Takei responde ao comentário de Shatner

georgetakei.jpgAo que parece a intriga entre os veteranos atores George Takei e William Shatner vai continuar por um bom tempo. A resposta de Takei ao comentário de Shatner quanto a não ter sido convidado para o seu casamento acrescenta mais um capítulo nessa rixa que perdura desde os tempos da Série Clássica.

Essa antipatia entre os dois se deve a Takei ter feito criticas abertas a William Shatner desde a época em que gravavam juntos para Jornada. Ele teria criticado a insistência de Shatner, junto a produção na época, para receber closes das cenas e a maioria das falas, em detrimento aos demais membros do elenco.

Em um vídeo liberado no início desta semana na internet, William Shatner pôs mais lenha na fogueira ao fazer comentários contra o ex-colega da série original, por não convidá-lo ao seu casamento com parceiro Brad Altman, em setembro. Falando com sua filha através de uma webcam, Shatner disse que não ser convidado o fazia sentir-se mal, “É triste. Eu sinto nada além de pena dele”, alfinetou.

Em resposta ao site gaywired.com, Takei devolveu os comentários. “Bill gosta de ser a estrela do show”, disse Takei. “Ele gosta da atenção voltada para ele. É um grande, brilhante e exigente ego. Tudo isso é típico do Bill. Seu tom de voz alto e desvarido é apenas tolice”.

Por seu lado, George Takei diz que quanto ao convite, Shatner está bastante equivocado e que o seu antigo capitão foi convidado para o casamento. “É absolutamente desconcertante para nós porque fizemos um convite a Bill e nós não ouvimos resposta da parte dele”,  disse Takei ao Entertainment Tonight. “Mas isso não é surpreendente, pois ele é fiel à sua versão. Ele nunca respondeu a um convite. Toda vez que havia algo feliz para comemorar entre nós, ele nunca apareceu”.

Apesar do recente desentendimento, Takei deseja pôr um fim nesse tititi e espera que Shatner defenda a manutenção dos casamentos gays na Califórnia. “É nossa esperança que, neste momento, ele junte-se a nós para votar “não” a Proposição 8, que visa suprimir o direito fundamental para casais do mesmo sexo se casarem na Califórnia”, disse Takei. Ou, pelo menos, que seja politicamente correto.

Fonte: TrekToday

54 Comments on "Takei responde ao comentário de Shatner"

  1. Asuntinho desinteressante………both are FAGS

  2. Henrique Hübner | 26 de outubro de 2008 at 3:38 pm |

    Na imagem do dia da NASA…

    http://www.nasa.gov/multimedia/imagegallery/image_feature_1204.html

    porque será que Shatner não apareceu nesse evento? Acho que o Takei falou tudo!

  3. Agora eu entendí o pq dele ter citado num filme que Sulo nasceu em San Francisco, já era panfletagem homosexual.
    Sr Takei, ninguém se interessa se um velho de 70 anos é gay, nem com outra idade….. a opção sexual só interessa aos participantes. Esse cara já sentiu que se ele n tiver um chiliquito ninguém presta mais atenção nele, então ele ataca quem está trabalhando e faturando…. volte à advogar Takei, o Shatner é ESPADA!

  4. Sei que esse debate é muito interessante…. Mas gostaria que a equipe que faz os posts buscasse a informação se vai ter um game baseado no novo filme, realmente estou curioso para saber disso.

  5. Floriano Peixoto | 26 de outubro de 2008 at 10:30 pm |

    Acho que o próximo filme da franquia deveria se chamar “Barraco nas Estrelas” rsrs… Já pensou no embate entre a Enterprise e a Excelsior ?

  6. Meu, essa foto da NASA fala por si. Tá todo mundo lá – o Doohan está de barba, atrás da Nichelle…
    A parte engraçada é que eu acabei de ver o episódio da TOS em que o Kirk fica caduco, tadinho, e esquece que as ordens que dava… É a vida imitando a arte.

  7. Basil Sandhurst | 27 de outubro de 2008 at 7:44 am |

    Nada pior do que tias brigando….

  8. Me parece que Shatner alegou problemas pessoais. Os anos 70 foram de baixa para o velho Bill, com poucas oportunidades de interpretação, e com dívidas, ele estava meio devagar.
    O interessante é que a NASA queria o nome Constitution, mas os fãs escreveram para o presidente Gerald Ford pedindo que fosse colocado o nome Enterprise e foram atendidos. Afinal o eleitorado trekker é muito grande nos EUA.

  9. Não conhecia essa foto!!! Mto legal.

  10. Alan Pires Ferreira | 27 de outubro de 2008 at 11:56 am |

    O que distingue Jornada nas Estrelas de programas de TV superficiais é sua predisposição a filosofar sobre a condição humana. A série é uma seqüência de fábulas sobre questões complexas como pena de morte, tortura, egoísmo, charlatanismo, preconceito, ecologia, metafísica. Alguns episódios trazem questões abertas; outros, mais engajados, já vêem com a opinião dos produtores da série embutida, para nossa apreciação.

