Abrams: “Filme não é um tradicional prequel”

j-j-abrams-1.jpgO produtor e diretor do filme de Jornada nas Estrelas, J. J. Abrams, tem deixado claro em suas entrevistas que o principal objetivo em produzir um novo filme para a franquia é o de atrair uma fatia da audiência não trekker. O site USA Today, em sua matéria a respeito dos próximos filmes de 2008, pegou um breve pensamento de Abrams sobre seu projeto. O texto contém um pequeno spoiler.

No artigo do site que mostra os blockbusters de 2008, o autor publicou uma pequena citação de Abrams sobre o seu mais novo projeto. “Eu não era um ávido fã da franquia”, confessa Abrams. “Quero que esse filme atraia as pessoas que nunca viram Jornada ou que achem que seus dias estejam acabados”.

O diretor também reafirmou que o filme será um prequel, mas não dos que se costumavam ver em Jornada. “O filme não sofrerá desse problema que o tradicional prequel sofre: O fato de você já saber que todos os personagens viverão”, finalizou.

É bom lembrar que o próprio roteirista Roberto Orci afirmou em entrevistas recentes sua predileção pelo filme “Jornada nas Estrelas II: A Ira de Khan”, no qual ocorre a morte do personagem Spock. Façam suas apostas. 

Fonte: Trek Movie e Trek Web

 Edição: Nívea Doria

44 Comments on "Abrams: “Filme não é um tradicional prequel”"

  1. É melhor esperar pra ver, porque uma hora é reboot, outra é prequel, então… vou esperar mais um ano, se eu sobreviver até lá!

  2. Independentemente de ser reboot ou prequel, se for uma história bacana e bem contada e sobretudo coerente, acho que vai dar bilheteria e retorno ao que está sendo investido, o que não é pouco.
    Quem viver verá!

  3. De tudo que foi dito até agora, o que eu imagino é: O filme será uma continuação (Spock no sec 24), prequel (Spock volta para sec 23) e reboot (Spock mexe no passado e altera o futuro)

    “o filme não sofrerá desse problema que o tradicional prequel sofre: O fato de você já saber que todos os personagens viverão”

    Será que isso quer dizer que ele realmente vai criar uma cronologia nova e independente onde os personagens que conhecemos podem ter destinos diferentes?

  4. O fato é que sendo um prequel de TOS sabemos o que ocorrerria a cada personagem no final da história, mas Abrams disse que isso será diferente, então posso concluir que o retorno de Spock ou Nero venha a alterar o destino de alguns personagens, talvez um ou outro venha até a morrer.
    Talvez os rumores da linha alternativa de tempo não sejam tão absurdos.
    Está tudo muito confuso. Será que ele vai botar um “To be continued…” no fim?

  5. Gustavo Valente | 5 de fevereiro de 2008 at 7:18 pm |

    Se ele me coloca um To be Continued vai ser osso…………….

    aí ninguém merece né!!!

  6. "Frank" Hollander | 5 de fevereiro de 2008 at 9:37 pm |

    Ou, Spock – definitivamente – morre no fim do filme, fato este que seria interessante. Veremos o nascimento, Spock jovem, velho e morrendo para salvar Kirk (ou a Federação). Ainda estaria alinhado com a frase “O filme não sofrerá desse problema que o tradicional prequel sofre”.

  7. “De tudo que foi dito até agora, o que eu imagino é: O filme será uma continuação (Spock no sec 24), prequel (Spock volta para sec 23) e reboot (Spock mexe no passado e altera o futuro).”

    “Ou, Spock – definitivamente – morre no fim do filme, fato este que seria interessante. Veremos o nascimento, Spock jovem, velho e morrendo para salvar Kirk (ou a Federação). Ainda estaria alinhado com a frase “O filme não sofrerá desse problema que o tradicional prequel sofre”.

    CONCORDO COM AMBOS EM GÊNERO, NÚMERO E GRAU.

    Vida longa e próspera, mas morra algum dia, né!?

