Enquanto a Paramount se mantem silenciosa em relação ao desenvolvimento de um novo filme Star Trek, o ator Simon Pegg parece o mais animado com a possibilidade de voltar a encarnar o personagem Scott. Durante a promoção do seu papel no filme Terminal, Pegg tem conversado com a imprensa a respeito desta continuação no cinema e como o elenco se sente sobre as últimas notícias, incluindo a provável chegada da diretora SJ Clarkson.

Aqui estão alguns trechos da conversa de Simon Pegg com a imprensa sobre o que pensa do futuro dos filmes Star Trek.

Ao JoBlo comentou sobre o filme passado e o resgate da antiga série:

A coisa com Sem Fronteiras, eu acho que o momento de provar a si mesmo meio que nasceu em termos de sua popularidade e o feedback constante que recebo da comunidade Trek, que parece muito grata, … Porque eu senti que eles tinham feito um leve desserviço, talvez, com Além da Escuridão, porque foi muito … Foi polêmico, eu acho.

Então, Doug e eu tentamos meio que retroceder para quase um episódio gigante, que foi o nosso acordo que criamos.

Falando à Film School Rejects, Pegg explicou por que há dois filmes atualmente em andamento:

Eu acho que foi uma coincidência. Nós estávamos nos preparando para isso [Star Trek 4] e então Quentin entrou na Bad Robot um dia e disse para ouvirem sua ideia. Foi realmente muito interessante e acho que acabou de sair e então todos começaram a falar sobre isso. E também, Star Trek é meio que, com Discovery e outras coisas, está na consciência pública. Nunca deixou, realmente, de existir. Está entrando nos seus próximos 50 anos. Eu acho ótimo que se fale tanto assim.

Comentário sobre a direção de uma mulher:

Estou muito animado com SJ Clarkson sendo contratada. JJ nos mandou um e-mail sobre isso pouco antes de ser anunciado.

Todo mundo ficou muito animado. Eu acho que Zach já trabalhou com ela. Eu vi coisas que ela fez, e acho que é uma ótima escolha, e está na hora.

Vai ser interessante ver onde o futuro se sustenta neste sentido, e por quanto tempo vocês podem ir com isso.

Eu não prevejo sermos como a tripulação original, e fazer isso quando estivermos, tipo, excepcionalmente velhos.

Ao Yahoo um pouco mais sobre a chegada de SJ Clarkson.

Está muito atrasado (o estúdio). Jornada deve ter uma mulher na cadeira de comando. É a franquia perfeita para abraçar isso. Isso deveria ter acontecido há muito, muito tempo atrás.

Ao Moviefone:

Estou muito animado com isso. Parece tardio, para começar. Já estava na hora. Eu mal posso esperar para ver o que ela traz como diretora, independente do sexo. Ela fez um trabalho fantástico, acho que suas idéias são realmente inspiradoras e parece uma coisa perfeitamente cronometrada. E tão certo que é “Star Trek”. Embaraçosamente, está sendo em 2018, e deveria ter acontecido há muito tempo. Eu mal posso esperar para conhecê-la e me entregar às suas ideias.

Pegg voltou a mencionar a roteirização noticiada por Abrams em 2016, onde os personagens de Chris Pine e Chris Hemsworth poderiam se encontrar.

Estou trabalhando em algo com a produtora Bad Robot, mas não é o próximo filme Star Trek. Isso está sendo feito por Patrick McKay e John Payne, e não tenho certeza qual é o status no momento. SJ acabou de chegar a bordo, então parece que viramos uma esquina em direção à produção, mas não tenho nenhuma informação sólida.

O ator também está esperando por uma atualização sobre o roteiro de Quentin Tarantino, que está sendo desenvolvido separadamente do roteiro de McKay e Payne.

É uma perspectiva excitante.Nós não sabemos nada sobre isso. Porque eles sabem que nos perguntam o tempo todo e nos protegem de nós mesmos. Eu sei tanto quanto você. Eu só sei que Quentin veio com uma ideia e estou animado para ver o fruto que tem. Eu sei que houve algum tipo de consternação dos fãs. Mas ele é um fã dedicado de “Jornada” e um cineasta incrivelmente talentoso, então eu não consigo pensar em nada mais excitante do que ter um movimento diferente. 

Ainda falando sobre Tarantino ao ComingSoon:

Todo mundo acha que vai ser como “Pulp Fiction” no espaço, mas eu acho que sua devoção a “Jornada” e seu entendimento sobre isso … Não será algo medíocre, estará tudo sob controle dele. Nada que um fã de “Jornada” tenha que se preocupar. Ele tem uma compreensão aguda da história e nunca faria nada para derrubá-la.

Eu ainda não li o rascunho, mas posso conseguir nas próximas semanas, então estou animado com isso.

Vamos torcer para Simon Pegg continuar com sua língua solta.

Pegg diz que ele não teve a chance de acompanhar Discovery, mas tem algumas reflexões sobre o estado do fandom, pela perspectiva de alguém que é tanto fã quanto criador.

As pessoas amam suas coisas e têm suas opiniões específicas, e agora podem reunir essas opiniões com pessoas que se sentem da mesma maneira. É a consequência quase inevitável das mídias sociais, na verdade. Sempre foi assim – eles simplesmente nunca tiveram a habilidade de encontrar um ao outro e lamentarem coletivamente. Bem, não estão lamentando; uma das coisas que eu acho que é redutora é quando há uma reclamação sobre algo, e é descartada como fanboys reclamões ou com raivinha. De fato, as opiniões das pessoas são válidas. Se alguém não gosta de algo, isso não significa que eles estão sendo spoilers ou arruinando a diversão. Essa é a opinião deles.

Fonte: TrekMovie