    Talvez a maioria dos fãs seja atraída pelas trucagens visuais, ambientação futurista e escravas seminuas de Órion, ignorando completamente os aspectos mais profundos. A grande lição de moral que a série tenta nos transmitir pode ser sintetizada na fala do capitão Picard: “São as diferenças que nos fortalecem”. A diversidade não é uma fraqueza da sociedade; algo que devamos temer e combater. Muito pelo contrário, é nossa maior força; algo que devemos abraçar e cultivar. É lamentável ver trekkers sonhando com o dia em que toda a diversidade decaia naturalmente, surgindo um único caminho de felicidade a ser adotado por todos. Isto é simplesmente a negação de tudo o que Star Trek prega! Há infinitos caminhos para a felicidade e todos aqueles que não estejam atrelados à desgraça alheia são igualmente lícitos.

    O apoio de todo o elenco original ao casamento de Takei é uma lição para esta geração descraçada de “trekkers” homofóbicos e egoístas. Esta cambada de cães que atrelam sua realização à desgraça do próximo.

  11. Acho que o próximo filme da franquia deveria se chamar “Barraco nas Estrelas” rsrs… Já pensou no embate entre a Enterprise e a Excelsior ?
    de Floriano Peixoto (post 5)

    De minha parte, já vejo tudo com bons olhos. Kirk foi convidado, sim!
    Mas na vida, nem tuda dá certo!
    O que aconteceu foi mais ou menos isso:

    Paramout pictures presents…

    __BARRACO nas ESTRELAS__

    USS Excelsior NCC-2000-Star Fleet vessel-Excelsior Class-Heavy Cruiser.
    wwwwwwuuuuóóóshhhh…

    “Diário de bordo. Data estelar 24242424.24
    Estamos em dobra máxima em direção ao planeta da Fantasia. Eu não posso chegar atrasado ao meu casamento.”

    Ofic.Comunic.: -Capitão Sulu, enviei o convite de casamento para o Cap. Kirk há dois dias! Ainda não obtive resposta.

    Cap.Sulu: -Hmm… Continue tentando em todas as frequências!

    Ofic.Comunic.: -Sim, senhor!

    =/\=
    USS Enterprise-NCC-1701 A

    Cap.Kirk: -Nãããããããoooooo!!!! Eu não vou!

    McKoy: -Mas, Jim… Agente tem que ir pelo menos em consideração ao ser humano que Sulu é!

    Cap.Kirk: -Magro… Ele armou essa pra mim! Olha o lugar onde ele vai realizar o casamento: Planeta da Fantasia!

    Spock: -Parece ser um bom lugar. Creio que o convite deva ser aceito. Se há algum lugar onde a Enterprise jamais esteve é nesse planeta.

    Cap.Kirk: -Tsc! Pelo juramento da Frota… PONTE! AQUI É KIRK: DOBRA MÁXIMA PARA O PLANETA DA FANTASIA!

    Chekov na ponte: -Sssin senhorr!

    Valeris: -Planeta da Fantasia é um paraíso místico… Sobrenatural, até!

    Chekov: -É verrrdads. Dobrra máksiima, Valerrris!

    ZZZZZZZWUUUUSSHHH…

    *******************

    Planeta da FANTASIA-planeta classe M:
    -Cap.Sulu: -Finalmente chegamos! Está tudo muito lindyu! Maravilhoso!

    -Tuvok: -Há um detalhe que ainda não conseguimos acertar, capitão!

    -Cap.Sulu: -Qual?

    -Tuvok: -Antes do casamento, há uma regra informal de que a noiva não se deve apresentar ao noivo antes da cerimônia do enlace, pois dá azar! No caso de vocês quem é que deve aparecer depois como noiva?

    -Cap.Sulu: -É verdade… Eu sou o macho desta história! Meu noivo é que tá de noiva.

    -Tuvok: -Tem certeza disso, capitão? E se for o contrário?

    -Cap.Sulu: -Aí não vai ter casamento! Quem manda aqui sou EU!

    Brad Altman (noivo do Sulu) aparece repentinamente: -Não, Querido! Você é a minha boneca! Você aparece DEPOIS no altar! Coloque este vestido e o véu!

    Sulu: -Mas o que é isso? Quem mandou a senhora aparecer na frente do noivo antes da cerimônia? Tá querendo azarar nosso casamento?

    Brad: -Eu sou o ativo! Comporte-se como passivo!

    Sulu: -Nunca! Quem engata aqui sou EU!! Agora você vai ver, Brad! Kiaaaaiiii!

    Brad: -Cancelem o casamento! Hikaru, vou te dizer uma coisa: Você nunca daria para uma boa mulher!!!
    Ops! Você nunca daria uma boa mulher!

    Sóc! Punnch! Urgh! Tóóme! Páf! Tabéf! Skatapunft!

    Tuvok: -Excelsior, aqui é Tuvok! Suba a mim e a equipe avançada, excetuando o Cap.Sulu!
    ****zzzzzzzzuuuuuuuiiiiiinnnnnnnnn****

    =/\=
    USS Enterprise-NCC-1701 A
    Kirk: -Órbita padrão, sr. Chekov! Vamos prestigiar o casamento do Sulu!

    Spock: -Eu nunca testemunhei um casamento humano, capitão!

    Kirk: _……Com certeza não vai querer ver isso duas vezes.