  8. Um fato me chamou a atenção.
    Quanto ao personagm que poderá morrer, eu me lembro do último chat de Abrams e Orci, onde eles diziam que estavam gravando as últimas cenas do filme e lá estavam Zoe, Yelchin, Urban, Cho, Pine e Quinto e responderam a perguntas, ou seja a turma toda, menos Simon Pegg e Nimoy. Não ouvi falar dos dois por lá.

  9. Corrigindo o que disse anteriormente. lendo o chat, Abrams fala da presença de Simon Pegg, embora ele não tenha conversado com os fãs. Então se ele não morreu a tripulação continua inteira, restando Spock velho e alguns outros personagens secundários como Pike, Sarek…

  10. Pike e Sarek sabemos que não devem morrer, vez que eles, ao menos na linha de tempo “normal” de TOS e TNG, ainda continuarão lá pra sofrerem o acidente (Pike) ou morrer doente (Sarek). Então sobra Spock mesmo.
    Quem sabe a tão comentada cena emocionante do encontro dos dois Spocks e fusão mental não acontece na morte do velho?

  11. "Frank" Hollander | 5 de fevereiro de 2008 at 11:06 pm |

    ^9 Ué Ralph, mas matar um dos “jovens” personagens seria dar um tiro no pé e chutar a cronologia inteira de ST, coisa que JJ provavelmente não seria louco de fazer pois as críticas a ele seriam inúmeras.
    Sarek também tem influência futura, principalmente junto a Picard de TNG. Pike seria uma boa vítima, mas também tem a ocorrência de seu futuro acidente e sua posterior ida para Talos como embaixador federado. Apesar de ser uma ocorrência de um episódio.

    Então só sobra dar cabo do Spock Nimoy (desde que no contexto da história ele tenha partido DEPOIS dos acontecimentos de TNG:Unification), isto faria todo o sentido. Talvez daí o motivo do Spock Nimoy ter feito um elo mental com Spock Quinto: Preservar as antigas memórias antes da morte.

    Saíndo um pouco do universo, Nimoy está velho. Sua aposentadoria em ST já estava definida e ele só voltou porque viu que o papel tinha uma sequência digna para completar o seu personagem. Seria esta sequência a definitiva morte do personagem?

  12. Lembre-se Giovanna que Abrams fala de alteração no tradicional prequel, então Pike poderia morrer antes do tempo. Sarek se morresse antes do previsto em STNG seria uma perda muito grande para a Federação, mas nada impossível.
    Também acho que Spock velho venha a morrer, mas o elo mental faria com que o novo Spock soubesse de tudo que ocorrerá, muito embora, se a linha do tempo for alterada, algumas coisas não serão as mesmas.
    Tá confuso.

  13. Frank, eu estou pensando na mudança do prequel, na tal linha do tempo alternativa. Se ela ficar e não for restuarada poderemos ter surpresas.
    É claro que matando um dos personagens principais poderia ser um erro, então poderíamos considerar alguns secundários, Pike poderia morrer antes do tempo, depois de Talos IV, antecipando a ida de Kirk para a Enterprise ou algo assim. Não acho que traria grandes problemas ao canon, exceto pelo talosianos ficarem sem ele. Já a morte de Sarek poderia ser muito problemática, mas quem pode afirmar que STNG, DS9, VOY ficariam as mesmas depois desse filme?
    São muitas hipóteses, muitas possibilidades e nem sabemos se é isso mesmo que acontecerá. Eu prefiro esperar mais um pouco.

  14. Lembrando que é o estilo do Abrams inserir mais dúvidas do que respostas.

  15. Eu concordo com o Ralph. Se o Pike fosse morto prematuramente no filme, antes dos eventos do episódio talosiano da série original, para além de não repercutir tanto na linha temporal (já que foi um acontecimento sem ramificações históricas e gerais), esse fato traria o tom da incerteza do destino dos demais personagens para quem é fã de Jornada.

    Eu imagino, por exemplo, a cena do Spock velho abismado com a situação (embora contido pela disciplina vulcana), percebendo a necessidade de um elo mental com a sua versão jovem, a fim de que ele pudesse policiar a continuidade dali em diante. Seria uma cena discreta, que o fã entenderia, e que não necessitaria ser muito explicada para o grande público.

