Filme custará quase 150 milhões, diz Nimoy

leonard-nimoy-4.jpgO site TrekWeb apresentou uma entrevista com o ator da Série Clássica, Leonard Nimoy (via Peter Hossli, jornalista independente), que fez um breve comentário sobre o seu retorno a Jornada nas Estrelas e a respeito da importância do projeto de J. J. Abrams para a franquia. Existe ainda um rumor noticiando a possibilidade de antecipar o dia de estréia do filme.

Na entrevista, que pode ser lida na íntegra através do site Hossli.com, Nimoy falou a respeito de seu retorno a Jornada, “Eu não estive prestando muita atenção ao que estava acontecendo com Jornada. Saí da franquia em 1989, quase vinte anos. Agora, eles estão introduzindo um projeto que, à sua própria maneira, será o mais importante projeto, se funcionar”, disse o ator.

“Essa produção revitalizará toda a franquia e será um grande filme, muito caro, mais caro do que todos os filmes já produzidos para Jornada. Eu dirigi dois filmes (Jornada nas Estrelas III: A Procura de Spock e Jornada nas Estrelas IV: A Volta Para Casa) e o último custou 27 milhões de dólares. Com esse filme em produção, o orçamento estará em quase 150 mlhões de dólares”, revelou Nimoy.

De acordo com o site The TrekMovie, uma fonte de dentro do estúdio informou que a Paramount estaria discutindo a possibilidade de antecipar o lançamento do filme de Jornada nas Estrelas para o dia 19 de dezembro ao invés do dia de Natal, como está programado. O motivo seria o adiamento de “Angels and Demons” para 2009. O filme, estrelado por Tom Hanks, que estava agendado para o fim do ano, era um potencial concorrente à produção de Abrams. Com o seu adiamento, não haveria outro filme de grande porte para o mesmo período. Mas o problema seria outra produção da Paramount, “Revolutionary Road”, que estaria agendada também para o mesmo dia 19. Ainda não há nada de oficial quanto à mudança da data de lançamento, que continua marcada para o dia 25 de dezembro de 2008.

Fonte: TrekWeb e The Trek Movie

5 Comments on "Filme custará quase 150 milhões, diz Nimoy"

  1. Tanto dinheiro, e nem um trailerzinho para vermos como vai ficar o filme…

  2. Podia ter umas 3 horas este filme HeHeH para fazer valer a espera! =]
    Orçamento para isso tem!

  3. Só para lembrar-vos, a animação 3D “Carros” da Pixar, ficou em quase 300 milhões de dólares !!!

  4. Leandro Martins | 14 de janeiro de 2008 at 11:51 pm |

    Não sei qual é a sua fonte, Ricardo, mas segundo o Box Office Mojo, Cars custou 120 milhões de dólares. Vamos jogar mais uns 40 de promoção e marketing, e temos uns 160. Mas longe de ser perto de 300.

  5. Então a fonte da imprensa errou, poi li há alguns meses, na Folha de S. Paulo, sobre o orçamento desse filme. Só se por um erro de digitação quiseram traduzir para reais e colocaram os valores em dólares. O assunto tratava sobre uma produção bem mais modesta feita aqui no Brasil, sobre uma animação chamada “Carrinhos”, que mantinha um roteiro parecido com “Carros”; a discussão era sobre o filme ser ou não um plágio, pois tratava-se de uma animação 3D bem mais boqueta, com um custo de, se me lembro, 80 mil reais. Inclusive, a Disney-Pixar estava, segundo li, estudando um processo contra essa produtora e distribuidora desse filme. Aliás, se você quiser conferir, Leandro, esse DVD está à venda em uma grande rede de hipermercados. Só para concluir, esse “estúdio” que vende e distribui animações 3D infantiz, já colocou no mercado e você pode encontrar (pode consultar o Google para saber mais) um tal de “Ratatoing” e outro chamado “Gladformers” e, já que eles gostam de aproveitar o sucesso das grandes produções, não duvido que daqui há pouco eles entrem com algum “Viagem às estrelas”.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*