    Magro (preocupado): -Será que vai ter…

    Kirk e Spock: -?????????

    Magro: -…Yakissoba?

    Kirk: -Tsc! Teletransporte, ativar!
    ****zzzzzzzzuuuuuuuiiiiiinnnnnnnnn****

    Magro: -Wow! Que lugar fantástico! Cheio de verde, lagos e pássaros!

    Kirk: -Bom, a entrada é por ali… Vamos lá, estamos atrasados! Tem um senhor de terno lá…

    Spock: -Parece que está havendo uma briga lá dentro! Ouço sons como de um grande conflito… Prantos… Palavrões!

    Kirk: -Boa tarde, senhor! Aqui é o casamento do capitão Sulu?

    Sr. de terno: -Boa tarde! Sejam bem-vindos ao Planeta da Fanta… Jim????? Vocês não podem entrar aqui, não lhes darei acesso! Principalmente à você, capitão!

    Kirk: -???? Eu destruí você em Mutara! O que é que…? Mas como????

    Sr.Rouke (sr de terno): -Foi com muita luta que consegui erguer este império de entretenimento! Ralei pra caramba até chegar aqui e não será você com essa cara de indiginado que vai estragar tudo!
    Tatoo, chame os seguranças!

    Kirk: -Vou acabar com você! Você vai sentir o “A Ira de Kirk”

    Khan: -Venhah! Cê num tem… PEITU!

    Kirk: -Mas tenho PANÇAAAAAAAA!
    Khaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaan!!

    Khan: -Kiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiirk!

    Sóc! Punnch! Urgh! Tóóme! Páf! Tabéf! Skatapunft!

    ***De volta à Enterprise***

    Magro: -Bom, infelizmente não conseguimos entrar para ver o casamento do Sulu.

    Kirk: -Sinto muito, Spock… Por minha causa, você não conseguiu testemunhar um casamento humano.

    Spock: -A necessidade de um se sobrepõe a do outro!

    Magro: -Mas que provérbio boiola, Spock!! (Leia de novo!)

    Spock: -Sim, doutor… Como pode ver, não há raça PERFEITA!

    Kirk: -Sr. Chekov, Tire-nos de órbita!

    =The End=

    ___A Desventura Humana está Apenas Começando___

  12. Não quero transformar esse espaço em rinha de briga, mas por favor!
    Que post foi esse? E ainda se diz trekker? “–A desgraça humana está apenas começando–” Meu, “infinita diversidade, infinitas combinações”! Deve ter saido da ninhada de pseudo-fãns de que o post 10 falava! Que filosofia vagabunda de vida você leva, hein? Vê se assite DIREITO a mais episódios de ST e PRESTA ATENÇÃO NELES e cresce meu!

  13. Não dá pra levar menos a sério?

    Sou fã de Star Trek! Aliás, foi minha mãe que assistia e acabei me envolvendo com a série e nunca mais me desvencilhei de Star Trek.

    Mas não faço disso regra ou limites da vida.
    É um programa de tv!

    Ainda não me esqueço daquele quadro no Saturday Night Live onde um Shatner bem a vontade escracha dos trekkers no meio de uma convenção.
    Aquilo foi muito engraçado, mas Shatner estava com a razão.

    Pôs discernimento em minhas idéias. Ficção, realidade, valores e prioridades invertidos… estava tudo embolado.

    Mais tarde, vi a Kirstie Alley se espantando com uma pergunta de trekker que ela ouviu em outra convenção:
    -Como você se sentiu quando entrou em Dobra 9?

    Por essas e outras, aquele trekker ou treker que eu era, ficou um pouco mais no planeta Terra.

    Hoje admiro a série como quem admira uma obra clássica artística do Impressionismo, ou um esplêndido Opus musical de Bach.

    Em nada espero ser instruído ou edificado vendo Star Trek.
    É para descansar do stress diário, passar o tempo com qualidade.

    E Star Trek é qualidade.

  14. Realmente é o Shatner que quer ser o centro das atenções!
    Nunca considerou Star Trek algo sério!
    Sempre teve vontade de ser um grande astro Hollywoodiano mas não conseguiu!
    Acho que ele se realizou mais com esse último seriado em que era um advogado!
    Star Trek é para bobos!
    Chegou a dizer para os fãs: vão viver suas vidas!
    Star Trek não deve ser levado à sério!
    Tenho pena é do Sr. Shatner!

  15. Jornada nas estrelas combateu o preconceito racial nos anos 60 e errou não ter feito o mesmo em relação aos homossexuais nas novas gerações, a dupla B&B erraram em muitas coisas mesmo.

    Fiquei realmente muito triste com o preconceito de alguns acima.

    Por que não sou miseravel, é desinteressante saber que eles existem, deixem passar fome?
    Por que não estou no Oriente médio, deixa explodir tudo por lá.
    Por que não sou negro e o próximo filme deveria se chamar a Macacada nas estrelas.

    Não acredito que vsc são trekkers!

  16. “Jornada nas estrelas combateu o preconceito racial nos anos 60 e errou não ter feito o mesmo em relação aos homossexuais nas novas gerações, a dupla B&B erraram em muitas coisas mesmo.”

    Combater o preconceito racial será uma bandeira a ser hasteada sempre, em todas as eras.
    Afinal, raça não é opção.