  16. "Frank" Hollander | 6 de fevereiro de 2008 at 12:12 am |

    ^13 Ralph, óbvio que tudo é especulação. Mediante ao fato, podemos assumir algumas abordagens quando JJ diz alterações no prequel:

    1. Poderíamos ver um prequel 100% fiel (este está totalmente descartado conforme JJ);

    2. Podemos ver um prequel reimaginado (REBOOTED). Então assumiríamos que as coisas eram assim antes de TOS;

    3. Podemos ver um prequel alterado por uma intervenção num ponto do passado, ao estilo de Yesterday’s Enterprise. As notícias parecem apontar para esta opção.

    Neste caso (opção 3), o Spock Nimoy tentará corrigir o passado (morrendo no processo) de forma que a linha temporal volte ao “estilo clássico”. Porém eu creio que ele não conseguirá reverter totalmente as alterações, e daí o filme (e suas continuações) seguirão o novo estilo proposto pelo JJ. No caso da morte, a situação deve ser tão complexa, que Spock não terá como evitá-la, mesmo fazendo elo mental com Quinto.

    .
    .
    .

    E, já que estamos especulando acima da velocidade da luz, acabei de lembrar de uma frase de Kirk que sempre ficou vaga na Franquia: “Eu sempre soube como iria morrer!”

    Será que esta frase será aproveitada com a ida de Spock ao passado? Um elo mental com Kirk por exemplo???

  17. Eu sei quem vai morrer…é o de camisa vermelha! =P

  18. Em primeira análise, a única morte que eu aceitaria numa boa é a do Spock velho porque conforme foi dito acima não afetaria em nada a o que já foi estabelecido (partindo do princípio que ele retorna depois de sua última aparição em TNG) e colocaria um final definitivo e honrado (considerando que morreu para salvar kirk e o futuro da federação – “The needs of the many outweigh the needs of the few, or the one”) na partipação do ator Nimoy que já não tem mais a mesma saúde para participar de outras produções da franquia.

    Fora isso, qualquer outra morte alteraria o que já foi estabelecido e consequentemente seria uma atrocidade, ao meu ver, à franquia. EXCETO se esta morte for “corrigida” em uma próxima incursão temporal no mesmo filme, já que parece que haverá mais de uma.

  19. Luiz Castanheira | 6 de fevereiro de 2008 at 4:17 am |

    EXATAMENTE como Enterprise, com J.J. vestindo-se da falácia de que “como é prequel não existe tensão, uma vez que já sabemos que os personagens viverão…” E o antítodo para a falácia é “viagem no tempo”, lembrou Brannon Braga. Oh Boy!

    Existe um certo “filminho” (por sinal da Paramount) chamado de The Godfather II que é prequel e sequel AO MESMO TEMPO, não se preocupa com a falácia mencionada acima (como obviamente não precisava) e não tem viagem no tempo também (risos).

    Estava largamente neutro a respeito deste filme, mas estas últimas declarações não cairam bem no ouvido.

    Abraços
    Castanha

  20. Severino - quebra-galho | 6 de fevereiro de 2008 at 9:12 am |

    Sarek, spock velho, spock novo, capitão Pike, Pessoal da TNG, picard, viagem no tempo, pessoal do TOS, canon já estabelecido e outras coisas mais; como que uma pessoa que nunca viu Jornada nas Estrelas vai entender esse filme????

  21. Bom, eu acho que é reboot e prequel, será um filme lotado de elementos novos mas cheio de referências a série clássico, vejo este filme como Superman – O Retorno, com vários elementos novos mas cheio de citassões a série anterior.

  22. Quem sabe o velho Spock não avisa para o Kirk novo para tomar cuidado no Nexus?

  23. Carlos Krykhtine | 6 de fevereiro de 2008 at 12:27 pm |

    > 22. “Quem sabe o velho Spock não avisa para o Kirk novo para tomar cuidado no Nexus?”

