Em uma nova entrevista promovendo alguns eventos programados na Austrália, o ator William Shatner fez um retrospecto de sua atuação na série original. Ele se diz “orgulhoso” de seu trabalho na franquia, e ainda gostaria de participar da sequência. Mais detalhes a seguir.

Em uma nova entrevista ao site Australian Courier Mail, William Shatner ponderou sobre sua carreira, incluindo o seu passado como capitão Kirk.

O nível de Jornada é ao mesmo tempo sério e irônico. Eu imagino Jornada na melhor das hipóteses como sendo muito bom e quando eu estava na minha melhor forma eu era bom nisso. Houve alguns – se não muitos – tropeços, mas foi realmente maravilhoso.  Portanto, estou orgulho disso e ao mesmo tempo estou consciente de que algumas pessoas acham que foi uma novela e os cenários eram baratos e os efeitos – eu não posso mesmo chamar de efeitos de computador – eram terríveis para os padrões atuais.

Shatner acabou comentando novamente sobre o assunto “participar ou não no novo filme”. Embora ele continue a manifestar interesse, o ator parece conformado de não fazer parte do futuro de Jornada.

Eu estaria muito interessado em fazê-lo, especialmente com o diretor maravilhoso que é J.J. Abrams, mas eu não vejo como isso é possível e talvez todos nós temos ido mais além.

Embora talvez não venha mais a fazer parte do novo filme Jornada, Bill ainda dá sua contribuição a “velha Jornada”, através do documentário “The Captains”.

Eu filmei um documentário maravilhoso, onde conversei com todos os capitães de Jornada e tentei encontrar um denominador comum e, entretanto, me diverti conversando com eles sobre eles e suas vidas.

Fonte: TrekMovie