    Mas dizer que Star Trek “errou” em não ter defendido ao homossexualismo, hehe, cá entre nós amigo:
    Ficaria muito estranho se houvesse homens se agarrando pelos corredores da Enterprise, ou mulheres andando alegremente como se cada uma tivesse encontrado um marido.

    De onde será que vem essas idéias de que homem fica legal com homem e mulher com mulher?????

    Alguém, por favor, me ajude:
    Por que o ser humano SEMPRE, SEMPRE insiste em optar por viver as coisas da vida de modo CONTRÁRIO À NATUREZA, e os outros tem que achar que isso é certo??

    De onde é que saiu essa “opção”?

    Sábios, me ajudem, por favor!

    Pois do jeito que caminha a humanidade, daqui a pouco, vão lutar pela legalização da união entre adultos e criancinhas, o pedofilismo.

  17. Henrique Hübner | 28 de outubro de 2008 at 9:36 am |

    Olá Mamoru, para mim a coisa funciona assim: Nós seres humanos vivemos na diversidde, ademais não é problema (ou solução) nosso a opção de cada um na busca da felicidade! Cada um vive como quer… cabe lembrar que na Grécia antiga a proximidade sexual entre homens (tutores e aprendizes) era coisa relativamente normal, e a sociedade grega era machista à beça! Mulheres eram semoventes. A Democracia era coisa para homens, homosexuais ou não… acredito que melhoramos muito.

    Não se sinta prejudicado pelas opções que as pessoas abraçam se elas não te aflingem diretamente.

    De resto busco apenas criar meus filhos com ética, de modo que no futuro, se assim entederem, possam trocar minha fralda geriátrica! 😉

  18. Sem falar que a opção sexual de cada um é uma decisão de adulto, já a pedofilia presume-se a violência contra a criança. Não há que se comparar as duas situações. Você, adulto, tem discernimento pra escolher com quem quer ter relações sexuais, seja homem ou mulher, e ninguém tem nada a ver com isso. Já a pedofilia constitui um abuso abominável contra a vontade não manifestada de um ser ainda em desenvolvimento e indefeso.

  19. Em nome de um parente próximo que eu amo e é gay que te respondo.
    Vivo isso de perto, só os bissexuais podem escolher pra que lado seguir, um gay seria muito idiota em escolher ser gay, pois não há vantagem nenhuma nisso. Bem, então vivendo isso em minha própria casa, posso afirmar que ele não escolheu ser assim, desta forma comparo a situação dos gays hoje a dos negros décadas atrás e não aos pedófilos, pra minha sorte as leis da grande maioria dos países do mundo tendem a aceitar os homossexuais e dar os direitos iguais a eles, a alforria está chegando…
    Vc acharia estranho há 30 anos se visse um branco e uma negra se beijando na rua. Meu avô em 1994 ficou muito aborrecido quando viu um negro em um carro importado. Achou que um negro não podia ter mais dinheiro que ele, agora mesmo vi uma noticia que dois preconceituosos queriam matar o Obama e mais 80 crianças negras, um negro não é puro pra ser presidente…
    O criador da série queria focar mais neste assunto (homossexualidade) na nova geração, mas foi bloqueado pelos produtores da época.
    OK, agora vamos ao ponto, vc tem direito de ser heterossexual, mas não tem o direito de ser preconceituoso, seja com o que for, negro, gay, gordo, mendigo, macumbeiro, crente, pobre, feio, deficiente, velho, doente…
    VC E NINGUÉM TEM O DIREITO DE SER PRECONCEITUOSO! VC PODE NÃO GOSTAR, MAS TEM O DEVER DE RESPEITAR, POIS DAQUI ALGUNS ANOS PODE TER UM FILHO ASSIM, AÍ VAI SENTIR EM SUA PELE O QUE SINTO AGORA!
    Sinta-se incomodado, com a guerra, o tráfico, a política de pizzas… Isto é o que realmente faz mal a vc. Pare de achar normal as pessoas se matando na TV, na vida real e faça um texto criticando isso…
    Para mim vc nunca foi um trekker.

  20. Jornada abordou sim a questão da diversidade sexual, como nos episódios “Rejoined” de DS9 (onde Dax se vê envolvida pela hospedeira de um simbionte que já havia sido sua esposa em outra vida) ou no episódio “The Outcast” de TNG (onde Riker se apaixona por um alienígena de uma raça sem gênero).

    Porém como Brannon e Braga jamais tiveram a mesma audácia de Rodenberry, estes temas sempre ficaram por demais implícitos sob roteiros que se voltavam para outra direção. Se por um lado isso é bom (porque mostra com quanta naturalidade isso é visto no século 24), por outro lado é ruim (porque os machistas e preconceituosos de plantão não irão admitir o significado por trás dessas histórias, preferindo dar outras interpretações mais adequadas às suas limitadas visões do mundo).

    Só continua sendo surpreendentemente lamentável achar estes machistas e preconceituosos entre as fileiras de “trekkers”. Mas enfim, é a vida.