    Taí a deixa para o bill participar do próximo filme! Quem sabe ele sobreviva ao nexus e volta no tempo para salvar Spock Nimoy da morte no prequel/reboot em ST XII!! eheheh!

    (putz!, bata na madeira três vezes!)!!!

  24. Seria interessante se NESSA LINHA TEMPORAL (do J.J. Abrams) outro personagens, além de Kirk e Spock, fossem mais valorizados.
    Assim, teríamos filme que não seriam tão inspirados pelo que já foi feito, pois ficariam, em tese, sempre com cara de Remake dos antigos.
    Mas uma coisa que eu adoraria seria ve-los voltar no tempo para mostrar a Terra antes de 2100, só por curiosidade de ver como a equipe do Abrams imagina a situação geral, seja antes ou depois de Zephram Cochrane lançar a nave Phoenix em 5 de abril de 2063.

  25. Na verdade, amigos trekkers, estamos nas mão de gente que não cresceu assistindo ST. Alguns já admitiram que não conheciam a série (Stuart Baird, por exemplo). E deu no que deu. Alguns amigos que não conheciam ST ou tinham resistência, se justificaram com NEMESIS. Nunca viram a Ira de Khan e por isso não sabem o que é ST. Tenho receio de que o novo filme modifique a linha temporal de ST. Essa história de viagem o tempo está batida e sugere falta de imaginação dos roteiristas. Entender ST nos torna privilegiados, mas os donos da franquia não compreendem o que têm em mãos. Vamos aguaradr e torcer pelo melhor. Estou com saudade de uma boa aventura de ST. Vida longa a próspera a todos.

  26. Acho que não tem mto que especular. Spock vai morrer na minha opinião. Tá na hora de aposentar o velho orelhudo.

    Parece que vai ter uma conversa emocionada do velho Spock com o novo falando da amizade dele e de Kirk e agora essa história de elo mental entre eles.

    Td leva a crer que isso acontece qndo ele estiver batendo as botas de vez.

  27. Ainda acho que a morte de Spock é óbvia demais. Abrams gosta de causar surpresas.
    Acredito que algum personagem conhecido vai morrer e alguém que a gente não espera. Talvez o Spock nem morra.
    Apenas um palpite.

  28. "Frank" Hollander | 6 de fevereiro de 2008 at 5:27 pm |

    ^26 Tá… Me contento em ver dois caixões escrito: Brennon e Braga.

  29. Brennon e Braga dá nome pra dupla sertaneja.
    Não seria Berman e Braga?
    De qualquer jeito não pronuncie esses nomes de novo porque atrai má sorte. hehehehe.

  30. César Michelin Júnior | 6 de fevereiro de 2008 at 8:02 pm |

    Esse JJ tem uma cara de nerd…………….

  31. "Frank" Hollander | 6 de fevereiro de 2008 at 8:33 pm |

    Meu índice de confusões entre Brennon, Braga e Berman está intimamente ligado ao seu índice de confusões entre Salvador, Nogueira e Castanheira. 😉

  32. Luís Henrique Campos Braune | 6 de fevereiro de 2008 at 11:47 pm |

    Barbaridade thê! Isto está a maior confusão! Acho que vou ter um treco! Tô mais o post 18 do Nicodemos.

  33. Luís Henrique Campos Braune | 7 de fevereiro de 2008 at 12:02 am |

    Uma coisa: alguém pode explicar direitinho o que é spoiler? Imagino o que seja, mas não tenho certeza…

  34. “Spoiler” é quando alguém revela algo do filme, estragando a surpresa que o expectador teria se fosse para a sala de cinema sem saber detalhes.
    Se você vai transmitir qualquer informação sobre algum filme, seja algo já confirmado ou mero rumor, é aconselhável que você avise sobre os spoilers. Assim quem não deseja saber nada de antemão evita ler a notícia!

