 1×10)

A USS Cerritos encontra um inimigo familiar. Tendi ajuda uma recruta com problemas a resolvê-los.

O que achamos?

Leandro Magalhães: Tivemos um épico final de temporada com a equipe criativa da série não sendo nem um pouco tímida em chacoalhar por completo o status-quo de Lower Decks, algo incomum em comédias de animação. Agora é esperar com ansiedade pela próxima temporada.

Salvador Nogueira: “No Small Parts” é tudo que a gente poderia querer, e mais um pouco. As piadas são excelentes, enquanto levantam questões pertinentes do mundo de Star Trek, vemos os protagonistas da série de fato avançando em suas vidas e temos mais fan service do que jamais poderíamos pedir, sempre na dose perfeita. Foi como mergulhar numa espécie de nirvana trekker.

Mariana Gamberger: O episódio fecha a primeira temporada com chave de ouro. Muitas surpresas, inclusives algumas pra lá de especiais. Agora é aguentar a ansiedade para saber como será o desenrolar dos acontecimentos após o final que tivemos.

Maria Lucia Racz: O episódio 10 resume toda a temporada de Lower Decks. Achei que “No Small Parts” parece um final de temporada real de Star Trek, não o final da temporada de uma série de comédia. Traz muita ação, grande crescimento de personagens, enormes surpresas, muitas referências e muitas risadas ao longo do episódio. Não tem como não amar esse episódio!

Gustavo Gobbi: McMahan e Kurtzman, seus danadinhos! Se esse não é o melhor season finale de primeira temporada de Star Trek, é um dos melhores. McMahan encarnou o Papai Noel e decidiu dar meu presente de Natal mais cedo. Dá nem para acreditar que só vai ter mais em 2021.

Roberta Manaa: Melhor episódio da série. Teve um momento heróico-triste demais, não superei ainda, mas amei o fechamento do arco da Mariner e capitã, selando a paz ao compreender que uma completa a outra. Amei as aparições de velhos conhecidos, as referências colocadas de um jeito muito engraçado, homenageando Star Trek do começo ao fim. Demais!

Carlos Henrique Santos: Sensacional é a única palavra para descrever o episódio final da temporada de Lower Decks. Supresas emocionantes do início ao fim com Consequências que nos deixam ansiosos pela próxima temporada. Brilhante.

Ricardo Nespoli: Certamente nada que eu disser estará a altura desse episódio final de LDS. A união de elementos que fazem Star Trek ser essa franquia que amamos com a originalidade dessa obra chega em seu ápice que certamente derreterá o gelo do coração do mais carrancudo dos trekkers. Simplemente uma obra-prima.

Luiz Castanheira: Cumulativamente parece menos Lower Decks e mais ‘Minha mãe é a capitã: estrelando a alferes Mariner’… Com direito a um ajustamento de premissa em tela mascarado de desenvolvimento de personagens… Claro estelionato de premissa em curso.

Alexandre Madruga: Caiu um cisco aqui nos meus olhos… aventura, ação e muita emoção, recheada de saudosismo. Não tem como não sentir que Star Trek está num momento tão especial. Mais uma vez Lower Decks presta homenagens, coloca o cânone em tela, realiza sonhos e, de quebra, entrega um primor de episódio. Episódio para ver, rever e aplaudir.

Fernando “Odo” Rodrigues: A primeira temporada de Lower Decks termina como começou. Uma série sem identidade própria, dividida entre tentar fazer humor e ser uma nova TNG. Mesmo no episódio final, quando a série parece assumir riscos pela primeira vez, a solução passa pelo fan service. Uma grande oportunidade perdida na franquia.

Muryllo von Grol: Épico, sublime. Episódio absolutamente genial, que une (e agrada) trekkers de todas as gerações fazendo talvez o melhor episódio de Star Trek dos últimos anos. São Mike McMahan restaura minha fé nas novas produções de Star Trek e leva a cambaleante Era Kurtzman a um outro patamar. Entreguem Star Trek a este homem!

Ricardo Jurczyk: Este episódio é uma carta de amor aos fãs de Star Trek. Conflitos são resolvidos (a princípio), a incapacidade da Frota em algumas questões fica latente. Os produtores não têm medo de alterações no elenco… E é claro, muitas referências a toda a franquia de Star Trek. Seguramente o melhor episódio da temporada. Tudo isso em menos de 30 minutos. Excelente!

Fernando Penteriche: O primeiro clássico de Lower Decks, num episódio que renderia um bom longa para o cinema. Ótimo acerto aqui, a temporada termina deixando um sorriso na cara do fã.

Deixe suas primeiras impressões sobre o episódio na seção de comentários abaixo!

Be the first to comment on "Primeiras impressões: “No Small Parts”"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*