  21. Raul, a pedofilia é considerada criminosa em TODAS as culturas humanas, portanto dificilmente será legalizada algum dia. Trata-se de abuso contra incapaz. Assim como o estupro e o assassinato, trata-se de uma pessoa condicionando sua felicidade à desgraça do outro, o que é bem diferente do caso que estamos discutindo. (Você fala como se gays quisessem tornar a homossexualidade OBRIGATÓRIA e apontassem você como o primeiro a ser violentado! Acorda.)

    Já a homossexualidade existe em todas as culturas humanas e animais. Observamos práticas homossexuais em TODAS as espécies animais, tanto naqueles criados em seu hábitat natural quanto em cativeiro. Trata-se, portanto de uma orientação perfeitamente natural.

    Suponhamos, por um instante, que não fosse natural. Isso mudaria alguma coisa? Usando sua lógica utilitária, a natureza deu pernas ao homem para que ele se locomovesse e não para que ele se divertisse. Logo, o futebol deveria ser proibido, pois seria um caso óbvio de mal uso!

    Você está batucando um texto diante de um computador que inexiste na natureza, usando roupas (espero) que inexistem na natureza e se expressando através de uma linguagem também criada pelo homem. Por que só na hora da cama exige sujeição à sua visão do que seria a natureza?

    Viva e deixe viver.

  22. Star Trek está contida dentro da cultura do planeta Terra e o mundo está repleto de relações homoafetivas. (Se até a Disney e o Vaticano tem gays, por que a Enterprise não teria?)

    Se você quiser um ambiente “completamente livre de homossexualismo”, só há uma solução: interne-se em um mosteiro beneditino.

    … e procure jamais se abaixar para apanhar o sabonete, no chuveiro coletivo! 🙂

  23. Leandro Martins | 28 de outubro de 2008 at 11:53 am |

    Eu sempre considerei Rejoined bem mais como uma história de amor per se do que um manifesto pela diversidade sexual. A questão de homosexualismo em Rejoined está no máximo no banco traseiro do episódio, sendo levada como o não-assunto que seria no século 24 federado.

  24. Concordo plenamente, Leandro.

    Inclusive, quando alguém comenta que Jadzia e Lenara estão namorando, a reação de Kira é: “Oba! Vamos ter casamento na Estação?” No mínimo, isto indica que casamentos entre pessoas do mesmo sexo seriam corriqueiros.

    Star Trek não trata diretamente a homofobia como a conhecemos pelo mesmo motivo que não trata diretamente do racismo como o conhecemos. Lá o racismo já não se manifesta mais entre humanos, mas entre espécies; a homofobia também se manifesta na forma de outros tabus.

  25. Puxa… Tomamos, para justificar a vida real, exemplos de uma série televisiva.

    Mas agradeço a participação de todos.

    Agradeço ao sr. Hübner:
    Que tenha uma velhice tranqüila e doce.
    (da mesma forma que o dr. McKoy).

  26. Alan Pires Ferreira | 29 de outubro de 2008 at 12:24 am |

    Mocinho, você não adora citar a Bíblia, uma coletânea de fábulas iraquianas da Idade do Bronze?

    Qualquer lenda ou trabalho artístico pode ser usado como ponto de partida para a reflexão, até mesmo os gibis da Turma da Mônica. Inclusive, isso acontece: se você tivesse o hábito de freqüentar livrarias, saberia que há vários livros nesta linha, como “Os Simpsons e a Filosofia”, “Buffy e a Filosofia”, “Harry Potter e a Cîência”, “A Filosofia de Jornada nas Estrelas” etc.

    O que não podemos é tomar essas obras de ficção como fatos verídicos, como você faz com sua Bíblia.

  27. Moção,

    Se a Bíblia é mentira, ficção, então devo considerar que os judeus são mentirosos.

    Você acha que os judeus mentem a respeito de suas próprias leis, acerca das coisas concernentes ao seu próprio D-us?

    Pois a primeira citação da advertência contra o homossexualismo está na Torá, o canon hebrew.

    E o D-us que disse “Façamos o genêro humano conforme a nossa imagem e semelhança” instituiu a lei contra o homossexualismo.

    Agora vá você se entender com os judeus e com D-us criador!

    Obrigado.

  28. “””E o D-us que disse “Façamos o genêro humano conforme a nossa imagem e semelhança” instituiu a lei contra o homossexualismo.””””

    Falho em ver a lógica desta sentença (!!!)

  29. Em compensação, o post 21, deu um show de pura lógica.

    Congratulações, Alan.

  30. Gente, nunca pensei que tivesse tanto trekker com horror aos gays!
    Que irônico, justo numa série que combateu vários preconceitos!
    Ô raça atrasada essa dos seres humanos!
    Agora sei porque os ETs não fizeram o 1º contato!

  31. Eu também não vejo lógica na afirmação. Dá a entender que a citação bíblica tem conotação sexual, devendo o homem ser “macho” feito Deus. É reduzir muito a divindade aos pretextos humanos, sem falar que isso pode soar até desrespeitoso aos crentes.

  32. Tomar a verdade cultural de um povo(no caso o judeu) como verdade absoluta e universal é ilógico!
    Imagine alguém lendo a bíblia para um alienígena tentando convertê-lo! Que falta de respeito!!!