  35. Acho que quem vai morrer (de novo, e desta vez definitivamente), é o Spock. Essa última notícia da capa do TB sobre Nimoy só reforça a impressão disso. Até imagino como isso iria acontecer, e já no início do filme. Nele veríamos o jovem Spock (Zachary Quinto) em seus passeios solitários por Vulcano. De repente surge o velho Spock (Nimoy), moribundo. Antes de morrer ele transfere seu katra para sua versão mais nova. Assim, o Spock jovem receberia toda a carga de experiências acumuladas do velho, e tomaria conhecimento dos planos de Nero.

  36. “Vida longa e próspera, mas morra algum dia, né!?”

    Que horror!

    “Tá na hora de aposentar o velho orelhudo”

    Mas ele já estava aposentado! (desde 1992)
    E não precisou morrer pra isso…
    O Data passou suas memórias pra outro Data e morreu no filme anterior (que muita gente falou que era uma tentativa de repetir o que Spock fez em A Ira de Kahn). Agora o Spock vai repetir o feito do Data, passar as memórias pra outro Spock e morrer… Santa repetição!

    Não quero ver Spock morrer não…

  37. Se nós gostassemos de nossa língua, falaríamos “detalhes da trama”, “prelúdio”, “reformulação”, em vez de spoiler, prequel, reboot…
    Mas isso é outro assunto…

  38. Luís Henrique Campos Braune | 8 de fevereiro de 2008 at 12:46 am |

    Fecho com o Valter, post 37.

    Só tem uma coisa: se o Spock velho passa sua memória para o novo, então tudo o que ele viverá em TOS já será sabido de antemão… não funciona esse negócio…

  39. Não necessariamente. Nessa nova linha temporal, similar a um “Universo espelho”, muitas coisas poderão ser diferentes. Aliás, a própria Enterprise será diferente.

  40. "Frank" Hollander | 8 de fevereiro de 2008 at 12:07 pm |

    ^38: Em complemento: JJ disse que a trama trará impacto e irá mudar o que já é conhecido (reboot). Creio que a partir deste filme, podemos assumir uma “nova linha temporal”.

  41. ^40: Tudo o que eu quero é que isso não aconteça! Assumir uma nova linha temporal significa esquecer os 40 anos de ST e recomeçar do zero e isso não me agrada. Parece uma fuga dos roteiristas para a falta de novas idéias. Acredito que ST “resetado” em uma nova linha temporal sofrerá o descrédito de muitos fãs.

  42. Sei que meu post não tem muito a haver com o debate, mas, vamos lá:

    ^41: isso me fez lembrar o velho dilema do casamento em crise.

    A mulher “Jornada” não está mais satisfazendo as expectativas do marido “o fã”, mas, que de alguma forma misteriosa, ela e ele ainda teimam em manter o casamento em pé _ negando para si mesmos que as mudanças sejam realmente necessárias. Contudo, eles sabem que se não mudarem radicalmente a realidade atual e de certa forma, não passarem uma borracha do passado e recriarem um novo universo… O divórcio será o fim derradeiro.

  43. ^42: Desculpe me mas ST ainda satisfazia minhas expectativas em todas as séries, até mesmo ENT apesar de eu não ter assistido nada das temporadas 3 e 4 ainda, e talvez somente os últimos filmes (Nemesis, Insurreição, …) não tenham me agradado tanto quanto os anteriores! ST não é filme, é série! Esperamos sempre um bom filme, é claro, mas as séries sobrevivem muito bem sem eles. O problema é que elas acabaram e eu não penso que a solução seja jogar todas estas séries no lixo em prol de um único filme!

  44. ^43: Desculpe-me, mas, eu não quis me referir diretamente a você Nicodemus. Fiz mais um reflexão sobre o que eu sinto neste momento (seu post anterior só fez lembrar-me disso). Sua opinião não difere muito da minha _ só quanto às séries: “as ultimas séries não me satisfizeram completamente”. Não quero que tudo mude ou, não quero esquecer 40 anos de ST… Mas infelizmente, sei que, se algo não for alterado agora neste filme de J.J. Abrams… Posso esquecer até mesmo uma nova série. E eu tenho que me acostumar com a idéia de ver algo assim.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*