Sonequa comenta sobre jornada da capitã Burnham

A atriz Sonequa Martin-Green comentou sobre o final da terceira temporada de Star Trek: Discovery e deu dicas do que podemos esperar da capitã Michael Burnham para a nova temporada, que está atualmente em produção.

A Jornada de Michael Burnham

No Ready Room do episódio final, Sonequa Martin-Green disse que foi algo muito louco saber que sua personagem terminaria na cadeira do capitão da Discovery.

Eu acho que me acostumei tanto na busca pela cadeira de capitão na primeira temporada, que o desejo foi caindo, especialmente na terceira temporada. Então, uma vez que estava logo diante de mim, começou a passar tudo de volta, a história, o que significa, o que representa e a honra disso. Então, significa muito para mim por causa disso, porque representa histórica e culturalmente.

A respeito de se sentir agora como um modelo para as crianças e jovens negras que sonham com um futuro de sucesso, disse:

Eu penso nestas coisas e choro. E eu não quero ser a pessoa que sempre chora nas entrevistas. Como se todo mundo pudesse dizer: “Ah, lá vai ela. Está chorando de novo”. Quando eu penso sobre as garotas, isso realmente me pega, especialmente agora que tenho uma menina. Também meu filho e todas as crianças em geral. Especialmente crianças negras, morenas, de todas as cores. Ser capaz de ser isso, de ser aquela representante, ser aquela com quem você se identifica. Que pode ser tudo o que você quiser, que pode alcançar o seu maior potencial. Não que Burnham tenha atingido o seu maior potencial, todos os personagens ainda estão lutando por isso, Mas apenas estar nesta posição significa muito. Isso me atinge todos os dias e continua me atingindo de novas maneiras, e eu choro.

Star Trek: Discovery | 3x13 - That Hope Is You, Part 2 [Season Finale] | Arroba Nerd

Ainda sobre a importância de estar na cadeira de capitão, sendo uma mulher negra.

Todos nós entendemos o que o momento significava. Todos nós estávamos tipo, ‘Isso é profundo, isso é muito, muito profundo.’ Todos nós sabíamos. Houve uma mistura. Havia coisas que eu estava sentindo como Sonequa … mas também o que representa ter uma mulher negra naquela cadeira, para as pessoas que amam essa franquia e as pessoas que a têm em suas vidas há gerações. E também para as pessoas que estão aqui de novo. Significa muito ver que… Existem esses capitães na história desta franquia, e eles fizeram muito, e tiveram um impacto enorme. e há algo a ser dito sobre esta posição. Há muito respeito por essa posição.

Em uma entrevista com o Vulture, Sonequa falou sobre como a nova Burnham vai lidar com seu comando na quarta temporada:

Bem, essa é uma grande questão da quarta temporada e além: Como Burnham vai pegar tudo o que aprendeu e aplicá-lo em sua capitania? No início, a insubordinação vem de Burnham acreditar que ela está atendendo às necessidades de muitos. Ela está disposta a desistir de tudo – sua carreira, sua liberdade – porque ela pensa que está salvando a todos. Ela aprendeu que não é assim; você não deve operar como uma ilha. Mas ainda há esse senso de liderança, esse pensamento avançado que Burnham tem, que a compele a ir contra a corrente e sofrer esse tipo de resistência necessária a isso, para aprender as lições que vêm com esse pensamento.

No episódio final, a vilã Osyraa disse que a Federação é apenas uma casca vazia. Para Sonequa, a cena final significa o começo de uma reunificação da Federação.

Review: 'Star Trek: Discovery' Gets Connected In “That Hope Is You, Part 2” – TrekMovie.com

Foi muito difícil para mim e para esta equipe apresentar estes ideais originais da Federação, esperança e conexão a este futuro. Então, não vai ser, você sabe, algo fácil. Vai ser uma jornada difícil pela frente, mas é uma luta que vale a pena.

A morte de Osyraa, e tudo que aconteceu, incluindo Burnham sentada naquela cadeira, é o começo, sim. O final é basicamente o começo. Nós não terminamos de todo.

Sonequa disse que Burnham continuará tomando decisões conflitantes e terá de enfrentar as consequência delas, como a sua relação com Staments.

Sim, nós não deixamos pedra sobre pedra. Se for introduzido será tratado. Quem sabe quanto tempo vai demorar? Mas uma das coisas que eu sou grata por esta série é esse personagem. Você vê essa mulher completa cometer erros morais profundos. Todas estas coisas estarão sendo tratadas bem diante de seus olhos. Significa muito para mim que as vulnerabilidades dessa mulher estejam tão expostas, porque como um expectador, eu preciso ver estas coisas. Porque, como todo mundo, estou passando por estas lutas em minha vida.

Fonte: TrekMovie

Be the first to comment on "Sonequa comenta sobre jornada da capitã Burnham"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*