  33. “Lógica”

    Vamos brincar de “vulcanos” agora. \ò.ó/

    “Bíblia para alienígenas”

    Mas pelo menos vocês acreditam em alienígena, não?
    Eles existem, não é? ^.^’

  34. Senhores, por favor a discussão sobre homosexualidade esta totalmente equivocada quanto ao local em que esta sendo tratada e quanto a desinformação dos nobres trekers a respeito do assunto.O que vi aqui é a mais pura homofobia, racismo e ignorancia quanto a condição humana e suas preferencias, sejam ela sexuais ou em relação a convivencias entre pessoas inteligentes e civilizadas. Este assunto nada mais é que uma briga entre duas pessoas que procuram os holofotes a qualquer custo e nem deveriam ser motivo de discussão entre pessoas que gostam da série mais inteligente de ficção que a TV já produziu.
    Esqueçam esta briguinha de atores em idade decadente e sem mais o que fazer.Continuem a analisar e discutir assuntos mais relevantes como varios que tem sido mostrados aqui. Vida longa e próspera a inteligencia e a paz entre pessoas e povos, é isto a sintese de STAR TREK. abraços a todos.

  35. Lucian
    Quando Deus diz: FAÇAMOS O HOMEM À NOSSA IMAGEM SEGUNDO A NOSSA SEMELHANÇA,
    temos que colocar dentro o contexto bíblico. A Bíblia é um todo e ela mesmo se explica. Deus não é homem e não tem sexo, portanto à semelhança de Deus está no contexto da formação do homem: corpo, alma e espírito assim como Deus é Pai, Filho e Espírito Santo. O livre arbítreo que o homem recebeu na sua criação e sua formação são a semelhança de Deus e não o aspecto sexual.
    A Bíblia é um todo e muitos tentaram desacreditá-la e não conseguiram.
    A lógica do Alan, que vc citou, é lógica do homem afastado de Deus, não do conceito divino.
    Por isso que Jesus disse: Errais em não conhecer as Escrituras e nem o poder de Deus.

  36. Outro aspecto:
    Esse negócio de que em todo o mundo animal há homossexualismo é propaganda GLS. Eu nunca vi galo correndo atrás de galo, só de galinha.
    Já vi algumas matérias sobre isso, nenhuma confirmada para sociedade científica internacional e algumas até desmentidas.

  37. Alan
    Não pense que por ser contra a prática homosexual sejamos contra o homosexual.
    Deus diz que odeia o pecado mas ama o pecador e o verdadeiro cristão deve ser assim também. Principalmente porque de uma forma ou de outra todos somos pecadores.
    Portanto, deixe essa amargura de lado e que cada um tenha a sua opinião.

  38. Verde
    existem outros livros além da bíblia!
    Leia mais!
    Sexo entre animais do mesmo sexo existe sim!
    Vá ler uma revista a respeito!

  39. Aquiles
    Eu leio muito. Scientic American, livros de física e ciências. Gasto uma grana legal, além de muita coisa na internet. Em média são 8 livos por mês. Eu vejo na Super esses textos, mas eles são enganosos, procure em fontes confiáveis que vc vai ver.
    A Bíblia eu realmente estudei, mas tb estudei o Baghavad Gita, a Triplicat, Li livros de aln Kardec, literatura de tudo quanto é religião, pois acho que tudo devemos conhecer e estudar. Estudei até a teologia gay para a igreja. Eu sou engenheiro e valorizo o conhecimento. Mas tudo tem que ser confirmado para mim. Não é porque escreveram que eu vou acreditando.
    Abraços

  40. Verde, o q vc considera fonte confiável?

  41. Neste caso, a Scientif American é muito boa, as revistas que falam dos estudos da comunidade científica internacional. Infelizmente, muito das publicações tupiniquins, como a Super, são, no mínimo, superficiais para não dizer sem credibilidade. É bom sempre confirmar uma matéria com outras revistas que falem sobre o assunto. É o que eu faço, leio o mesmo assunto por diversos pontos de vista. Para se ter uma visão maior. Vela, hoje somos controlados pela media, pelo governo, temos o presidente mais singular da história (não acerta um plural) e que controla as massas, se não fizermos isso, nos tornamos massa de manobra. Tenho um cunhado que diz que luta todo dia para ser o menos enganado possível. Minha forma é essa, tenho certeza que existem outras formas, mas eu uso essa, que, de certa forma, me dá algum prazer.

  42. Adendo:
    Eu sempre me perguntei porque devemos ler de tudo, menos a Bíblia?

  43. “Não pense que por ser contra a prática homosexual sejamos contra o homosexual.”

    – Por favor, Verde, explique isto de um modo que faça sentido.

    Você mesmo disse “Deus não é homem e não tem sexo, portanto à semelhança de Deus está no contexto da formação do homem: corpo, alma e espírito assim como Deus é Pai, Filho e Espírito Santo. O livre arbítrio que o homem recebeu na sua criação e sua formação são a semelhança de Deus e não o aspecto sexual.”

    Fico me perguntando quê importância poderia Deus dar ao aspecto sexual? Por que ele teria decretado que isso é anti-natural?? Porque os religiosos gostam tanto de discutir o conteúdo da Bíblia dentro de seu contexto bíblico e sempre se recusam a discutir a própria Bíblia (e os seres humanos que a escreveram) dentro de um contexto histórico?

    Olha, não sou uma pessoa de mente fechada, muito pelo contrário, enxergo uma beleza inegável e uma lógica inescapável nos ensinamentos de mestres como Jesus, Sidartha Gautama, entre tantos outros.

    Não estou aqui para desacreditar a Bíblia, o Braghavad Ghita, o Alcorão, a Torah, ou o livro sagrado que seja, apenas para lembrar que todos estes livros foram escritos por mãos HUMANAS, em diferentes épocas, em diferentes lugares e com diferentes intenções. Há de se ter todo o cuidado ao citar as escrituras, mas mais ainda ao se interpretá-las. Fazê-los levianamente é pior do que ignorá-los, e infelizmente até hoje não vi uma pessoa religiosa que o tenha feita de maneira responsável. Por isso, a maior parte dos teólogos (conheço vários) deixam de seguir uma determinada religião quando se aprofundam em seus estudos. (o que não significa que deixam de ser espiritualizados ou que abandonam sua fé – abandonar uma religião NÃO é abandonar a fé)

    Tudo o que eu gostaria é que um de vocês que são “contra a prática homossexual mas não contra o homossexual”, me explicasse com lógica porque “a prática homossexual” é tão errada, porém sem incluir religiosidade em sua resposta.

    Seria isso possível?

  44. Lucian
    Mas claro que é possível explicar. primeiro lugar vc deve entender que as coisas de Deus sao muito importantes, elas buscam o nosso bem. Leis sao feitas para nos proteger, como o sinal vermelho, se o carro nao parar as consequencias sao danosos. Quando Deus fala é porque é algo bom para nós, apesar de, muitas vezes, nao vermos as coisas assim. Queremos porque queremos passar o sinal, uma hora a coisa nao vai dar certo.
    Voltando ao assunto: quando Deus instituiu a uniao colocou o aspecto da sua própria intençao de uniao conosco. Um homem e uma mulher sao incompletos mas se tornam um ao unirem-se.
    O HOMEM DEIXARÁ SEU PAI E SUA MAE E SE UNIRÁ AA SUA MULHER E AMBOS SERAO UMA SÓ CARNE.
    Continua …

  45. Continuando:
    Vc pode perceber que não apenas fisicamente mas socialmente o homem e mulher se completam. Fisicamente a unica forma de perpetuar a espécie é a união heterosexual, mas a formação da família é o que dá sentido e estabilidade mental ao homem. A mulher é mais fraca fisicamente, precisa de proteção e o homem se sente bem neste papel de protetor da mulher e dos filhos. A mulher é sensitiva, parece um radar, ajuda o homem que é mais racional. Aqui poderíamos nos alongar e falar sobre as particularidades de homem, mulher, família e etc…, mas não acho necessário, para também nao nos alongarmos indefinidamente.
    Mas daqui vem toda a analogia da união de Deus com o homem e essa é a intenção de Deus. Sermos um com ele. Na Bíblia povos, cidades e nações são mencionadas no feminino, Israel e Judah são citadas como mulheres e casadas com Deus. I Igreja, separada para Jesus, é citada como noiva e Jesus o noivo, daí aquela designação que o catolicismo diz de si mesmo como “santa madre igreja”. Não é correta mas a sua origem vem deste princípio Bíblico.
    O Novo Testamento (NT) fala que Jesus é a cabeça e nós (a Igreja) somos o corpo, formando um único corpo com Jesus e esse corpo, no final, se unirá ao Pai.
    Portanto, o estabelecimento dos gêneros, sua união e relacionamento estabelecem um princípio de união com Deus, porém o pecado nos afasta de Deus. Daí a necessidade de separação do pecado (santidade) para união com Deus. E quando digo pecado estou dizendo sobre: mentira, falta de amor, adultério, roubo etc, etc, etc … Portanto, todos os homens são pecadores e todos estão fastados de Deus, daí a necessidade de Jesus pagar nossos pecados na cruz sendo Ele a justiça de Deus. Esse é o papel do marido protetor.
    Ao homem cabe receber estes princípios e receber Jesus em sua vida e passar a ser um com ele. A Bíblia fala muito sobre isso mas nõ vou me alongar agora.
    Continua…

  46. Podemos resumir a Lei de Cristo em dois mandamentos:
    1. Amar a Deus (marido) sobre todas as coisas;
    2. Amar ao teu próximo como a ti mesmo, ou como Jesus disse, amar ao teu próximo como Ele mesmo (como marido) nos amou;
    Desse segundo mandamento expressa todo o nosso relacionamento entre nós, NÃO FAZER AOS OUTROS O QUE NÃO QUEREMOS PARA NÓS MESMO.
    Esse é o aspecto mais difícil do cristianismo,:sofrer o mal e não retribuir com mal. Aquele negócio de dar a outra face, sabe? Exatemente aqui é onde a igreja tem caido, mas esse é outro assunto.
    Continua…

  47. Lucian Solo disse:

    “Tudo o que eu gostaria é que um de vocês que são “contra a prática homossexual mas não contra o homossexual”, me explicasse com lógica porque “a prática homossexual” é tão errada, porém sem incluir religiosidade em sua resposta.

    Seria isso possível?”

    Caro Lucian Solo, vou tentar responder.

    Ser contra o homossexualismo é não concordar com o fato, com a prática. Eu nem queria mais citar o termo “anti natural”, mas essa é a minha impressão, mas veja, num contexto íntimo meu. É anti-natural PARA MIM, entende ? O homossexualismo me incomoda, me agride, me parece errado. É uma opinião minha, não posso responder pelos outros. Estou apenas muito sinceramente expressando a MINHA opinião.

    Ser contra o homossexual seria ser contra as pessoas homossexuais, e isso definitivamente não é o meu caso.

    Eu conheço alguns gays, e em geral são pessoas muito bacanas. Um primo da minha esposa é gay e é uma das pessoas mais simpáticas que eu conheço. Há outros casos. Trato-os muito bem, converso com eles, nunca “puxei” o assunto sobre o homossexualismo com eles com o intuito de recriminá-los por esta prática, muito ao contrário.

    Mas já houve ocasiões em que o assunto surgiu na conversa, e eu disse que era contra, de forma muito sincera e moderada. Eles sabem minha opinião, e nem por isso deixei de me relacionar muito cordialmente com estas pessoas.

    Para aqueles que são gays e são felizes, que sejam, sigam seus caminhos e que Deus lhes abençoe.

    Grande abraço a todos.

  48. Puts, VERDE, foi mal, percebi que interrompi seu comentário em “múltiplos posts”.

  49. Neste ponto observamos que a união homosexual não tem sentido físico e sociológico. Na área da sanidade mental, que chamamos de volição e alma, trás diversos alterações de comportamento. Como geralmente a proliferação deste comportamento é precedida da libertinagem sexual, vemos a deteriorização da moral e da sociedade. A mulher que é psicologicamente predisposta à maternidade sente-se insegura com relacionamentos diversos e a família se enfraquece. O homem, que precisa da mulher como apoio para seu desenvolvimento, se torna mais egoista e violento. É o que vemos manifestado na sociedade todo dia em maior ou menor grau, homens formados e de algum conceito matando mulheres porque elas os abandonaram e nem casados eram. Ou jovens se matando e ninguém nem sabendo por que…
    O ápice da deteriorização vem com a generalização do homosexualismo. Há alguns anos a VEJA fez uma reportagem de capa sobre a tendência da sociedade em se tornar bissexual. Isto é, como hoje é normal os adolescentes praticarem sexo desrregradamente, hoje estamos tornando aceitável o homosexualismo, amanhã será o bisexualismo e por fim a pedofilia.
    Da para perceber que tudo isso nos afasta do própósito de Deus? Que essas coisas não tem trazido felicidade ao homem? Pelo contrário, hoje, onde temos este fantástico desenvolvimento tecnológico, onde o padrão de vida seria inimaginálvel aos nossos avós, estamos na era do anti-depressivo. A depressão está se tornando a maior doença da humanidade. Era para estarmos no ápice do desenvolvimento social, mas milhões morrem de fome porque preferimos sustentar guerras, nossas paixões pessoais, até mesmo ” ofuro” (banho japones), para cachorro. Isto trás uma eterna infelicidade, por mais que tenhamos coisas. Hoje vale mais ter do que ser. Quem não tem é marginalizado na sociedade.
    Como vc pode ver, o problema homosexual é mais um contexto que propriamente causa, mas para aqueles que estão envolvidos no homosexualismo é um grande problema pois se refere à vida deles.
    Continua…

  50. Sem problemas, Marinho

  51. Terminando com sua pergunta:
    “Por que somos contra o homosexualismo mas a favor do homosexual”?
    Porque o homem é o grande interesse de Deus. Todo homem é pecador, sendo ele mentiroso, ladrão, adúltero, assassino e/ou homosexual.
    Todos são pecadores e Deus quer resgatar o pecador, é isto que Jesus veio fazer aqui. Salvar o pecador. Deus odeia o pecado mas ama o pecador, vamos transcrever: Deus odeia o homosexualismo (pois está fora de tudo o que Ele planejou para o homem) mas ele ama esse homosexual, e sua função é: COBRIR O PECADO DO HOMEM, PERDOÁ-LO, RESGATÁ-LO E LEVÁ-LO PARA JUNTO DELE.
    Deus é Pai, Ele não quer condenar o homem, mas, ao contrário, Ele quer fazer do pecador a filhos por meio de Jesus Cristo (SEU UNIGÊNITO).
    Daí que não estou aqui para condenar o homosexual mas para dizer que Deus os ama (e isso é verdade e ninguém pode fazer nada a respeito, goste ou não) e que há solução para ele, assim como a todos os pecadores (que somos todos). Basta escutar quando Deus os chama…

  52. Estou à disposição para qualquer questionamento.

  53. Lucian, relendo a sua pergunta, percebi que vc tinha falado sem o aspecto religioso, me desculpe pois não percebi, mas no meio acho que citei diversos aspectos do comportamento humano que se manifestam hoje em dia, independentemente de fundamentos bíblicos.
    Mas, de qualquer forma, me perdoe a distração….

  54. Só quero dizer que foram muito bem colocadas as palavras do VERDE. Acho que morreu o assunto.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*